terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Quando Nada Acontece


Quando nada acontece.


Baseado em Fatos Reais

            27 de Dezembro de 2011
            Pedra Grande
            Atibaia, São Paulo, Brasil
                    
            Sentado em cima da pedra mais alta na posição de Buda, Fabiano esta observando os últimos raios de Sol, com uma mochila nas costas. Em sua mente tudo aquilo que ele carregava já havia sido pensado para estar ali e auxiliar-lo em seu ultimo intento: Morrer!
            Em sua mochila ele tinha:
            Um isqueiro, uma lanterna, uma Balestra (Arma antiga, formada de arco, cabo e corda, com que se disparavam pelouros ou setas; Besta) uma blusa, um frasco de protetor solar fator 30, uma caneta marcadora de texto da cor azul, uma garrafa de água, um rolo de papel higiênico com menos da metade e um frasco de fio dental.
            Tudo agora era uma questão de tempo.
            Sua determinação era forte, afinal ele estava ali para morrer, rapidamente assim que avistou o ultimo carro saindo do local seus planos foram iniciados, como já conhecia o local ele desceu pelo outro lado daquela montanha e tirou do bolso um cartão de Crédito e seu documento de identidade. Tirou a Balestra da mochila desembrulhou-a e com o papel de embrulho entrou pra debaixo de uma pequena gruta onde deu inicio a uma pequena fogueira que havia acendido com o isqueiro que carregava, colocou o cartão de credito que havia usado pela ultima vez para comprar a balestra no fogo e seu documento de identidade. Queria que seu corpo fosse encontrado, mas não identificado!
            Procurou aproveitar a chama do fogo para ler as instruções de como montar a balestra e iniciou ali mesmo o trabalho!
            Por mais incrível que pareça no manual daquela arma, pedia que houvesse uma segunda pessoa para ajudar a esticar a corda e dobrar o arco para sua montagem! Fabiano estava fraco!
            Há dias não comia direito!
            Ele tremia e o nervosismo ao ver que todo seu empenho de lhe causar a própria morte poderia fracassar por um simples gesto que por ironia dependeria da ajuda de outra pessoa! A fogueira se apagou!
Então ele decide verificar se tudo queimou direito, pega a lanterna para iluminar e não encontra nenhum vestígio daquilo que poderia servir para lhe identificar. As lagrimas corriam naturalmente, mas a coriza o atrapalhava respirar. Como se tudo aquilo não bastasse ele havia pensando nisso e por isso o papel higiênico que tirou da mochila lhe refez o alivio ao soar as narinas e a respiração estava livre para continuar seu esforço em montar a arma. Seu desprezo por sua própria vida o fez gritar:
            - CHEGAAAAA!
            - Não agüento mais isso! É só dificuldade!
            - Chega de tanta dificuldade!
            - Chega!
            - E vou acabar com isso!
            - Ninguém tem nada com isso! A vida é minha! Chega! Vamos mundo, o Universo inteiro me ajuda a fazer o que me pede! – Me derrotou até aqui agora você quer tudo! Eu me entrego! Deixa eu te dar minha vida! Deixa eu conseguir! Vai ajuda!
            - CHEGAAAAAA! Ahhhhhh !
            Seu grito agora era de vitória! Ele conseguiu alcançar a corda na outra ponta do arco!
            - Viu consegui! – em meio tudo que estava ocorrendo então decide cantar – Se a via cru sis virou circo estou aqui!  Guardou seus pertences e manteve a lanterna acesa, mas antes de ir embora as duvidas veio à mente, mas não era duvida de não prosseguir e sim a duvida se aquelas pequenas flechas douradas poderiam romper as costelas e atingir o coração, em seus pensamentos ele decide atirar na terra, prende a arma no pé do jeito que o vendedor havia lhe explicado para fazer e puxa a alavanca que leva a corda até o ponto onde tem o gatilho, coloca uma flecha dourada (uma das três que acompanhava o Kit) e atira no chão! O tiro penetrou apenas a metade daquele chão duro de terra que com o tempo havia sido muito pisoteada!
            Em sua mente as duvidas pairavam e principalmente porque em pouco tempo antes ele havia visto uma filmagem de um homem que havia levado uma facada no peito e a faca não matou este homem, ela ainda pulsava no ritmo do coração! Do seu ponto de vista seria muito ruim dar uma flechada no peito e ficar com ela ainda pulsando e ter esta ultima imagem em sua mente, então ele quebra o lado anterior a ponta para que se o tiro fatal pudesse penetrar mais facilmente, se não lhe causa-se a morte o sangramento poderia lhe fazer este favor.
            A noite prosseguia com sua beleza, o frio que ele já sabia que viria com o cair da noite o fez colocar a blusa que carregava, prosseguiu até onde iria deixar seu corpo em seu ultimo repouso. A sede o fez beber o ultimo gole d’água, lá do alto a paisagem das luzes da cidade o distraia e enquanto estava neste estado sentou em uma das pedras daquele lugar, pegou a caneta para deixar uma pequena explicação e alguns pedidos como seus últimos desejos antes de morrer. Tirou a blusa e novamente as lagrimas vieram! Em seu braço direito começou a escrever:
            - Não façam autopsia!
            - Não coloquem flores!
            - Respeitem minha vontade! Agora em seu braço esquerdo ele escreve:
            - Escolhi morrer no Amor do que viver em dor!
            Estava quase tudo pronto. Só lhe faltava passar o protetor solar, pois sabia que poderia demorar um tempo longo para ser encontrado, era uma noite de terça feira e ele só seria encontrado na Quarta feira, com toda certeza até chegar alguém, para avisar a policia e depois da policia os peritos iriam fotografar o corpo e só depois de todo este trabalho é que seria retirado dali! Enquanto isso seu corpo poderia se queimar ao Sol e não queria ser enterrado como um homem camarão! Ao passar uma pequena quantidade do protetor sobre as pálpebras seus pensamentos não lhe diziam se ao morrer seus olhos ficariam fechados ou se ele ainda olharia as nuvens ao cair seu corpo para trás. Colocou a blusa novamente, guardou o frasco de protetor solar e colocou a mochila nas costas, atou a fivela na linha da cintura. Por mais estranho que possa parecer uma imensa paz o invadiu o peito então era a resposta que Fabiano queria ter! Estava ali não apenas por um capricho seu e sim era o seu caminho, - tudo que viveu até ali... E novamente a musica lhe veio à mente, seu maior ídolo lhe tocava o coração! Era Renato Russo lhe dizendo:
            - Eu amo quem eu quiser!
            - Queria ter certeza! Disse Fabiano!
            - Certeza nunca há!
            - Só se tem certeza da morte!
            Fabiano estava pronto! Levantou para conferir a paisagem e repassar seus últimos pensamentos.
            Seus últimos atos a seguir seria sentar, armar o arco colocar a flecha escolher bem aonde dar o tiro e agir de uma única vez. Ele sabia que se hesitasse não iria conseguir, afinal não era a primeira vez que tentará suicídio, mas porque um sentimento de esperança ainda lhe via a mente?
            Não havia pressa!
            O frio a noite daquele lugar lhe trouxera toda aquela paz, um sentimento de carinho e amor por tudo que via ainda estava ali. Ele sabia que não tinha nenhum sentimento contra a vida e sim contra o modo de viver que o mundo tinha, ele se sentia sozinho e naquele momento mais sozinho ainda! Seu grande amor, o seu único desejo que ele não conseguia tirar do peito lhe disse em suas lembranças:
            - Eu não sou sua vida!
            - Eu não sou sua vida!
            - Eu não sou sua vida!
            E Fabiano agora fala sozinho:
            - E eu não quero outra vida! Não quero! Não tem outra vida pra mim! Nunca houve não era pra eu existir!
            - Acabou Fabiano!
            - Acabou!
            Era a hora!
            Agora era só guardar sua lanterna. Pegou o arco e o armou, colocou a flecha e decidiu deixar mais uma flecha ao seu lado de reserva! Se ferido ficasse e para não sofrer mais, enquanto houvesse forças ele faria de novo!
            Seu coração estava se culpando!
            Então ele começou a falar consigo mesmo:
            - Me perdoa coração! Eu sei que eu sou bom! Eu não merecia isto!
            - Mas eu não vou conseguir viver assim! Tudo que acreditei todo meu saber agora é dor!
            - Eu não tenho mais minha vida!
            - Ta me doendo muito! Tudo! Tudo!
            - Me perdoa mãe, me perdoa filha!!!!! O pai ama muito você!!!!!
            - Eu não quero mais ficar neste mundo! Me perdoa Deus, mais eu não quero mais ficar!
            - Chega! Tudo é derrota, fracasso, chega, a grama cresce sem o menor esforço (seus pensamentos se misturavam com imagens e vídeos que assistirá, em meio tudo aquilo uma mulher lhe veio à mente! Era Rhonda Byrne!). Ela lhe falava em pensamento do segredo:
            - O segredo! O segredo!
            - Você não precisa saber como vai ser, o como pertence ao Universo. Será que existe uma chance! Será que...
            Agora ele falava:
            - Chega! Eu estou cansado de ter fé!
            Lembranças lhe diziam:
            - Arte de viver da fé só não se sabe fé em quê... Foi tão fácil chegar até aqui agora me pergunto e daí? Por que eu não posso ficar aqui parado!
            Pensamentos:
            - Tanta coisa tão linda dentro de mim... E de que vale ter um tesouro escondido... O mundo não sabe! E nem vai saber, vai tudo embora comigo!
            O desenho dos Incríveis lhe vem à mente:
            É só uma chance! Podia ser diferente só um instante, só mais uma vez... Amanhã talvez...
            A mistura de pensamentos e lembranças lhe traz alegria e lagrimas e ele começa a falar:
            - Você podia me dar uma chance né Universo, Deus!
            Pensa então: Não importa qual rotulo é melhor pra você!
            Fala:
            - Mais eu vou fazer uma prova contigo! Deixa a flecha entrar em meu peito que eu deixo a esperança viva nas suas mentiras, em tudo...
            Segue então em pensamentos:
             Nessa saudade que eu sinto de tudo que eu ainda não vi, eu tento uma vez e já tentei muitas coisas Heroína não, mas Jesus, eu tenho vontade própria, todos tem, todos tem suas próprias razões, todo meu destino não faz sentido... o como é de propriedade do Universo. E por que tirou de mim o meu sonho! O meu amor eterno!
            Fala então pra si mesmo:
            - Ohh Mariana porque nunca aceitou ser meu amor eterno por quê?
            Segue em pensamento:
            - Você não é Santo Fabiano!
            - Eu sei! Eu errei! Só Deus é fiel e eu tenho que ser um Deus pra você!
(Fabiano estava alterado e seu coração lhe falava forte, uma mistura de imagens, pensamentos e frases lhe viam com força a mente, mas ele não tinha pressa! Eram seus últimos momentos e ele tinha que aproveitar todos eles! Todos pensamentos e lembranças, lagrimas e risos)
            Ele fala agora:
            - Como é que pode! Por que... Livre arbítrio! Eu era feliz...
            Em suas lembranças a voz de mariana:
            - O que adianta você e seu pai ser feliz e eu não...
            Fala agora:
            - Como é que pode ser tão covarde!
            Lembrança:
            Quem se mata é covarde...
            Fala:
             - As pessoas nem sabem o que é covardia...
            Lembrança:
            - disciplina é liberdade, compaixão é fortaleza, ter bondade é ter coragem...
            Pensamento:
            - você não esta sendo bom com você mesmo! Não é bom ser difícil, mas o difícil é ser bom!
            Fala:
            - éhh muito difícil ser bom! Ser correto, ser perfeito neste mundo onde ninguém é perfeito... Este monte de lixo de pensamento popular... Eu só não quero mais ficar aqui!
            Lembrança:
            Não tenho mais o tempo que passou, mas temos muito tempo! Temos todo tempo do mundo!
            Todos os dias antes de dormir eu me esqueço como foi o dia... Sempre em frente!
            - Siga em Frente!
            Fabiano se lembra agora de um desenho e desta frase! E novamente outra lembrança lhe vem:
            Siga em frente que você vai ver... Siga em frente, siga em frente!
            Agora ele diz:
            - Então é isso!
            -Eu vou seguir em frente e não vou desistir! Chega!
            - Quero mesmo é morrer!
            Lembrança:
            Você não é Anjo! Não é sua obrigação mudar as pessoas... O seu destino é você! É você quem escolhe!
            Então ele fala pra si mesmo:
            - O que adianta saber de tudo isso! Eu só sinto dor!
            Lembranças:
            Tudo é dor e toda dor...  Vem do desejo! De não sentirmos dor! Quando o Sol... Bater...
            Novamente diz:
            - E por que meu coração bate tão forte e dói tanto!
            - E o que eu sou para este mundo! Que importância isto tem!
            - O que eu quero mesmo é ser livre, livre! Só dinheiro é que pode me fazer livre!
            Lembrança:
             Mas não temos mais dinheiro! Meus amigos todos...
            Fala:
            - Amigos! É só traição! Maldito desejo da carne!
            Lembrança:
            - Carne! Somos todos Carne!
            Lembrança:
            Eis que venho como um Leão a presa!
            Eu não sou sua presa! Eu não sou sua presa!!
            Fala:
            - Eu sei de tudo isso! Tudo isso eu aprendi e vivi com ela! Agora eu não tenho nada!!!! Nada!
            As lagrimas começam a correr, o seu coração parece um imenso espaço vazio e novamente vêm às lembranças:
            O nada é o vazio que resta! Você pode começar do nada e do nada e do caminho nenhum vai surgir um caminho!
            Volta a falar sozinho:
            - Que adianta! Tudo isso dentro de mim! Todo meu saber não meu deu nada!
            Pensamento:
            - E o que você fez Fabiano?
            Lembrança;
            Nada! É só isso que a gente sabe fazer: Nada!
            Pensamento:
             E o contrario disso eu tive!
            Fala:
            - Eu tinha tudo! Eu tinha o meu mundo, o meu pequeno Universo!!!
            Fabiano agora começa a chorar e senta naquele local, com sua mochila nas costas, afinal ele não queria ser roubado depois de morto, seu corpo ao cair para trás repousaria sobre a mochila o que evitaria que as pessoas ao encontrar seu corpo tivessem coragem de deslocar o seu corpo e saqueá-lo, pois ele queria deixar a certeza de que foi da sua própria vontade estar ali e fazer o que fez.
            Ao sentar com seu ímpeto de dor abriu sua blusa rasgou sua camisa, pois não queria que o tecido oferecesse resistência ao tiro escolheu um espaço entre as costelas pegou a Balestra apontou no local escolhido e com as duas mãos puxou com toda força o gatilho!
            - NÃOOOOOO! Gritou ele!
            Por sorte ou azar a arma tinha uma trava! Fabiano nem tinha se dado conta de seu ato falho!!! Com o grito e a dor do desespero com que realizou aquele ato sua mente agora estava invadida de lembranças! Sua mãe e principalmente o ultimo abraço de sua filha que sem saber que era a ultima vez que virá seu pai lhe deu um abraço apertado e com muito carinho o beijou e disse: - Te amo muito pai!
            Seus pensamentos lhe diziam:
            não seja covarde! Não com ela! Ela é só uma criança! E eu!
            Então ele diz:
            - Eu não tenho nada! Eu só não quero morrer com dor! Não! Eu não quero viver vazio! Eu quero minha amada, minha vida! Eu te amo! Muito! Por que fez isso comigo! Por que!!!
Seus pensamentos lhe responde:
            - Agora você não pode tentar de novo!!!
            Fabiano grita em voz alta e chorando:
            - E porque eu não posso tentar de novo? Por que não?
            Então ele se lembra da frase que tinha acabado de falar a pouco:
            “Você podia me dar uma chance né Deus, Universo”
            As lagrimas agora era mais intensas, seu coração que estava cheio e vazio ao mesmo tempo agora estava cheio de magoa e também de Gratidão por ter sido atendido! Fabiano que sempre é um homem que nunca negou a verdade dos fatos então não poderia negar o que sentia e se viu obrigado a dizer:
            - Obrigado!!!! Obrigado!!!  É tudo engraçado!!! Se é loco Universo! Me faz vir aqui e me faz tudo isso!!! Porque tinha que ser assim? Vou fazer um acordo contigo Agora! Topando ou não é o que tenho a oferecer! Te dou um ano da minha existência e você me da uma vida! Ou os meus sonhos se realizam ou você pode acabar comigo, com a vida com tudo! Faça o que quiser! Só me de uma chance, por que eu te amo tanto e quero te ver aqui comigo!! Por que tanto amor dentro de mim e pra que, por quem?? – Quem é você? Por que eu te amo tanto! Eu desprezo minha existência! Eu vou pra um buraco negro, pro inferno... não interessa! Mas quem é você? Me ama tanto quanto eu te amo? Chega de mascara? Aparece? Aproveita! Não tem ninguém aqui! Só eu e você? Vai aparece? Não falo nunca do nosso encontro! Não conto nada pra ninguém! Cadê você??? Cadê vocêee!!
            A noite estava passando e o vento foi ficando forte, o frio e as nuvens se aproximaram e Fabiano estava com sede! Ele pega o papel higiênico novamente e soa suas narinas se limpa e enxuga suas lagrimas! Ele acabará desistindo e decidindo cumprir com aquela nova ordem! Agora em sua mente ele iria lutar pra viver, pra realizar seus sonhos e fazer o que for preciso para ter o seu amor eterno! Em seu coração o seu amor eterno não é Deus ou Cristo! Ele sabe e sente que na realidade é Ela! Mas ela quem?
            Fabiano volta a dizer: - Obrigado! E começa a cantar uma canção como um mantra, que em meio às lagrimas e a voz embargada ele deixa o coração falar e agradecer:
            - Obrigado Senhor! Obrigaaado!
            - Obrigado amor! Obrigaado!
            - obrigado Oh filho do pai, obrigaado!
            - obrigado amor! Obrigaaado!
            - Eu quero mesmo é estar junto à voz!
            - Obrigaado!!
            Ele para de entoar sua canção e decide novamente subir ao ponto mais alto daquela montanha, ele pega sua pequena lanterna e coloca a balestra ainda armada e com a flecha na mochila e ao chegar ao topo pega novamente sua arma e diz:
            - Agora! Que se movam céus e Terra por aqueles que eu amo!
            - Por que em algum lugar do tempo em algum lugar do espaço eu já morri ou sou vitorioso!
            - Que morra então a mentira!
            - E que agora! Eu vivo pela verdade!
            - se disserem que é a minha verdade eu agradecerei se disserem que é a nossa verdade eu também serei grato! Mais este mundo não precisa acabar! Eu vou acreditar até o fim em um novo mundo em um novo amor, em uma nova vida ou eu me destruirei novamente! Não importa!
            - Eu vou descer daqui pra ser um leão!
            - Chega! Eu não vou negar o que eu quero, não vou negar a mim mesmo!
            - Eu sou eu!
            - E eu quero mesmo é matar a morte! Eu quero é destruir a mentira!
Eu já venci o mundo em Cristo!
            - Se o Universo quer negar a mim não tem mais como por que eu existo!Por que eu existo!
            - Se eu Renasci em Cristo falem o que quiser mais eu não agüento mais amar o nada!
            - Eu quero o meu tudo, minha amada e quero a minha vida!!!
            - Ahhhhhhaa!!!!
            Fabiano agora destrava a arma e dá um tiro, desce daquele ponto e começa sua jornada de volta ao mundo! Encontra a flecha dourada no caminho e em seus pensamentos decide contar tudo a todos e seja a quem for - não posso ter vergonha! Pensa Fabiano enquanto desde a montanha em meio as lagrimas e novamente a lembrança de uma canção:
            - E de tudo que viverá até ali...  E nisso o Sol... Quando o Sol bater!!!
            Então ele diz:
            - É Sol! A gente vai se ver de novo! Pelo menos por mais um ano! Que porcaria! Vou ter que explicar que comprei uma arma, queimei meu documento, fui até a montanha.. Ai ai ai! Os três ais! Ais de copas de paus de pedras...
            Em meio a tudo aquilo Fabiano começa a brincar com seus próprios pensamentos, lembranças! Afinal não era pra ter sangue circulando em sua mente, não era pra ele estar vivo! E em meio aquilo tudo ele começa a falar de si mesmo:
            - Mais que droga mano! Eu tava totalmente determinado! E ai tinha uma trava e eu nem notei! Ohh coisa! Vai ser atrapalhado assim até pra morrer! Que coisa! É eu era pra já estar em processo de putrefação! E to aqui sozinho falando! Poxa! Não aparece nenhum casalzinho pra aproveitar isso aqui!!! É quem sabe eu! To vivo né Universo!
Grande pregador de peça você é! Palhaçada cara! Mais se lembra que tem um ano só! Dia 27 de Dezembro de 2012, se você num acabar com o Mundo antes, seria até melhor pra mim! Ai este bando de gente num vai poder falar – nossa tanta gente que nem tem saúde e quer viver e ele vai e se mata!! 7 bilhões de pessoas no mundo e eu com o coração cheio de amor pra dar e não tem uma alma viva pra me amar, eu sinto falta de beijo!!
            Fabiano agora começa a chorar um choro contido. Para de chorar e continua a dizer:
            - Ahh to falando de amor, homem mulher e este amor que eu quero! Amor pela vida pelos outros eu tenho e cadê a retribuição!!! É eu sei não se pode exigir nada de ninguém! Não to cobrando mais até uma minhoca tem um minhoco e eu aqui com um minhocão inútil! Que porcaria! Esta existência!
            - Éh, eu sei que minhoca é hermafrodita! Fica na tua ai! Quietinho, Deus Universo Jézuis seja quem for.
            - Também esta aqui é minha ultima vida viu!
            - Quero nem saber! Eu acabo com as ordens celestes, eu grito, esperneio eu fujo pros confins do Universo, mai ieu num volto pra existência mais nunca! Nem adianta me iludir com promessas de amor! Ninguém sabe o que é amar! Se eu fosse amado da mesma forma que amei eu não estaria aqui! Por que este sentimento de amor vivo dentro de mim por que isso? Por que eu ainda amo a ti e amo essa sei lá quem, sem rosto sem forma.
            Fabiano agora grita em voz alta:
            - Por que eu sinto você dentro de mim? Quem é você, Quem é você? Por que não era ela! Por que outra meu universo por quê? E lá se foi meu Universo!
            Fabiano ao mesmo tempo em que ri começa a chorar desesperado, a coriza vem novamente e ele pega o papel higiênico e continua sua caminhada rumo à cidade descendo a montanha.
            Fabiano encontra uma pequena bica d’água, bebe e aproveita para encher a garrafa, segue e termina toda sua descida da montanha e esta agora em uma rua daquela cidade, em meio a tudo aquilo a fome o faz olhar para as arvores e em uma delas encontra uma manga pequena e amarela, ele consegue alcançá-la e começa comer ali mesmo enquanto caminha! As bolhas nos pés o faz mancar e ele não vê um lugar sequer onde possa repousar um pouco! Ao terminar de comer a manga novamente pega o rolo de papel higiênico para limpar suas mãos!
            A preocupação de Fabiano agora é tentar ligar para sua mãe! Então ele procura um orelhão para tentar ligar e avisá-la de que esta tudo bem, mas os orelhões que encontram pelo caminho não funcionam!
            Um rapaz com um comportamento estranho aparece e começa a seguir Fabiano!
            Só pra testar Fabiano decide voltar para trás pra ver se o rapaz segue e frente ou volta a segui-lo! Os dois se cruzam no caminha e o rapaz com uma cerveja na mão oferece a Fabiano!
            Ele então fica sério e segue até o orelhão para tentar ligar! O rapaz volta para trás e se aproxima de Fabiano! Fabiano decide tomar uma atitude e pergunta:
            - O que você quer cara! Qual é a tua?
            - Eu que pergunto! Qual é a tua? Diz o rapaz e segue dizendo:
            - A rua é publica e eu só to perguntando! Diz Fabiano:
            - É publica mais você ta me seguindo!
            - Se ta me incomodando com este teu jeito!O rapaz diz:
            - Eu só quero conversar com alguém mano! Pô to só tomando uma cerveja, eu to querendo ser legal...
            Fabiano corta o Dialogo e pergunta:
            - Você não é viado não né cara? O rapaz diz:
            - Não ohh, qué isso, ta me tirando!
            - E você é viado?
            - Não nada disso! Fabiano.
            - Se é dá onde? Pergunta o rapaz.
            - De São Paulo! Fabiano. O rapaz pergunta:
            - Que você veio fazer aqui. Tava Saltando? Ele Responde:
            - Não é só uma mochila! Não tenho parapente não!
            - Olha! Eu to querendo ligar pra minha mãe e não acho um orelhão que funcione! Você tem um celular pra me emprestar?
            - Não! Responde o rapaz!
            - Como eu faço pra chegar na Fernão Dias? Fabiano.
            - Ohh cara! Por aqui ta longe, é mais fácil você ir pra rodoviária! Responde o rapaz.
            - É que eu to sem dinheiro, tava querendo ver se eu pego uma carona! Fabiano.
            - Se é loco cara! Uma hora dessa e vai querer pegar carona! Se num tem medo de morrer não?
            O rapaz. Os dois começam a caminhar enquanto a conversa continua.
            - Na verdade... Fabiano fica um pouco receoso, mas acaba dizendo: - na verdade mesmo eu humm não! Era o que eu queria!
            - O que morrer! Responde o rapaz.
            - Cara! Por que você ia querer isso?
            - A vida perdeu o sentido pra mim! Fabiano!
            - Já sei! Mulher! Ela te deixou e você veio se matar! Responde o rapaz. Você ia fazer o que pular da pedra! O rapaz ri ironicamente!
            - Na verdade eu ia dar um tiro no coração! Mas tinha uma trava e acabei perdendo a coragem de repetir o gesto! Fabiano.
            - Cara se ta armado ai mano! O rapaz.
            - É mais não se preocupa não que é uma arma branca! Uma besta! Fabiano.
            - Não precisa ofende não cara só perguntei! O rapaz.
            - Não besta é o nome da arma! Você não sabe o que é uma arma branca? Fabiano.
            - Que eu sei é uma faca, mas faca com nome de besta é isso? Nunca vi! O rapaz.
            - Não é uma faca é tipo um arco e flecha só que com gatilho! Fabiano.
            - Ahh sei já vi já! Mais cara! A vida é boa mano, mulher se arruma outra rapidinho, qual o seu nome?
            Fabiano! E o seu nome?
            Eduardo! Prazer!
            Ambos se cumprimentam e continuam a caminhar. Eduardo continua a falar:
            - Então cara, num fica assim não! Eu meu, se eu te contar minha história você não acredita, por que você acha que eu to na rua uma hora dessa. Véi na boa! Eu tive a mulher da minha vida, eu tenho um filho, cara, nem te conto! E eu to aqui ohh! Não desisti não! Pô, não sei da sua história mais eu já sofri muito, tenho crise de depressão e To desempregado, mais to  aqui meu! To vivo, Enquanto a vida a esperança!
            - É eu sei! Diz Fabiano. – O duro é que viver só de esperança não dá né!
            - É eu sei! Responde Eduardo. – mais olha! Se vai chegar em casa e vai ver que tudo pode acontecer de Bom na sua vida. Aceita Jesus, vai orar, sei lá meu... Faça o que for mais morrer cara! Não é solução!
            -Eu sei! Diz Fabiano.
            - Eu sei, eu sei, se você sabe ta fazendo o que aqui? Diz Eduardo.
            – Pô cara! Se sabe e o que você fez com o que você sabe?
            - Sei lá! Tentei! Escrevi uma peça de Teatro, mais não ficou bom! Responde Fabiano.
            - Mano! Se escreveu uma peça e não deu certo e veio se matar??? Cara! Eu vou te falar, volta pra trás e se mata meu! Se não Deu certo de um jeito tenta de outro maluco! Tem um monte de gente no mundo e você acha que não tem ninguém pra te ajudar! Diz Eduardo. Então Fabiano responde:
            - Sem querer ser chato, mais eu sei disso também, só que não é bem assim! Eu já tenho 41 anos neste mundo e passei a vida inteira sonhando e desejando ser feliz e eu fui feliz, só que meu mundo acabou e eu não tenho a menor vontade de fazer outro! E Eduardo então diz:
            - Cara você perdeu a fé, vai pra igreja, pro templo vai pra vida mais não se entregue a derrota não! Fabiano então responde:
            - Já fiz isto!

            Marília, 01 de Dezembro de 2011

            Fabiano Esta em sua casa e atende uma ligação de uma cliente:
            - Tudo bem Fabiano? Pergunta a voz no telefone.
            - Éhh! Nem sei o que dizer Deise!
            - A Mariana me falou! Responde Deise. Vocês vão se separar né? Mas não fica assim não Fabiano, vem aqui que eu to precisando que você me arrume umas coisas aqui em casa e ai a gente conversa, tudo bem?
            - ok! Ele responde. Já na casa de sua cliente ela o recebe:
            - Tudo bem Fabiano entra!
            - Olha hoje eu to precisando que você me arrume uma torneira aqui desse banheiro e colocar uns espelhos... Mas entes me conta se você ta sofrendo assim acho que não é você que ta querendo se separar, o que aconteceu? É ela? Fabiano então responde:
            - É ta na cara que não sou eu que to querendo isso!
            - Mas você já conversou com ela, já tentou fazer as pazes, não é uma crise do momento, assim que acontece com todo mundo! Deise.
            - Não Denise é assunto grave mesmo! Fabiano.
            - Você não quer falar? Deise. Por mais grave que seja sempre é bom falar, se você fosse na nossa igreja talvez não estaria passando por isso. Olha tem uma reunião na sexta-feira agora e você não quer participar, a gente se reúne pra falar de Deus discutir a Bíblia, família, filhos a gente fala de tudo e você sempre me falar de Deus mais por mais que a gente acha que sabe tem sempre algo novo pra falar... Fabiano corta o dialogo e diz:
            - Olha Deise, eu não sou o problema e não adianta falar pra mim é preciso falar é com ela, não comigo! Deise responde:
            - Olha! Você vai me desculpar, mais se ela que quer separar se o problema não é com você porque então você ta sofrendo?
            - Por que ela era minha vida! É a pessoa que eu escolhi para ser meu amor eterno...
            Agora é Deise que o interrompe e diz:
            - E ela também pensa assim? Fabiano responde:
            - Pra falar a verdade em 16 anos de vida juntos ela nunca disse ou aceitou isso, nem por brincadeira, sempre teve um pé atrás.
            - E eu vou te falar que ela ta certa! Diz Deise.
            - Certa! Por quê? Com 16 anos de vida juntos e não deu tempo de Descobrir isso! Responde Fabiano.
            - Ela ta certa sabe por quê! Por que isto era o seu sonho e não o dela, e você achou que poderia mudar isso, só que só muda quem quer ser mudada, ela quis ser mudada? Fabiano responde:
            - É no começo dizia que sim, e ela até mudou bastante... Mas o que vejo agora é que eu acreditei demais numa pessoa de mesmos!
            - Antes de continuar eu vou te perguntar de novo se você não quer participar dessa reunião da sexta-feira vai ser por volta de umas 8 horas da noite, você vai lá e conversa vai ser bom, você ta precisando sair, ver gente, conversar, pode ser? Diz Deise.
            - Ta bem, vamos ver no que vai dar. Responde Fabiano.
            Na sexta feira à noite Fabiano já esta saindo da reunião e em uma conversa com Marcos um amigo que acabará de conhecer lhe faz uma proposta:
            - Olha Eu não posso te falar como é, mais se você acredita em Deus e tem fé vai neste encontro com Deus, eu tive falando com a Deise e ela e eu vamos te dar isso de presente, eu nem te conheço mas deixa a gente fazer isto pra você vão ser três dias longe de tudo, de multidão, de gente, ninguém vai te obrigar a nada, você não tem que pagar nada, é só ir lá e deixa Deus trabalhar em seu coração!
            Fabiano então responde:
            Eu vou pensar!

            Uma semana depois! Em Frente à igreja Batista dia da partida do encontro face a face com Deus. O novo amigo Marcos vem ao seu encontro e diz:
            Fabiano! Ai cara, que bom que você aceitou! Cara você não acredita, quando você ligou pra Deise dizendo que aceitava a gente te inscreveu e você foi o ultimo da lista! Eu tenho certeza que Deus tem um propósito contigo e você vai ver como Deus é maravilhoso ele tem uma grande obra na sua vida e ohh cara! Esquece o passado! Não tem mais volta, Deus vai trazer você de volta e você vai ser um novo homem, renascido em Cristo!
            Fabiano Responde:
            - Que Deus te ouça! Por que o que eu to sentindo cara, só Deus mesmo pra entender!
            Fabiano tem seus olhos cheios de lagrimas, mas elas não caem. Marcos toca em seu ombro e lhe fala:
            - Ele vai fazer uma obra em sua vida, você não esta aqui à toa Deus tem um propósito com tudo que te aconteceu!
            - Espero que sim! Responde Fabiano.
            Fabiano se apronta para entrar no ônibus, mas seu coração procura alguém na multidão e ela não esta lá! No coração de Fabiano um sentimento de dor o invade, o que o faz abaixar a cabeça e entrar no ônibus com muita tristeza. A Excursão chega ao destino já é noite e o instrutor pede para fecharem as cortinas. O ônibus chega e Fabiano desce, ele olha bem o local e parece uma fazenda, os novos visitantes que chegaram nos três ônibus são recebidos com fogos de artificio. A noite é agradável e um clima de suspense invade a todos, uma caixa de som toca musica de boas vindas ao estilo gospel enquanto alguém narra a entrada e repete varias vezes frases de ordem como – este encontro vai ser Tremendo! - Todos são convidados a entrar numa sala e se sentar. Alguém surge no palco e começa a falar com os novos visitantes:
            - Tenho certeza que vocês devem estar se perguntando o que é tudo isso, o que vocês vão viver aqui neste encontro Face a face com Deus e eu tenho certeza e que este encontro será Tremendo! Repitam comigo – Este encontro vai ser Tremendo! – Todos repetem aquela frase e Fabiano apenas observa! Vamos explicar pra vocês que este não é um encontro com uma igreja, com o mundo, estes três dias, são três dias de você com Deus! Por isso a gente vai pedir pra vocês um voto de silêncio, pois vocês estão aqui para falar com Deus, nós aqui que estamos trabalhando para este encontro, já estivemos ai sentado, como vocês agora, vocês estão vendo ai umas garrafas de água, quem sentir sede é só levantar a garrafa e um de nossos irmãos aqui vai servir vocês...
            O Discurso prossegue, mas a mente de Fabiano esta longe... Todos vão jantar em um grande salão e depois de um banho vão dormir em um quarto coletivo com varias beliches, cada grupo tem um alojamento para ir. Tudo é muito bem organizado. No outro dia de manhã Fabiano é acordado por alguém, depois de se vestir ele segue novamente para aquele salão principal, a musica toca, e Fabiano tenta prestar atenção na letra. O Tempo vai passando e naquelas reuniões muitas coisas são ditas e explicadas com exemplos, metáforas e até representação teatral. Ao final do terceiro dia Fabiano recebe uma camiseta e o clima já é de despedida o orador que ali se encontra pede para todos fecharem os olhos e Fabiano sente alguém lhe colocando um colar em seu pescoço até que lhe pedem para abrir os olhos e Fabiano vê um pequeno coração vermelho no colar que acará de receber o orador segue dizendo:
            - Este coração esta pequena jóia é um símbolo de um novo coração que vocês receberam em Cristo Jesus! Vocês vão sair daqui como um novo homem com a alma lavada e purificada no sangue de Cristo (Fabiano agora segura à jóia que acabará de receber de presente ele começa a chorar com as palavras e a narrativa segue) Agora eu vou pedir a vocês que sentem e fechem os olhos, vocês vão sentir alguém passando ai por vocês mais permaneçam de olhos fechados e esperem por que tem mais uma surpresa antes de terminarmos nosso encontro com Deus... (enquanto todos permanecem de Olhos fechados eles estão colocando sacolas aos pés dos participantes enquanto a narrativa segue)
            Fabiano abre os olhos, pega a sacola e procura ver seu conteúdo. Em meio àquelas cartas ele chora mais ainda, pois em seu coração a carta mais importante seria a de Mariana sua ex-companheira. Ela não lhe escreveu nada! Já no ônibus ele começa a jornada de volta para casa, mas antes disso eles vão passar na igreja onde é o ultimo local a finalizar o encontro. Em seus pensamentos em meio a tudo aquilo ao entrar na igreja Fabiano esta chorando, seu coração lhe dizia que nenhum familiar estaria ali! Fabiano estava certo! Ao ver todos aqueles homens que participaram com ele daquela jornada recebendo abraços de suas esposas e filhos Fabiano estava só! Sua dor só aumentará. Sua amiga Deise se aproximara para falar com ele e lhe diz:
            - Então como é que foi, gostou? Fabiano responde com os olhos cheios de lagrimas:
            - Olha Deise! Desculpe, mas eu vou dizer a verdade, não foi nada bom pra eu ter participado disso!

De Volta a Atibaia Fabiano continua a conversar com Eduardo:

            - Mas isto não resolveu nada! Eu realmente perdi o desejo de viver! É como estar caindo em um abismo e você não vê o fim! E é tão demorado chegar ao fim que você não dá à mínima se vai espatifar no chão ou sei lá! O importante é que acabe!
            Eduardo responde:
            - Se falou em acabar lembrei uma coisa, ta todo mundo falando que o mundo vai acabar o ano que vem mano espera! Ai se for pra acabar mesmo pelo menos você não morre sozinho! Os Dois riem e Fabiano diz:
            - Cara! Eu pensei nisto na hora que eu tava lá em cima!
            Eduardo diz:
            - Ta vendo! Num to certo! Eu to vendo que você cara, se não quer morrer, você só esta com medo de viver!
            Fabiano: - Eu não tenho medo! Só não quero ficar aqui!
            Eduardo: - Não fica cara! Se ta andando, olha onde você tava, eu tava ficou pra trás, vamo pra frente meu!
            Fabiano: - Em falar em ir pra frente você vai pra onde?
            Eduardo: - eu vou só até ali na esquina, você vai pra rodoviária?
            Fabiano: - É o jeito né! A gente tem que viver, nem que seja por obrigação, então tenho que ter um lugar pra dormir.
            Eduardo: - Você tem dinheiro pra passagem?
            Fabiano: - Devo ter!
            Eduardo: - Então cara vai firme. Oh! Jesus te ama, eu também só que oh sem viadagem, vai firme ai, eu to torcendo por você! Se tem uma missão no mundo cara e ninguém vai te dizer o que fazer, você mesmo vai descobrir, falô!
            Fabiano: - Valeu!
            Eduardo: - Oh se cuida meu! Se tem saúde e tem gente que precisa de você Vai firme.
            Fabiano: - Ok! Valeu!
            Fabiano se despede de Eduardo e começa a pensar em todo aquele dialogo, depois de uns 100 metros de distância começa a rir sozinho e pensar:
            - Que loco encontrar este cara! Não me falou nada de especial, mas só o fato dele ter falado comigo me faz sentir que agora é que a vida começa se daqui em diante eu encontrar mais gente assim, tudo pode acontecer em minha vida!
            Depois de uma boa caminhada Fabiano vê uma Farmácia aberta ele se aproxima e vê um carro parado com a placa de Atibaia mesmo, ele pensa que não dá pra pedir carona verifica em seus bolsos o quanto de dinheiro ainda lhe resta e conta R$ 28,65 centavos, guarda o dinheiro e segue andando na rua, no caminho ele vê algo que lhe chama a atenção, são os olhos de gato num cruzamento que piscam com leds embutidos, ele segue até chegar na rodoviária! Encontra uma torneira e bebe água, esta com fome e com os pés doendo. Do lado de fora da rodoviária de Atibaia existem vários bancos ele senta em um banco e retira os sapatos e a mochila das costas, percebe que a sua arma faz volume e ali mesmo desmonta e guarda na embalagem, deita no banco esperando o dia começar para pegar o ônibus. Por volta das 4:30 da manhã as pessoas começam a chegar, Fabiano se levanta não conseguiu dormir com a mente cheia de pensamentos, coloca o calçado e a mochila nas costas e começa a andar de um lado para outro até que a porta se abre e ele pergunta para pessoa que abriu a porta se pode entrar, ao entrar olha em uma tabela o valor da passagem para São Paulo R$ 17,60, sobram R$ 11,05 centavos, então ele pensa: - dá pra comer um salgado! Pergunta para o atendente da lanchonete se tem algo pronto para comer:
            - Já tem coxinha ou esfirra pronta!
            - Tem sim amigo vai querer?
            Responde o atendente. Fabiano então diz:
            - Quanto ta?
            - R$ 2,50 qualquer salgado. Responde.
            - E um suco? Pergunta Fabiano.
            – Um real! Fabiano diz:
            - Então vai um suco de laranja e uma coxinha!
            Fabiano começa a comer e aos poucos o desejo de chorar começa a lhe invadir o peito! Aquele era o ultimo dinheiro que Fabiano tinha! As lagrimas caem, mas ninguém ali percebe, ele desvia o tempo todo o olhar e procura se esquivar de dar de frente com as pessoas. Ao terminar de comer se limpa com o guardanapo, joga no lixo o papel toma o ultimo gole do suco e joga o copinho, pega uma nota de R$ 2,00 uma moeda de um real e uma de cinqüenta centavos. Paga e agradece o atendente, sai pra fora e senta e um dos vários bancos que se encontra ali, tira a mochila das costas e pega o frasco de fio dental, retira um pedaço e começa a limpar seus dentes. Ao terminar a tarefa entra novamente no recinto e o atendente da passagem esta lá! Ele compra a passagem.
            Ao chegar em São Paulo na rodoviária Tiete ele vai até a bilheteria comprar um bilhete de integração e paga R$ 4,65 centavos, lhe sobram R$ 2,90 centavos  e este é todo dinheiro que Fabiano tem agora para começar sua nova vida.
            Fabiano Chega ao Edifício onde mora atualmente com sua mãe Elizabete, sua irmã Helena e sua filha Mariane, o apartamento de certa forma não pertence a eles ainda! Sua mãe trabalhava de Dama de companhia para uma senhora idosa que morreu sem deixar herdeiros, esta senhora iria deixar o apartamento para mãe de Fabiano, mas seu falecimento se deu pouco antes disso acontecer. Ao tocar a campainha sua mãe o atende chorando e diz:
            - Oh meu filho! O que aconteceu?
            - Onde é que você estava? Fabiano se emociona ao abraço da mãe e responde:
            - Calma mãe eu vou explicar tudo! Sua filha levanta e vem recebê-lo também:
            - Papai! Eu te amo muito! Diz Mariane! Fabiano responde:
            - Eu também amo muito você Bebê! O pai só ta vivo por você! Mariane responde:
            - Eu sei pai! Fabiano responde:
            - Ohh o pai vai tomar um banho descansar um pouco e ai a gente vai sair pra fazer umas compras, os corações e eu vou precisar de um dinheiro emprestado seu, pode ser?
            Diz Fabiano e Mariane responde:
            - Pode! Ohh pai a vó ficou chorando preocupada e eu falei que ia ficar tudo bem, que a gente vai ser feliz aqui em São Paulo! Fabiano responde:
            - É filha espero que sim, que tristeza já não agüento mais!
            - A gente vai comprar os coração? Diz Mariane e Fabiano responde:
            - Sim filha! Agora deixa o pai sozinho pra falar com a vó e depois eu falo pra você também, só que agora eu vou falar só com a vó ta!
            - Ta bom pai! Diz Mariane. Fabiano entra no quarto com sua mãe Elizabete e começa a contar o que aconteceu:
            - Bem mãe eu vou contar tudo pra senhora, mais fica calma que o pior já passou, eu só quero que me ouça sem questionar e depois a gente fala mais sobre isto se quiser.
             Elizabete responde se aproxima de Fabiano chorando e lhe toca as duas mãos sobre o rosto e lhe diz:
            - Tudo bem filho! Pode falar que a mãe só quer ver você bem e feliz ta! O importante é que você ta aqui e a mãe ta muito feliz de ter você como filho.
            Então eles se abraçam e choram juntos até que Fabiano tira a mochila das costas no quarto há duas camas de solteiro uma ao lado da outra e ele se senta em uma cama e sua mãe se coloca na outra cama e Fabiano começa a contar:
            - Esta história de sair pra ir comprar os abajurzinho de coração era só um disfarce. Eu fui mesmo é pra Atibaia!
            Fabiano abre a blusa e mostra sua camisa rasgada em direção ao peito! Depois ele tira a blusa e mostra os dois braços ainda escritos de caneta azul e depois disso ele diz:
            - Eu fui mesmo é me matar lá!
            Sua mãe se espanta leva as duas mãos ao rosto, mas segura um pouco a emoção enquanto Fabiano abre a mochila e mostra pra sua mãe a arma que ele comprou:
            -Eu comprei esta arma, é uma besta, ela atira uma flecha e eu já havia planejado todo o meu trajeto, a compra, o uso do cartão e eu cheguei a rasgar a camisa apontar no coração e eu puxei o gatilho!! Fabiano começa a chorar: - mas eu esqueci de destravar! Sua mãe agora se lança sobre Fabiano eles se abraçam e choram! Sua mãe então lhe diz:
            - Você não esqueceu não filho! Foi à mão de Deus que não deixou! Fabiano diz:
            - Eu até pensei em tentar de novo, mas ai eu lembrei de vocês e não tive coragem! Sua mãe lhe pega nas duas mãos dele e diz:
            - Coragem você esta tendo agora meu filho, você vai ter muitas vitórias ainda! Tenha fé em Deus você vai conseguir! Mariane entra no quarto e fala:
            - Pai Desculpa! Mais eu preciso me trocar pra gente ir! Fabiano responde:
            - Tudo bem filha! O pai vai tomar um banho fazer um lanchinho ai a gente vai! Mariane vê a arma e pergunta:
            - O que é isso? Fabiano responde:
            - É pro pai aprender a atirar flecha! Mariane pergunta:
            - Como é que funciona? Sua mãe então fala:
            - Agora não é hora! Fabiano responde:
            - Pode deixar mãe eu mostro pra ela!
            Fabiano se agacha e começa a montar enquanto sua mãe volta a sentar na cama e fia observando os dois ali no trabalho de montagem da besta. Fabiano:
            - estas peças ficam aqui e ai aperta com esta chavinha aqui, depois tem que por a corda aqui e fazer força assim e tentar alcançar o outro lado! Ajuda aqui que sozinho é muito difícil.
            Mariane segura à ponta da corda enquanto Fabiano tenta arquear o arco apoiando no chão: - Tenta alcançar aqui! Diz Fabiano! E a Mariane consegue! Fabiano diz:
            - Pronto! Esta pronta! Oh vou mostra pra você como funciona e explicar que embora pareça um brinquedo isto aqui é coisa séria e pode machucar sério ta!
            - Entendi! Responde Mariane. Fabiano diz:
            - Oh prende no pé assim! Puxa, com muita força e ai volta! Pronto agora é...  A mãe de Fabiano o interrompe e diz: - Não filho não faz isso não! Fabiano responde:
            - Calma mãe ela tem que saber que isto aqui não é um brinquedo e que é sério! Eu vou mostrar e depois guardar! Você vai ver que não é pra brincar tá bom! Mariane responde:
            - Tá bom pai! Fabiano continua:
            - Aqui eu travo e coloco a flecha! Nunca aponte pra ninguém! Nem pra nada sempre deixa pra baixo pra não acertar nada! Vou colocar a caixa e atirar só pra você ver!
            Fabiano atira na caixa e a pequena flecha some! – eita! Diz Mariane e Fabiano fala: - Wé cadê! Pra onde foi? Eles procuram a pequena flecha e a encontram enfiada dentro do carpete a pequena Mariane responde:
            - Nossa pai isto pode até matar uma pessoa! A mãe de Fabiano volta a chorar e sai do quarto! Fabiano então fala com a filha:
            - Viu como é perigoso! E Mariane diz:
            - E por que você comprou isto? Pergunta Mariane e Fabiano diz:
            - Depois o Pai vai te explicar tudo tá! Agora vamos desmontar isto eu vou tomar um banho e vamos lá comprar os abajurzinhos as pilhas que a gente vai sair pra vender ainda hoje! Você vai me emprestar o dinheiro?
            - Sim pai é claro que eu empresto!
            Já vestidos pra saírem Fabiano não conseguiu apagar totalmente as palavras que havia escrito no braço, eles estão à porta de casa com um carrinho de fazer compras prontos para saírem e a mãe de Fabiano se aproxima para se despedir dos dois:
            - Vocês já pegaram o bilhete único?
            - Sim mãe! Tem crédito nos dois? Responde Fabiano e sua mãe diz:
            - Sim filho, eu coloquei 10 reais no cartão da Mariane e o seu?
            - Acho que deve ter uns 12 ou 15 reais! Reponde Fabiano e a mãe dele lhe diz:
            - Vão com Deus Filho e boa sorte, vai dar tudo certo você vai ver! Fabiano diz:
            - Éh mãe! Espero que seja o começo de uma nova vida!
            Já no térreo do prédio onde moram Fabiano e sua saem com o carrinho e vão até o caixa eletrônico do posto de Gasolina em frente ao prédio! Já no caixa eletrônico é a filha de Fabiano que esta sacando o dinheiro. Então ela diz:
            - Quanto pai você vai querer? Responde Fabiano.
            - Acho que 60 reais tá bom! Dependendo do que eu vender ai a gente vai lá comprar mais! Já no ponto de ônibus Mariane pergunta ao pai:
            - A gente vai de ônibus ou de metro? Fabiano responde:
            - De ônibus! Então Mariane lhe pede:
            - A gente não pode voltar de metro ai a gente pega a linha amarela?
            - Pode ser filha! Responde Fabiano e ela diz:
            - Eba! Abraça seu pai, lhe da um beijo no rosto e diz:
            - Ti amo pai! Fabiano responde:
            - Também te amo filha!
            Eles chegam a 25 de Março e se dirigem para galeria Page! No sexto andar eles vão a uma banca com vários brinquedos e compram duas dúzias de abajures que tem um formato de coração com fios de fibra ótica que ficam iluminados por leds na sua base e colocam no carrinho de compras, vão até décimo andar e compram duas caixas de pilhas pegam o elevador e descem no térreo e seguem a pé pela vinte cinco de março em direção ao metrô São Bento. Na estação eles vão em direção a SSO e pedem para um funcionário do metrô um mapa das estações. Fabiano passa o mapa para filha e pergunta a ela:
            - Então vê ai como é que a gente faz pra chegar na linha amarela?
            Mariane olha enquanto se dirigem a escada rolante, ela analisa o mapa e fala ao pai:
            - Gente pode descer na sé e depois pegar na Republica! Fabiano diz:
            - Isto mesmo! Tá certinho. Mariane então diz:
            - A gente pode ir até o final da linha amarela? Fabiano responde:
            - Hoje não bebê! O pai da cansado com o pé cheio de bolha, quero chegar em casa e dormir um pouco, a gente vai sair de noite pra vender, outro dia a gente faz isso pode ser! Mariane responde:
            - Ahh pai! Fabiano diz:
            - Mariane!!! Mariane responde:
            - Então eu posso ajudar a vender? Fabiano responde:
            - Pode!
            – oba!
            Responde Mariane! No metro eles seguem até a estação Sé, descem e pegam o trem rumo a estação Barra funda. Descem na estação Republica e vão até a área de embarque para linha amarela, Fabiano pega o trem no sentido estação luz, ao olhar para o painel do trem ele percebe o erro e fala pra filha:
            - A gente tá indo pro lado errado! Era pra ir no sentido Butantã!
            Mariane demonstra alegria com o erro e na estação da luz eles embarcam no sentido Butantã. Ao entrar no trem eles sentam no banco de dois lugares. Na estação Republica uma moça embarca e senta ao lado deles com um livro na mão e Fabiano vê o titulo rapidamente e se interessa em ver novamente. A moça percebe e sorri para Fabiano, sua filha olha para o pai e acena pra ele como quem diz pra falar com a moça Fabiano fica sem jeito enquanto a moça percebe a cena e olha pra Fabiano ambos sorriem e ele pergunta:
            - É o titulo que me chamou a atenção! É bom o livro? A moça diz:
            - Olha eu comecei a ler há pouco tempo, mais por enquanto ta bom! Fabiano comenta:
            - Não é estilo O segredo não? Ela responde:
            - Meio parecido, mas tem um lance de espiritismo no meio... (Fabiano) – mais como pano de fundo!!! (ela diz) – é bem por ai mesmo! Ela levanta e se prepara pra descer a filha de Fabiano olha para o pai e fala com ele em seu ouvido: - pergunta o nome dela!  Fabiano se da conta que estão na estação consolação e eles dois tem que descer também então Fabiano se levanta e fala pra filha – vamos- E sai atrapalhado com o carrinho ele deixa Mariane passar a frente e seu carrinho prende na porta! Aporta se abre novamente e eles saem rindo com a cena enquanto a moça segue a frente e Fabiano e a filha acelera o passo pra ver se alcançam a moça. Ao chegar perto dela Fabiano fala:
            - Eu nem me dei conta que já estávamos aqui! A moça sorri e Fabiano fala: - você vai pegar o trem em que sentido? Ela responde: - vila Madalena! Fabiano então fala: - Passa pelo Trianon? Ela responde: - Não é no outro sentido que você tem que pegar! Fabiano fala: - Tá ok então obrigado! E deixa a moça seguir a frente. Mariane se aproxima do pai e diz:
            - Poxa pai! Se nem perguntou o nome dela!
            - Você não percebeu que ela não estava nem um pouco interessada! Responde Fabiano!

            Ao chegar no apartamento a mãe de Fabiano abre a porta e fala:
            - E ai filho fizeram bastante compras?
            Fabiano nem consegue falar quando sua filha empolgada começa a contar:
            - Oh vó nem te conto o pai viu uma moça e começou a falar com ela... Se atrapalhou todo ficou preso na porta do trem e nem perguntou o nome da moça!
            Fabiano começa a rir e sua mãe também com a empolgação da neta!
            Ai ai ai! Agora agüenta! Diz Fabiano! Enquanto sua filha puxa o carrinho para o meio da sala e começa a tirar as compras, Fabiano diz – bom vou comer um pouco tomar outro banho e depois vou dormir que eu to muito cansado! Enquanto ele fala a sua filha chama a vó para o centro da sala e diz:
            - vem aqui vó que eu vou mostrar o que a gente comprou e como o pai ficou preso na porta do metrô!
            Fabiano vai até a mezinha do telefone que se encontra próximo ao sofá e escreve o nome do livro em um pedaço de papel: Peça e será atendido. Enquanto isso sua filha ainda empolgada mostra pra vó o que compraram.

            Por volta das 18 horas Fabiano acorda, ele estava dormindo no quarto de sua mãe, vai até a sala e vê a mercadoria toda arrumada de forma organizada e sua filha esta assistindo televisão junto com a vó ele diz para sua filha:
            - Então vamos! Ela responde:
            - Vamos! E a mãe de Fabiano diz:
            - Não querem comer um lanchinho antes de ir?
            - Pode ser! Reponde Fabiano.
            Eles agora seguem a pé até o parque do Ibirapuera. Chegam até as arvores que estão cheias de luzes onde ocorre a apresentação de natal e começam a colocar pilha nos abajures com formato de coração Alguém chega e pergunta o preço Fabiano diz:
            - Cinco reais e já vai com as pilhas!
            Ali começam a vender e a venda segue durante as apresentações. Ao retornarem sua mãe os atende já perguntando:
            - Então venderam tudo? Fabiano responde:
            - Acho melhor já levar tudo com as pilhas por que nem dava tempo de colocar!

            E do dia 28 de Dezembro até o dia 5 de Janeiro eles repetem a mesma rotina, Fabiano compra mais abajures e pilhas e sua filha se junta a ele na sala para colocar as pilhas e sair para vender. No dia 6 de janeiro de 2012 o ultimo dia das apresentações de natal do Ibirapuera. Fabiano esta contando o dinheiro enquanto sua filha conta os abajures que sobraram e então ela diz:
            - Sobrou só seis pai! Fabiano diz:
            - É então vendemos nove dúzias e meia no total! Vamos caminhar na Paulista amanhã?
            Mariane responde: - vamos!
            Por vota de umas dez horas da manhã Fabiano e sua filha estão subindo a Alameda Casa Branca já chegando próximo ao Trianon então Mariane pergunta para Fabiano:
            - Pai! Eu não entendo uma coisa! Fabiano então diz:
            - O que, que você não entende? E Mariane diz:
            - Se você tava sem dinheiro pra que então você gastou o dinheiro com aquela arma lá!
            - Lembra que o pai disse que ia explicar pra você tudo que aconteceu?
            Mariane diz: - Lembro! Fabiano pergunta:
            - então você acha que agora é uma boa hora pra explicar?
            Mariane diz: - Sim pode ser agora! Então Fabiano diz:
            - O pai foi pra praia, pra Mairiporã e por ultimo foi pra Atibaia, estes são três lugares que eu mais gosto e então eu queria ir até estes lugares antes de morrer! Mariane fala:
            - Mais por que pai você! Eu não entendo por que você fala tanto de morrer! Fabiano então diz:
            - Eu vou contar de um jeito fácil pra você entender!
            Eles atravessam a rua e Mariane sugere para eles sentarem e continuar a conversa ali no banco da praça:
            - Vamos sentar ali pra conversar! Diz ela. Depois de sentarem Fabiano continua:
            - Você sabe quem foi Julio Cesar?
            - Não! Ela responde então Fabiano começa a explicar:
            - Ele foi um cara lá de Roma que teve muitas conquistas fez um monte de coisas e ele tinha um amigo, um cara lá que era de muita confiança dele e este cara depois de tudo que eles viveram juntos e lutaram juntos e tudo mais, eu não sei direito como foi, mais seria interessante você tentar descobrir isto depois, que depois de tudo esfaqueou Julio Cesar e este cara se chamava Brutus! Então mesmo com a facada mesmo com tanta dor sabe que o Julio Cesar disse pro Brutus?
            - Não! Diz ela. E Fabiano diz:
            - Ele fala: - até tu Brutus! Então você vê mesmo com a dor da facada mesmo vendo que ia morrer, a dor física, a morte não é nada comparada com a dor que ele sentiu com o que o Brutus fez! E você sabe o que é que ele fez?
            - Sim sei! Entendi! Foi traição! Mariane responde!
            - Então! Filha! Da Beijo! Por isso que o pai ama muito você! Tá vendo como você é inteligente!
            - Então você entendeu a dor que eu senti e ainda sinto com o que sua mãe fez!
            - Sei pai entendi! Diz ela.
            Fabiano: - Então filha não tem dor pior que a dor da traição!
            - É uma dor tão forte que o Julio Cesar ao invés de gritar – socorro alguém me ajuda, guardas prendam ele, ele esta me matando, ohh meus deuses me ajudem! – ele não fez nada disso! Ficou lá parado aceitando as facadas a dor física, por que a dor que ele sentiu na alma ao se ver traído era muito maior! Por isso o pai sabia que não ia agüentar viver com isso! Tudo que eu vivi e muito do que eu aprendi foi por causa da sua mãe e até o doutor Alam ao conversar com o pai disse que ele não conseguiu falar com o pai porque o pai era a sua mãe!
           
            15 de Novembro de 2011
            São Paulo Capital.

            Fabiano esta no consultório psiquiátrico dentro da sala do doutor Alam, ele esta sentado em uma cadeira de frente para a mesa do médico que esta sentado em sua cadeira, na sala a luz é baixa e amarelada a parede da esquerda tem uma estante cheia de livros fixa na parede em baixo um divã vermelho e o doutor esta fala com ele:
             - Então Fabiano eu falei com sua mãe e ela me contou que esta muito preocupada com você e você disse que não queria vim por que não tinha dinheiro pra pagar... – é – (Fala Fabiano) mais olha não se preocupa com isso! A gente dá um jeito, ela disse que você faz pintura arruma parte elétrica, então não se preocupa com isso que depois a gente faz ai uma prestação de serviço e acerta isso! Pode ser assim?
            - Pode! Reponde Fabiano
            - então me diz o que é que você esta sentindo, você pode falar o que quiser, começa da onde você achar que tem que começar, faz o que quiser!
             Fabiano permanece de cabeça baixa ao tentar falar parece que vai mais chorar do que falar, até que ela fala:
            - Eu perdi a minha vida! Minha mulher era minha vida!
            O médico então pergunta:
            - Ela morreu a sua mulher a sua vida! Fabiano responde: - Não! E começa a chorar!
            Cerca de uma hora depois Fabiano esta com a mão cheia de caixa de antidepressivo e o médico diz pra ele:
            - Boa viagem e quando voltar Mariana em janeiro você vem aqui, mas eu quero falar com o Fabiano não com a Mariana.
            Fabiano diz: - mas eu não me chamo...
            O médico o retruca dizendo: Tchau Mariana até o ano que vem! E fecha a porta na cara de Fabiano!

            De volta à praça, Fabiano continua o dialogo com a filha e ela o abraça e diz:
            - Pai não faz isso por que eu vou sofrer! Os dois choram e Fabiano responde:
            - Eu sei filha foi por você que o pai desistiu! O pai agora vai lutar pra viver e fazer você e a vó feliz!
            Eles enxugam as lagrimas se entreolham até que Fabiano se lembra do livro e diz:
            - Vamos lá na livraria cultura comprar aquele livro que a gente viu da moça do metrô?
            - Vamos! Responde Mariane!
            Eles vão até a livraria Cultura e Fabiano procura um vendedor. Ele encontra o livro e enquanto Fabiano vai até o caixa e Mariane vai à sessão de livros infantis. Ele paga o livro e se dirige até a filha e fala pra ela:
            - Eu vou ficar ali lendo um pouco se você quiser escolher um livro pra você pode escolher!
            Ambos voltam para casa, cada um com um livro em uma sacola. Ao chegar em casa Mariane vai mostrar o livro que acabou de comprar para sua vó.enquanto Fabiano se dirige ao sofá e continua sua leitura, passa horas lendo até adormecer!Ao acordar sua mãe esta sentada no outro sofá e o vê acordando e lhe diz:
            - Boa tarde né filho dormiu bem?
            - Ahha!Responde Fabiano. E sua mãe prossegue dizendo:
            - Tenho uma boa noticia pra te dar! A mãe falou com um rapaz que faz manutenção aqui no prédio e ele tem um trabalho pra você de eletricista!É pra você começar segunda feira agora!
            - Mais já! Ele responde sua mãe lhe diz:
            - Como assim já, não gostou? Sua mãe responde! E ele diz:
            - Nada não mãe éhh... Oh o nome do livro!!!

            Com este novo trabalho Fabiano consegue montar seu canto o que era antes uma dispensa, um espaço é de apenas 1,70 cm por 2,30 cm, ele transforma em um quarto, até então ele dormia no sofá, ele pinta, monta umas prateleiras ao invés de comprar um guarda-roupa, um sofá cama de solteiro, uma mesa para seu computador e uma guitarra que era seu sonho aprender a tocar. A vida segue de forma bem tranqüila, mas Fabiano não parece feliz, esta sempre de cabeça baixa e não é de falar muito com as pessoas seu coração ainda esta amargurado e o desejo de ter alguém é forte, a solidão o angustia até que certo dia ele vai trabalhar próximo ao aeroporto de Congonhas e ao descer do ônibus uma moça desce com ele e lhe fala:
            - Oi tudo bem!
            - Tudo!  Responde. E ela volta a falar:
            - Você sabe me dizer pra onde fica o aeroporto?
            Ele: - Sim eu to indo pra lá!
            Ela: - você trabalha lá?
            Ele: – Não... Eu estou trabalhando em uma obra ali perto fica bem de frente é só você atravessar a passarela que você chega ao Aeroporto!
            Ela: - Você tem pressa?
            Ele: - Não por quê?
            Ela: - É que você tá andando rápido!
            Ele: - É que eu só ando assim!
            Ela: - Eu só vou entregar uma carta na agencia lá dentro e depois eu volto! Queria tanto tomar um café depois!
            Ele: - É um cafezinho quente esta hora vai bem.
            Ela: - É e eu tenho tempo ainda, não tenho pressa nenhuma pra voltar!
            - É bom assim! Responde Fabiano, eles ficam em silêncio por alguns segundos e Fabiano diz:
            - Bem é aqui que eu trabalho! Boa sorte! – Thau – Responde a moça que segue andando e depois de atravessar a rua olha pra trás e Fabiano olha pra ela e acena com a cabeça! Ele bate na porta e um de seus colegas de trabalho abre, a porta é motorizada e leva alguns segundos para abrir. Fabiano se dirige até o local onde ele começa a se trocar!Outros colegas chegam eles viram Fabiano falando com a moça e um deles já vai logo falando:
            - E ai cabelo! Onde você achou aquela gatinha lá batendo mó papo vocês dois? Fabiano para de tirar seu segundo tênis e fala:
            - Cara! Agora que eu me toquei! Ela tava me chamando pra tomar um café com ela e eu nem percebi meu!
            Fabiano agora se apressa pra calçar o Tênis que acabou de tirar e continua a falar:
            - Eu nem perguntei o nome dela!!!
            E dispara em direção a porta, que já esta fechada, ele tem de esperar a porta se elevar um pouco pra poder sair pra fora enquanto seus colegas estão rindo! Fabiano volta e seus colegas, quatro ou cinco, que se encontram no local Falam com ele:
            - Cabelo! Tu nem perguntou o nome da mulher! Ele reponde:
            - Pois é! E outro amigo fala:
            - Esse é o cara! Fiel a mulher até depois de separado!
            E todos dão risada da situação até Fabiano acha graça do que acabará de fazer! Fabiano tem seus cabelos até os ombros e em todo lugar que trabalha lhe chamam de Cabelo. Ao terminar sua jornada de trabalho ele segue pensativo no que tinha acontecido, ele sabe que é quase impossível reencontrar a aquela moça, até porque ele nem reparou direito em sua afeição, isto o fez pensar muito, pelo fato de estar sozinho ele começa a perceber que se não fizer nada irá continuar sozinho!Ao chegar em casa com sua mochila de Ferramentas que ele leva e trás todos os dias, vê sua mãe e sua irmã helena sentada no sofá e começa a contar o que aconteceu:
            - Oi Pro cês! Seis nem imagina o que eu aprontei hoje!
            - Conta! Arrumou uma paquera! Diz sua irmã helena! Ele responde:
            - Era pra ser, mais eu nem me toquei! Sua irmã já começa a rir e já fala:
            - Já imagino! A moça te paquerou e você nem se deu conta!
            Fabiano acena com a cabeça e sua irmã continua rindo! A sua mãe também olha pra Fabiano e ri! E Sua irmã comenta:
            - É assim mesmo! Depois de tanto tempo com a outra você esqueceu como fazer!!!
Fabiano joga o corpo pra frente e leva as duas mãos ao rosto! Ele vai para seu quarto ele pega o livro: Peça e será atendido! Senta e começa a pensar no que aconteceu! Em seus pensamentos ele fala:
            - Eu pedi! Fui atendido! E porque eu não soube agir? O que esta acontecendo comigo!
             Ele folheia o livro e decide tomar um banho primeiro antes de continuar lendo ao sair do banho ele deita em sua cama e com a toalha molhada ainda no peito pega o livro e começa a ler!
            No livro ele lê e seus pensamentos começam a fluir!
            Deixe a emoção o guiar! Pensa ele!
            Faça você o seu momento! Sinta o que você quer! Talvez eu não tenha agido por que não é a pessoa que eu quero! Mas quem é esta pessoa, quem é esta mulher? Será que ela esta viva! O que ela esta fazendo agora! Fabiano fecha o livro e o repousa sobre o peito! Volta a pensar e pensamentos e imagens lhe vem à mente:
            Comece acreditar no agora!
            Pensando que pode e o que não pode você sempre tem razão!
            Se for isto que você quer é isto que vai ter!
            Siga em frente! Tudo esta ao seu alcance e só olhar e ver olhe e veja olhe! – Aonde é que eu olho! Na internet!
            Como que pode isso, não faz sentido, isto não vai dar certo!
            Pensando que pode e o que não pode você sempre tem razão!
            Fabiano ainda deitado liga o computador, agora se levanta e fala pra si mesmo!
            - ai ai ai ! Num acredito que eu vou fazer isto! Já to fazendo! Fabiano começa a olhar na internet, entra no Orkut e começa sua busca! Ele se levanta leva a toalha volta sentar diante do computador e começa a olhar sem se dar ao certo uma direção, em seus pensamentos ele apenas deseja encontrar uma mulher que valorize o homem não pelo que tem, mas por sua índole e que não exija beleza e sim humildade e se sinta digno e capaz de fazê-la feliz mesmo ele não tendo quase nada! Vai entrando em comunidades, entra em um perfil, depois em outra comunidade... Passado algum tempo ele fala consigo mesmo:
            - Ta vendo! Faz meia hora que eu to aqui! E com tanta gente no mundo e cadê esta mulher maravilhosa da minha vida gente! Que qué isso! A mulher maravilha! Quem é essa! Ahh não! Não existe! só pode ser um Fake! Cara! Jesuis Desce da cruis! Má rapá! Como é que papai do céu deixa um criatura dessa assim no mundo! Não pai num leva de volta não pode deixar que eu vou cuidar desse anjo! Rapaz! Que loucura é isso! Num é que ela existe! Wanessa Mattos!
            Ela esta vestida de mulher maravilha e ele começa a ver e  pesquisar sobre ela, ao ver um vídeo no Youtube ele vê ela falando exatamente as palavras que ele esta estava procurando. No vídeo ela fala que gostaria de encontrar um homem que fosse humilde e de caráter! O Tempo vai passando e ele desliga o computador e tenta dormir! Volta a ligar e começa a ver de novo! Desliga e liga o computador! Fala pra si mesmo: - Meu não é pra mim! Desliga o computador começa dar pequenos socos na parede! Senta e fica olhando para o computador desligado! Torna a ligá-lo! O tempo vai passando o dia já esta quase amanhecendo! E Fabiano ainda não dormiu! Levanta-se e ainda com o computador ligado começa arrumar a cama!  Ao sair para trabalhar, Fabiano esta sonolento bocejando a todo o momento!
            Ao chegar ao seu trabalho ele esta com sono e ao mesmo tempo esta diferente, com a aparência mais feliz, seus colegas percebem e um deles comenta:
            - Então cabelo! Tá feliz hoje achou a gata do ônibus! Ele responde com um sorriso no rosto:
            - Não!  Seus amigos continuam a comentar: - o Bicho ficou tão doido que nem dormiu direito pensando na bezerra perdida! Eles riem e Fabiano também acha engraçado!
            Ao chegar em casa ele continua pesquisando sobre Wanessa!
            Começa a pensar e pensar sozinho, o tempo passa e seus pensamentos se repetem:
Como eu posso estar pensando nessa moça!
Por que eu não consigo me controlar!
Ela é tão nova!
Faz aniversário em Abril!
Que eu faço, não sou ninguém!
Não tenho nada!Eu sou mais velho!
E os meus sonhos, minhas musicas, estas idéias de filmes, meus livros, o que posso fazer, será que eu posso ajudá-la!
Quem sou eu pra estar pensando nela!
Que eu faço que eu faço... Não consigo falar com ela!
Eu só queria que você me conhece-se, fiz um perfil no Facebook por sua causa, eu só quero falar com você...
Onde fica Jaboatão, quanto que é a passagem... como posso chegar lá.. . o que faço... eu preciso viver, eu preciso fazer com que minha vida aconteça, se der certo tudo bem se não paciência..
Caramba passagem em promoção, só 475 reais.
E ai eu vou, eu to ficando doido (Agora ele começa a falar com ele mesmo)
            – Eu não acredito que eu to fazendo isto.  ohh Deus me ajude não deixa eu fazer, ai Deus eu apertei comprar a passagem agora tem que por o código do cartão eu to fazendo isto eu to comprando, eu não acredito, eu vou ser internado num hospício com camisa de força e sala acolchoada nãooo confirmar compra ihhh! Já foi!!! Deus por que eu to fazendo isto! Isto não vai dar certo!
Mais uma vez seus pensamentos lhe dizem:
Pensando que pode ou que não pode você sempre tem razão!
Então ele passa a dizer:
            - Ta bom então eu posso, pronto! Eu ia virar comidinha de verme mesmo! To aqui! To vivo! Eu amo, e se eu sinto isso então La vou eu Lá vou eu hoje é festa no hospício, La lalala laia La! Feliz eu to de bem com a vida vem amor!! Vem pra ser feliz...
             Fabiano esta muito feliz e alegre neste momento. As pessoas percebem e sua mãe ao olhar para ele parece querer perguntar, ele depois de um banho ao passar pela sala sua mãe esta ao telefone sentado no sofá, ele senta no outro sofá e aguarda o fim da ligação e decide contar pra ela o que esta acontecendo. Sua mãe se despede da pessoa ao telefone e olha pra Fabiano e pergunta:
            - Quer falar alguma coisa Filho! Fabiano diz:
            - Sabe o que é, é o seguinte eu conheci uma moça pela internet! E eu não consigo deixar, de parar, de pensar nela! Ehh ela mora um pouquinho longe, sabe só um pouquinho assim uns 2 mil e 500 quilômetros só e eu assim ela nem sabe que eu existo e eu nem sei o que fazer e então né a gente tem que viver e tentar então... Sua mãe o interrompe e diz:
            - Você comprou a passagem e vai até lá! Fabiano diz:
            - Éhh quase isso! Num é bem isso! Éh assim isso só que eu fiz e não sei se eu to mesmo vivendo isso! Eu acho que eu tenho mesmo é que preparar minha internação!! Sua mãe então diz:
            - Filho! Vai! Luta pra ser feliz, vai e não fica pensando com que as pessoas vão pensar de você vai lá e luta por isso! Se não der certo pelo menos você viajou de avião! Fabiano:
            - Éhh! Pensando assim é fácil! Sua mãe então diz:
            - Você já sabe o que vai falar pra ela? Ele responde:
            - Éhh pensando assim é difícil!!!
            Fabiano agora esta em seu quarto pensando o que fazer então ele diz pra si mesmo: Eu tenho que me acalmar eu tenho que me acalmar! Lembrando da cena da estrelinha do aquário de filme Nemo! Então ele elabora uma carta para se apresentar para Wanessa e cria a idéia de ser um entregador que esta ali para entregar um buque! Os dias vão passando e Fabiano termina o trabalho na obra que estava trabalhando, mas o empreiteiro não o paga o que lhe deve! Os dias vão passando e no dia 17 de abril de 2012 ele esta com o seu psiquiatra contando que pra ele que vai viajar:
            - Ela mora em Pernambuco, Jaboatão dos Guararapes, eu to indo sem dinheiro, por que meu aliciador me deu os canos em 800 reais ela nem sabe que eu existo, eu já bolei um monte de coisa pra que tudo de certo não sei o que vai acontecer, não consegui descobrir o endereço dela e mesmo assim eu to indo e não sei qual vai ser a reação, eu to eufórico e ao mesmo tempo to assustado comigo mesmo. O doutor Alam o interrompe e diz: - eu acho que você vai ser preso!  
            Fabiano indaga: - como? Alam lhe diz:
            - É você vai chegar lá na casa dessa famosa que você nem me fala o nome, um estranho total e o que você acha que pode acontecer se põe no lugar dela como você reagiria?
            - Eu sinceramente ficaria assustado, mas ao mesmo tempo bastante curioso pra saber que é! E deixaria as coisas acontecerem. Bastaria dar a atenção pro cara e ver o que acontece. Diz Fabiano. E Alam diz:
            - Assim simples! Quem é ela a Ivete Sangalo? Fabiano ri e os dois começam a rir muito da situação!
            - Não, não ela não! Mas já pensou! Eu a Ivete! Os dois voltam a rir

            19 de Abril de 2012
            Véspera do embarque!
           
            Fabiano esta trabalhando em um consultório, lixando a parede com uma lixadeira orbital! Já são 12 horas e Fabiano se prepara pra ir almoçar! Ele aproveita a hora do almoço e sai para fazer algumas compras. Compra um celular novo, um aparelho de barbear, dois cartuchos novos para sua impressora, e passa na papelaria compra uma prancheta, um cartão de amizade cheio de borboletas e volta para o trabalho, o tempo vai passando já é noite e ele percebe que não vai conseguir terminar o serviço e começa a arrumar as coisas pra ir embora! Pega sua mala de ferramentas e sai. Ao chegar em casa e já são quase  dez da noite e ele fala com sua mãe e filha:
            - Eu tenho que ir correndo se não eu perco o ultimo ônibus que sai para o aeroporto!
            Sua filha o Beija no rosto e então ele fala:
            - Já escreveu uma carta pra ela? Mariane responde:
            - Não pai eu to fazendo um desenho ainda! Fabiano diz:
            - Vai logo Mariane escreve se não, não vai dar tempo, anda!
            Ele janta toma um banho e se prepara para a viagem. Enquanto sua impressora imprime umas folhas, sua filha vem e lhe mostra o desenho que fez na carta. Fabiano diz:
            -Que legal! Tá bonito! Wé você não escreveu ainda! Mariane diz:
            -Não! Fabiano responde:
            -Vai rápido que eu já estou saindo!
            Ao terminar de arrumar sua mala sua filha aparece trazendo uma camiseta juntamente com a carta:
            - Ohh pai dá essa camisa de presente pra ela que ela vai gostar!
            Fabiano abre a mala e coloca a carta e a camisa na mala. A sua mãe aparece e lhe pergunta:
            - O que você ainda tá imprimindo ai? Fabiano diz:
            - Endereço de umas pousadas e outras coisas, o meu livro e uma carta que fiz pra ela!!! Acho que não vai dar tempo! Vou deixar pra imprimir umas coisas lá em Pernambuco!
            Quando ele termina de se preparar pra sair ao passar pela sala sua irmã fala pra ele:
            -Vem com essa conversa que vai viajar pra trabalhar eu to vendo! Tu vai mesmo é atrás de uma nega que eu sei! Fabiano ri, todos começam a dar risada, nada muito escancarado, apenas na emoção de estarem felizes. Fabiano escondeu de sua irmã a loucura que estava fazendo e até então somente sua filha sabia o nome e quem era a pessoa na qual Fabiano estava fazendo tudo aquilo. Quando ele esta no metrô o trem fica parado pouco antes de chegar à estação do Tatuapé por cerca de uns cinco minutos!  Ele demonstra preocupação! Ao chegar no ponto de ônibus para o aeroporto internacional de Guarulhos o ultimo ônibus já havia saído! Um taxista acena e ele vai até o taxi! O taxista lhe diz:
            O ultimo ônibus acabou de sair tá com uns três minutos! Você vai pro aeroporto?
            Éhh! Quanto fica uma corrida até lá? Pergunta Fabiano!
            O taxista lhe cobra R$ 70,00 pela corrida. Na rodovia Airton Sena Fabiano conversa com o taxista e conta a loucura que esta fazendo! O taxista fala então pra ele:       
            - Cara! Você é muito corajoso! Você nem sabe onde ela mora! Como é que você via achar esta mulher? Fabiano responde:
            - Olha! Eu to indo na fé se não conseguir pelo menos eu passo uns dias na praia, to levando uma barraca de camping um colchão inflável, sei lá chegando lá eu vou alugar um carro e sair por ai se eu não achar pelo menos tentei!
            - Se já fez isso de acampar? Pergunta o taxista. E ele responde:
            - Sim já fiquei acampado na prainha, em Mairiporã, em Atibaia!
            - Ahh então tá tranqüilo pra você! Diz o Taxista.
            No Aeroporto Fabiano se arruma pra tentar dormir um pouco, seu vôo sai as 5:20 da manhã pouco antes de embarcar ele levanta e sai andando com sua mala vermelha de rodinha e procura um lugar onde possa comer um lanche! É a sua primeira vez que viaja de avião, seus olhos ficam olhando pela janela o tempo todo e ele parece maravilhado com o que vê. Ao desembarcar em Recife vai logo procurando o furgão da localiza pela internet ele já havia reservado um carro e já tinha olhado pelo mapa para onde deveria seguir. Ao chegar no balcão ele é atendido por uma moça muito bonita e o sotaque faz Fabiano sorrir!
            -Bom dia! O Senhor já fez reserva? Fabiano responde:
            - Sim! Eu já tenho um carro reservado, só que eu cheguei uma hora mais cedo tem problema?
            - Não - responde a atendente! – É só o senhor entregar o carro uma hora mais cedo!
            - Ok!  A atendente pega o cartão de crédito e ao passar o cartão ele é recusado, ao tentar outro cartão também é recusado! O vencimento de seu cartão de credito é exatamente no dia 20 e ele não previu que o crédito só é liberado após o pagamento, ele então se vê obrigado a pagar em dinheiro algo que não é possível, pois é preciso que haja um depósito antecipado de R$ 800,00 reais para liberação do carro. Como Fabiano já havia feito outras locações anteriores à moça por confiança aceitou o pagamento em dinheiro, mas isto o deixou preocupado com a situação que já não começará bem e tranqüilo como imaginou que seria. Dentro do carro ele procura relaxar um pouco e resolve ligar para sua mãe para avisar sobre a viagem e saber por que seu cartão não havia saldo como ele esperava que houvesse:
            - Bênção mãe! Já cheguei foi tudo bem! Mãe liga pra este povo ai que tá me devendo por que eu fui tentar passar o cartão e os dois cartões foram recusados! É mãe to no sufoco né! Planejei tudo e acabo que não recebi de ninguém! Pois é se não liberar o cartão to perdido como é que eu pago a pousada! Vê se consegue ligar fala que é urgente que eu preciso receber tá bom, tá mãe! Fala pra Mariane que o pai adoro a viajem, é muito lindo ver o mundo lá de cima... Pode deixar se não der certo eu volto tá, tá tchau!
            Fabiano sai com o carro segue em direção de Jaboatão dos Guararapes! Suas únicas pistas é uma academia que ele imaginara que ela freqüenta, um endereço de telefone antigo do pai de Wanessa e a sua ultima opção seria ir até o estádio de futebol, afinal ela foi a musa do brasileirão e poderia conseguir alguma informação lá. A cidade de Jaboatão dos Guararapes esta um verdadeiro canteiro de obras, ruas sem saídas, interditadas por material de obra, cheia de buracos e Fabiano tenta usar o GPS do celular, mas não consegue entender o funcionamento, o seu outro celular o GPS também não funciona! Fabiano pega então a prancheta onde esta os papéis que ele imprimiu e coloca o mapa que pegou da locadora e coloca na prancheta! Aproxima-se de alguém e tenta perguntar o nome da rua:
            - Por favor, você sabe-me dizer onde fica a Rua Primeira travessa doutor Fabio maranhão?  A pessoa pra quem ele pergunta responde:
            - Essa rua é em Recife ou em Jaboatão?
            - Jaboatão! Responde Fabiano! Então a pessoa responde!
            - Olha você pode seguir mais pra frente que você ainda esta em Recife!
            Fabiano agora começa a rodar com o carro. Ele pergunta pra varias pessoas sobre a rua que é o único possível endereço que ele espera conseguir alguma informação. Ele erra o caminho pois há ruas interditadas e outras que são via de uma única mão ao errar o caminho e tentar retornar ele se afasta mais ainda das suas referências o transito na cidade esta intenso, poeira e uma pequena garoa deixam o carro rapidamente sujo por fora. Depois de quase 4 horas rodando ele consegue chegar a rua e pergunta aos moradores dali se conheciam o Seu Joaquim pai da Wanessa! Mas ninguém sabe lhe informar nada! Fabiano agora ruma a sua segunda pista que é a academia Personal! Vai até um posto de Gasolina e faz um lanche ao sair olha para o relógio do Celular e já são 14:25 minutos! Decide ir até uma lan House pra ver se consegue ter uma idéia de onde fica a academia e que direção tomar! Marca o nome da rua onde fica a academia. Ao Sair decide ligar pra sua mãe:
            - Mãe! Tudo bem! Eu to aqui rodando esta cidade feito um louco! Tá tudo em obras por aqui! Eu entro em uma rua e acaba que não tem saída outra rua é contra mão ai pra eu tentar voltar eu tenho que dar um baita retorno!! Não ainda nem sei pra que lado eu vou! Mais eu to com o carro que aluguei não tem problema não! Ah eu vou continuar a procurar é o motivo deu tá aqui!  Ahh não sei eu sei que já to quase em estado de pânico, mais vou continuar! Tá um sufoco! Quente demais aqui! Nossa um sol de racha! Já fiz um lanche aqui! Então tá mãe um Beijo! Quando eu achar eu ligo ai eu conto quem é! Não é a Ivete Sangalo não! Tá mãe beijo, e fala pra Mariane que quando o pai achar avisa! Tá tchau!
            Fabiano passa agora em frente ao mercado municipal e vê um arranjo de flores! Procura um lugar para estacionar o carro e acaba deixando o carro no estacionamento de um mercado! Vai a pé até o mercado municipal e compra o buque que viu! E o vendedor pergunta:
            - Você é da onde? Fabiano responde:
            - Eu sou de São Paulo! Vendedor então fala:
            - Da pra perceber pelo sotaque que você não é daqui Veio visitar algum parente? Fabiano fala:
            - Na verdade eu vim atrás de conhecer uma pessoa, uma mulher! Vendedor diz:
            - Ela sabe que você veio? Fabiano então fala:
            - Na verdade ela nem sabe que eu existo! O vendedor se espanta! Então ele fala:
            - Cara! Tu é o homem mais corajoso que eu já vi de fazer uma loucura dessas!
            - Eu Sei! Responde.
            - Eu tenho certeza que tudo vai dar certo pra você e com a graça de Deus, se pode ter certeza! Diz o vendedor!
            - Amém e que assim seja e este presente aqui vai pra ela! Diz Fabiano!
            O Vendedor diz: - Eu entendi! Olha que Deus te abençoe você e ela que eu já vi falar que um homem é capaz de fazer por uma mulher, mais ver assim pessoalmente eu nunca vi, parabéns e vai com Deus e que Deus guie seu caminho que você encontre ela e depois disso que você tá fazendo só tem um caminho pra vocês que é ser feliz! Fabiano reponde:
            - Obrigado pelas palavras! Até Valeu! Eles se cumprimentam e se despedem.
            No caminho que Fabiano segue agora ele procura a academia Personal e passa pela churrascaria Brasão! Ele erra a rua e acaba tendo que voltar, passa novamente em frente à churrascaria e não consegue achar a rua pede informação, mas ninguém sabe informar. Ele decide então retornar por onde passou e passa pela terceira vez em frente a churrascaria e agora vira para direita! E depois para esquerda, também erra este caminho e decide voltar novamente Pede informação e passa pela quarta vez em frente à churrascaria Encontra a rua, mas no local indicado no Google não existe academia e sim um mercado de horti fruti! Volta e passa pela quinta vez em frente à churrascaria decide parar o carro ali e faz um lanche pergunta onde fica a academia e um funcionário da lanchonete lhe diz como fazer pra chegar até lá entra no carro e novamente a rua indicada esta interditada! Ele tem de voltar subir a rua e passar pela sexta vez em frente à churrascaria! Desta vez chega à academia! Pega a prancheta o arranjo que comprou no mercado municipal e segue até a entrada da academia se faz de entregador na tentativa de conseguir o endereço! Ele chega à moça que atende e diz:
            - Oi boa tarde! Por favor, a Wanessa laurinda freqüenta a academia? A moça responde:
            - Olha Eu conheço todo mundo e não tem nenhuma Wanessa aqui não! Fabiano insisti:
            - É que eu tenho outro endereço mais me falaram que é mais fácil achar ela aqui na academia!  A moça diz:
            - Ahh não sei não, não conheço! Fabiano volta a insistir:
            - Ela foi musa do Brasileirão! Ganhou um concurso ai! A moça responde:
            - Ahh sei! Ihh moço, isto já tem anos que aconteceu! Nunca mais veio aqui!
            Fabiano volta para o carro! Ele esta quase chorando e aparenta bem cansado com tudo aquilo! Fica parado no carro quando percebe que perdeu um de seus celulares, e começa a procurar pelo carro todo! Não encontra! Ele não vê outra saída a não ser ir ao estádio. Ele segue pela avenida que fica a beira do mar rumo ao estádio o sol esta bem abaixo na linha do horizonte, o dia esta se acabando e Fabiano começa a falar sozinho:
            - Deus me ajuda pai! Me ajuda agora! Eu cheguei até aqui e agora me ajuda a ter esta vitória, só mais esta por hoje é só me dizer o que fazer e eu faço, eu faço pai! Deus universo me ajuda!
            Ele avista a sua esquerda o Cirque du Soleil e lembra da imagem no FaceBook da Wanessa com alguém do circo e grita dentro do carro: – haa! Valeu! Obrigado Deus! Obrigado! Agora eu sei que eu vou conseguir!
            Ele estaciona o carro e vai até o portão e diz: Eu queria falar com... Não lembro o nome do cara!          O segurança fala pra ele: Éhh sem o nome fica difícil!
            Fabiano diz: - Perai que eu já volto! Ele então sai com o carro procurando uma lan house. Ele encontra e diz para o rapaz :
            - Eu preciso usar o computador uns 3 minutinhos! Pode ser? O rapaz da lan responde: - pode fica a vontade ai! Rapidamente Fabiano vê o nome do pessoa do circo no facebook e fala pro rapaz da lan:
            - pronto só isso! Quanto que é? O rapaz responde: -Nada não cara firmeza segue em frente ai!   Fabiano responde: Valeu brigadúuu!
            E corre em direção do carro, volta para a avenida onde viu o circo desce e vai correndo com sua prancheta e o arranjo até o segurança e fala:
            - É Ivan o nome do rapaz!
            - É da parte de quem? Pergunta o segurança e ele diz:
            - Fala pra ele que é sobre a Wanessa Mattos! O guarda sai fala com alguém e uma moça loira alta bem maquiada de olhos azuis vem atendê-lo seu sotaque é de uma americana, mas ela sabe falar português:
            - Oi! Diz ela! Fabiano responde – oi - ela continua: O Ivan esta se preparando agora é sobre o que você quer falar com ele?
            - É sobre a Wanessa Mattos é uma pessoa que ele conheceu aqui nessa cidade e eu preciso falar com ele sobre ela! Reponde Fabiano e a moça diz:
            - Quem é essa Wanessa Mattos?
            - É a musa do Brasileirão! A moça da uma risadinha e diz: - Aguarda um pouco que eu vou ver se ele pode atender!
            Fabiano espera e já se faz noite o tempo vai passando até que o rapaz vem, ele é baixo, atlético, tem o cabelo liso e bem curto esta maquiado e vestido com um colam alaranjado! Ao se aproximar ele nota o arranjo de flores e já diz:
            - ohh é me pra me! Fabiano acha engraçado e diz:
            - Olha! Até poderia, mas não é minha praia! A moça loira vem junto e traduz o que Fabiano acabou de dizer para ele em inglês, Fabiano ao ver o fim da narração continua:
            - É o seguinte vou falar a verdade pra você! Eu vim de São Paulo capital pra conhecer a Wanessa Mattos e vi no FaceBook que você esteve na casa dela... Fabiano dá uma pausa enquanto a moça traduz o que ele disse para o Ivan – E eu queria o endereço dela só pra ir lá entregar estas flores! – Traduz novamente, então o Ivan pergunta em inglês e a moça traduz para Fabiano: ele quer saber se ela sabe que você esta aqui? Fabiano responde:
            - Não é pra fazer uma surpresa! Ela traduz e o Ivan volta a perguntar:
            - Ele quer saber se você tem alguma coisa com ela? Fabiano responde: - Não magina! É só coisa de fã mesmo, só quero conhecer e já to indo embora!
            A moça sorri como que não acredita e fala com Ivan então ele responde pra ela e fala pra Fabiano: Ele vai pegar uma caneta e te passar o endereço ta bom! Você só aguarda um momento! Fabiano responde:
            - Tá ok eu espero!
            Os dois saem e pouco depois voltam com um guardanapo que esta na mão do Ivan com o endereço escrito! Ao chegar perto a moça discuti como Ivan em inglês ele leva a mão para entregar o papel a Fabiano e a moça o impede isto se repete por três vezes até que Fabiano diz:
            - O que acontece? Ele não quer dar o endereço? A moça responde:
            - É que o Ivan quer que você dê um recado pra ela, mas eu to explicando pra ele... O Ivan volta a falar em inglês com ela e ela ri e diz para Fabiano:
            - Bom ele vai deixar três ingressos na portaria pra ela e os pais dela você pode dar este recado?
            - Sim posso! Reponde Fabiano. E ela diz:
            - Ele tá pedindo desculpas de não poder te dar um ingresso, mas é só porque tá muito em cima e os lugares já estão reservados... Fabiano diz:
            - Não, não tem problema não pode deixar! Só o endereço já tá bom demais pra mim!
            Ivan vai com a mão para dar o papel para Fabiano e a moça faz que vai impedir mas acaba deixando, Fabiano cumprimenta Ivan o agradece e rapidamente se apressa em ir até o carro no caminho ele vê um guarda de transito e pergunta aonde fica a rua o guarda então lhe diz:
            - Você pode virar à esquerda e quando você chegar a uma avenidona paralela a esta aqui você segue pra esquerda até o final, quando você checar no final é essa rua ai!
            Fabiano agradece e corre para o carro e sai rapidamente, ele chega ao final da rua e pra sua surpresa a churrascaria Brasão esta a sua direita! O semáforo esta fechado e Fabiano  fala sozinho:
            Eu não acredito nisso! Pela sétima vez eu to passando aqui! Eu passei sete vezes e não vi a casa dela! Caramba meu!
            Ele vira pra esquerda e começa a procurar pelo numero, os números estão aumentando então ele continua bem devagar, os números começam a diminuir e decide voltar. Ao voltar não encontra o numero e se vê obrigado a fazer um retorno novamente, pela oitava vez ele passa em frente à churrascaria! Ele fala com ele mesmo:
            - Desta vez vai, não é possível que ele deu o endereço errado! O que será que ele tava com tanta duvida! Ele segue mais adiante e vê o local onde tem um murro branco e já começa a reconhecer o local. Ele viu vários vídeos da Wanessa e em algumas filmagens ele viu alguns detalhes da casa dela e por isso reconhece o local! Fabiano se emociona:
            - Eu consegui é aqui olha só o carro dela, com o leãozinho é aqui mesmo eu consegui, Deus obrigado, ohh Deus obrigado por tudo eu consegui eu consegui!!! Em sua mente algumas imagens do Segredo aparecem e Fabiano estaciona o carro e começa a chorar! Ele desce do carro com a chave na mão, vai até o maleiro, na sua mala ele pega uma pequena toalha descartável que vem embalada e se limpa com ela, dá uma arrumada no cabelo, se arruma, fecha o porta malas abre a porta do passageiro pega o arranjo de flores a prancheta e coloca pra fora, fecha a porta do motorista por dentro sai pra fora e fecha a porta do passageiro, chega até o portão e fica olhando, balança a cabeça e diz pra si mesmo – que loucura isso – respira fundo e entra! Do lado de fora da área ele reconhece a cachorrinha da Wanessa e a chama pelo nome: - oi belinha, (se abaixa e acaricia a cachorrinha) o tio veio ver a mamãe! A cachorrinha se agrada com ele e permanece contente com sua presença. Fabiano bate palma, a Wanessa grita La de dentro: - quem é? Fabiano olha para sacola e vê que se esqueceu de pegar o cartão, a cachorra late e então ele diz: - só um minuto! Corre para o carro e pega o cartão! Volta e chama novamente: - É uma entrega pra dona Wanessa laurinda da Silva! O pai dela seu Levi Joaquim abre a porta e sai pra fora, ela vem com um colan azulado e uma toalha na cintura, descalça, sem maquiagem e diz: - Que dona rapaz! Fabiano sorri! Ele esta bem emocionado e tremulo nervoso mas não desvia o olhar dela ela segura a prancheta bem firme e diz:
            - Wanessa é você? Ela responde: - sim, pois não! Ele diz:
            - É uma entrega pra você é só assinar aqui! Ele passa a prancheta e a caneta pra ela  e ela começa a ler e ele então diz:
            - É só assinar aqui, colocar a data e o bilhete que é pra assinar tá dentro do envelope! Ela diz:
            - Ahh tá! Assina e entrega a prancheta e a caneta de volta para ele pega o envelope que esta na sacola do arranjo, abre o cartão e dentro do cartão esta uma folha cor de rosa ela diz: - ahh tá este aqui! Passa o envelope e o cartão para seu pai que esta a esquerda de Fabiano, Wanessa começa a ler o bilhete e então diz: - nossa é muita coisa pra ler! Fabiano da uma leve risada e continua ainda como sorriso no rosto! Ela então pergunta: - quem é este Fabiano? E olha para ele, ele então diz: - éhh sou eu! E aponta para si mesmo com as duas mãos! Ela olha pra ele e diz: - você!! Ahh obrigada Fabiano! Aproxima-se dele e o abraça! Ele procura se conter e ela pede a caneta pra assinar! Ele então diz:
            - Olha! Apesar de ter feito uma brincadeira que eu não sou entregador, eu vim aqui pra conhecer você, falar com você e eu queria que você lê-se este papel ai com calma devagar e depois você me diz o que acha disso tudo e ai a gente pode conversar, nós todos né! Seu Levi então fala:
            - Tu é da onde? Ele responde:
            - Eu sou de São Paulo! Seu Levi diz:
            - Se veio aqui só pra conhecer Wanessa? Ele diz: - éhh! Seu Levi continua: - Bicho foi bonito que você fez a gente devia ter filmado isso aqui pra por no youtube! Mas como é que você achou o endereço?
            - Bem eu apanhei um pouco eu tinha este endereço aqui (Ele mostra a prancheta com a nota fiscal que ele mesmo criou) E fui até a academia também e pra resumir eu estava passando em frente o cirque Du soleil e lembrei que ela esteve com o Ivan e ele me deu o endereço, mas é o seguinte ele pediu pra mim dar um recado que tem três ingressos pra vocês irem lá assistir  o espetáculo e tá meio em cima da hora então eu passo amanhã pra gente conversar direito eu vou dizer quem eu sou e tudo mais e porque eu estou aqui... Seu Levi o interrompe e pergunta:
            - Mas da onde você conhece o Ivan! Ele diz:
            - Eu não conheço, eu só lembrei que alguém do circo já esteve aqui e fui lá pedir o endereço. Wanessa pede licença e ao entrar e diz que vai se arrumar para ir ao circo seu pai o convida pra sentar ali fora e os dois continuam conversando:
            - Então você veio de São Paulo só pra conhecer a Wanessa que lugar de São Paulo você é? Ele responde:
            - eu sou da capital moro bem perto do... O dialogo é interrompido com o grito da Wanessa pedindo a Chave do carro para sua mãe, os dois olham para direção do som e então o pai da Wanessa fala:
            - você me desculpa disso é que a mãe dela não quer que ela vá, esse palhaço a gente nem quer que ele venha mais aqui... Eles  continuam conversando até que Wanessa vem pra fora, ela esta arrumada e maquiada com os cabelos lisos e escovados, Seu pai lhe pergunta:
            - Sua mãe vai? Eu não vou!  Fabiano então diz:
            - Seu Levi! Vai! Acompanha sua filha, vai ser bom pra ela! Seu Levi diz:
            - É que você não faz idéia do que esta acontecendo aqui! Fabiano continua:
            - Olha, independente do que possa estar acontecendo é um espetáculo, o senhor só vai lá assistir e pronto! Dá essa alegria pra ela, olha o sorriso dela como ela tá feliz, deixa ela ir e depois acabou, vocês vem pra casa e a vida segue! Seu Levi se levanta e Fabiano também e seu Levi responde:
            - Éhh então eu vou, mas se fique sabendo que a gente precisa conversar mais... Ele responde: - pode deixar! Eu vou tá aqui. Seu Levi permanece na porta e observa os dois, Wanessa diz para Fabiano:
            - Em que hotel você esta hospedado? Ele responde:
            - Eu não estou hospedado ainda! Eu vou sair agora e ver se eu encontro um hotel e amanhã eu passo aqui a tarde pode ser? Ela responde:
            - Pode e me desculpe se a gente nem conversou direito é que sabe é um circo tão falado e é tão difícil conseguir ingresso... Fabiano a interrompe e diz:
            - Tudo bem Wanessa amanhã a gente conversa direito e com calma, eu quero falar muito com você e eu to aberto e disposto, seja o que for tudo pode acontecer, só depende de você querer ou não, mas vai lá independente do que acontecer eu to aqui e espero ser feliz e poder fazer você feliz seja como for!.
            Wanessa o olha um tanto assustada pra ele, ela estranha tudo que acabou de ouvir. Quando ela esta saindo com o carro Fabiano permanece ao portão para fechar e enquanto manobra Wanessa deixa o retrovisor do carro bater no portão Fabiano diz - opa! Ela manobra e sai ele fecha o portão e acena para os três no carro! Fabiano esta em seu carro e liga para sua mãe e diz:
            - Mãe! Encontrei! Ao telefone ele escuta sua filha gritando:- Eeeba!
            Depois do telefonema ele sai pra tentar a achar uma pousada e vai à direção oposta ao circo! No meio do caminho ele pra e diz: - Sabe de uma coisa eu vou até lá! Então ele volta ao circo estaciona  e sai andando sobre a mureta a beira mar, um rapaz passa com um carrinho de mão de construção com varias caixas de caqui! Fabiano compra uma caixa e começa a comer os caquis! O tempo passa e ele não sabe o que fazer, mas fica curioso com relação ao palhaço, -será que ela esta namorando ele! Pensa Fabiano. A sua esquerda ele escuta a voz que vem da igreja! Ele então atravessa a rua ainda comendo caqui e presta atenção as palavras que vem de lá:
            - Por que Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito para se sacrificar por nós! Isso todo mundo já sabe né!
            - O que eu vejo que quase ninguém sabe irmãos é que ele não só morreu por nós, mas ele morreu para que a gente soubesse amar, por que Deus torna forte e grande o homem que sabe ouvir a palavra de Deus e enfrenta o mundo para vencer no amor!!!
            Aquelas palavras comovem Fabiano e enquanto ele esta comendo ele chora emocionado. Volta para o outro lado da rua e vê um mendigo já com certa idade e Fabiano da a ele a caixa de caqui! Ele sai com o carro sem direção certa estaciona em uma rua de frente para o mar e tira o calçado, desce do carro e vai andar a beira do mar! Ao voltar para o carro ele olha bem para o local e decide dormir ali mesmo dentro do carro!
Na manha seguinte ele acorda e algumas pessoas circulam por ali preparando para trabalhar na praia Fabiano desce do carro e olha o movimento das pessoas uma mulher passa por ele e ele pergunta:
            - É você mesma que faz os lanche aqui da praia? Ela responde:
            - Sim você já quer comer alguma coisa? Ele diz:
            -Éhh eu queria só um copo de leite com café e um pãozinho na manteiga! Só isso! A mulher então lhe diz:
            - Eu vou cobrar dois e cinqüenta pelo café e o pão! Fabiano acena e diz – combinado.
            Ao terminar seu café ele entrega o copo e sai com o carro, vai até a agência da Localiza e diz que vai precisar do carro por mais um dia, paga adiantado. O carro esta bem sujo por sinal, as ruas e a poeira por onde passou deixaram o carro assim, ele volta para casa de Wanessa e percebe que ninguém esta acordado Fabiano vê na esquina da perpendicular da rua onde Wanessa mora uma mangueira vazando um pouco de água, só que esta rua esta interditada e ele tem de dar a volta na quadra pra chegar lá! Tira seu calçado e a meia que estava calçado e coloca a meia no bolso, ali naquele local há um galão de tinta vazio e limpo e ele joga água no carro e com a meia começa e esfregar o carro. Depois de esfregar todo carro e enxaguar ele usa a outra meia pra secar o para brisa e depois ele vai a pé até a casa da Wanessa e percebe que ainda não tem nenhum movimento, volta e entra no carro olha a hora no celular e decide sair para procura uma pousada vai a uma, duas três, mas não encontra vaga. Olha no relógio novamente e volta para onde ele tinha lavado o carro e vai até o maleiro, pega um chapéu de pescador uma camisa e usa uma daquelas toalhas descartáveis para se limpar, troca de camisa e coloca o chapéu, vai até uma pequena lanchonete e almoça. Depois de almoçar volta para o carro pega o fio dental limpa os dentes e ali mesmo ele escova os dentes com uma escova dobrável que ele tem depois de tudo isso ele pega a bolsa do curso que ele tinha feito e coloca alguns papéis lá um livro e vai para casa da Wanessa! Bate palmas e o pai dela atende, ele diz:
            - ohh meu amigo bom dia!
            Bom dia! Ele responde, o pai dela diz: A Wanessa esta dormindo ainda! Fabiano diz:
            - Não é que eu queria pedir só um favorzinho, é que eu quero ver se descubro o endereço de uma pousada e será que o senhor me deixa usar sua internet só um minutinho! Fabiano entra no quarto e vê a Wanessa ainda dormindo o pai dela diz: Não repara a bagunça! Fabiano tenta evitar olhar pra ela, mas não resiste! Enquanto seu pai liga o computador Fabiano olha pra ela e ela abre os olhos e ele diz: - oi! Bom dia! Como é que foi o espetáculo? Ela responde: - foi lindo! Seu Levi diz: - pronto Fabiano! Ele senta co computador e começa procura o endereço:
            - O nome da pousada é Pousada Pirata! Eu tinha visto, mas não deu tempo de imprimir! Wanessa então pergunta: - Você não estava num hotel? Ele responde:
            - Não, eu ainda não achei onde ficar! Wanessa pergunta:
            - Aonde você dormiu? Ele responde:
            - No carro mesmo! O Pai de Wanessa fala:
            - Olha você desculpa o mau jeito, mas o que você é do Ivan! Ele responde:
            - Nada eu só o conheci ontem pra pedir o endereço! O pai de Wanessa fala:
            - Eu quero que você me conte direitinho esta história que eu não to conseguindo entender isso que tá acontecendo aqui! Fabiano diz:
            - Mas o que é que tá acontecendo! Enquanto conversa Fabiano já esta sentado em frente ao computador procurando o endereço, e seu Levi diz:
            - É que este cara o Ivan é um palhaço que veio aqui pra atormentar a vida da gente! Wanessa então o interrompe e diz:
            - Para pai ele não tem nada haver com o Ivan já falou! Seu Levi continua:
            - A gente ia até chamar a policia pra ver esta história direito! Fabiano diz:
            - Mais o que é que ele fez de tão grave assim? Wanessa então diz:
            - Ele não fez nada eu que me apaixonei por ele e é justamente isso que eu quero te pedir desculpas por ontem você merecia bem mais atenção pelo que você fez só que você apareceu num momento errado! Fabiano diz:
            - Consegui seu Levi a sua impressora tá imprimindo? Ele responde:
            - Sim me deixa só pegar uma folha pra você imprimir! E o pai de Wanessa sai do quarto então Fabiano olha pra ela e diz:
            - Talvez não! Talvez eu tenha chegado no momento certo! Seu Levi rapidamente aparece de novamente e diz: - pronto! Fabiano agora fala: - Olha eu vim de tão longe e eu só quero falar com você, aliás, com vocês e vou contar minha história, uma parte da minha vida, dos meu sonhos e eu quero voltar mais tarde, com calma depois que todo mundo já tiver levantado, almoçado, eu já almocei e quero aproveitar e dizer que, independente do que você vir a sentir por mim, pelo Ivan eu só quero que você me ouça ( a impressora termina de imprimir e Fabiano enquanto fala pega o papel e coloca na bolsa) e como eu te falei ontem tudo pode acontecer ou não só depende de você permitir.
Aquele bilhete que eu te dei eu só quero que leia e entenda que é só você me dar seu tempo livre pra me ouvir! Já que pela internet eu não conseguia né! Então eu vou indo ver se eu acho um lugar pra ficar e mais tarde eu venho explico tudo! Wanessa então diz:
            - Tudo bem! Mas eu acho que você não devia ter feito isso sem avisar! Fabiano já esta se levantando e diz:
            - Éh um palhaço que veio La da Rússia também surgiu sem me avisar! Wanessa responde:
            - É por causa desse palhaço mesmo que eu não posso aceitar o que você fez! Fabiano:
            - Bem! Outra língua, outra cultura, mas eu vou indo depois a gente se fala! Seu Levi o acompanha até a porta e fala com Fabiano:
            - É meu amigo aparece ai mais tarde e perdoa minha filha, sabe como é jovem nessa idade tudo é sonho tudo é bonito, mas não sabem voar com os pés ainda no chão!
            -Entendo! Responde Fabiano seu Levi diz:
            - Mas pode vim que eu quero ouvir o que você vai dizer que eu to querendo entender isso! Fabiano Responde:
            - Eu também quero entender!
            O endereço que ele viu no Google esta errado! Mas perguntando as pessoas ele consegue achar a Pousada Pirata, o ambiente embora simples é muito bem cuidado e aconchegante ele vai até a recepção e o dono da pousada o cumprimenta dizendo o nome:
            -Boa tarde, meu nome é Roberto seja bem vindo a minha pousada! Fabiano diz:
            - ohh que legal Roberto é o nome do meu pai! Prazer! Eu quero alugar um quarto mais eu to com um problema agora! É que a fatura do meu cartão venceu ontem e enquanto não cai o pagamento não libera o crédito! Roberto então diz:
            -Fica tranqüilo se você não tiver dinheiro à gente te põe pra lavar pratos! Os dois riem e Fabiano diz:
            - Se precisar eu sou eletricista, pintor, monto e desmonto móveis...
            No quarto ele desfaz a mala e vai tomar um banho, depois vai dormir um pouco, o dia anterior foi estressante e ele não dormiu muito bem dentro do carro. Ao acordar e Olha para o relógio! Já é noite então levanta e se apressa para se vestir. Arruma sua bolsa preta do curso e pega a carta de Mariane e a camisa que ela deu para ele entregar para Wanessa e coloca na bolsa. Quando chega na casa dela o pai dela e ela os aguardam para conversarem,ele esta sentado a direita da sala, Wanessa esta em uma cadeira a sua direita e o pai de Wanessa esta no outro sofá a esquerda da sala.
            Enquanto Fabiano fala gesticula e a conversa vai rolando E ela permanece o Tempo todo ouvindo e Fabiano por estar de lado decide dirigir o dialogo para o pai dela, afinal ele passou horas vendo ela pela internet sem ela saber e ele a sua maneira estava dando a ela o mesmo direito, de olhar pra ele e conhecer sua vida sem que ele olhasse para ela, é claro que de vez enquanto ele olhava, mas tinha medo que suas emoções o desviassem do foco, o levasse a comoção, em seus pensamentos ele sempre pensou que não se deve conquistar ninguém com lagrimas e suas emoções estavam fortes. O dialogo continua até que ele explica como foi que conheceu o Ivan... Lembra da carta de sua filha e da camiseta, então ele diz:
            - E a minha filha escreveu uma carta pra você e pediu pra te dar esta camiseta de presente que é legal que ela acende conforme o som ela equaliza assim. Fabiano entrega a camisa para Wanessa ela diz:
            - Nossa que legal isso! O pai dela diz: - isso é novidade, muito legal isso!Deixa o pai ver filha... Pega a camisa e brinca com ela enquanto Wanessa pega a carta e começa a ler seu pai sai e pega um cabide e volta com a camisa no cabide e apaga a luz pra ver a camisa e só a luz da camiseta aparece com o formato de coração Fabiano bate palmas exatamente no ritmo da musica que é a musica do filme o clima é de descontração eles estão alegres e sorridentes, a camisa é uma dessas iluminadas por micro leds. Wanessa pede para o pai acender a luz e continuar lendo. Seu pai pendura a camisa na parede em frente  a Wanessa e ela continua a leitura, se vê emocionada com a carta sorri e ao mesmo tempo fica acanhada com a situação, olha para Fabiano e ri, olha para carta e depois para camiseta e Diz: Ai Meu Deus! Fabiano sem entender olha para o pai dela e o pai dela pra Fabiano, os dois olham pra Wanessa e ela ri, leva a mão ao rosto arruma o cabelo e diz:
            - Olha Fabiano eu nem sei direito o que dizer, é uma surpresa atrás da outra eu fiquei muito comovida com a carta da sua filha é uma gracinha ela, olha só ela desenhou a gente de cabelo grande os três juntos! Mas... Ai Deus! É que eu não posso aceitar este presente por que ela diz aqui na carta que se eu aceitar é porque eu aceito ela como filha minha! Fabiano se assusta e diz:
            - Ela fala isso na carta? Wanessa responde:
            - Sim ela fala isso! Fabiano diz:
            - Ela foi mais esperta do que eu!(O pai dela ri) ele continua: Ohh me desculpa por isso mais eu não sabia que esta muleca tinha escrito isso! Wanessa então continua:
            - Éhh ela foi danada sua menina me pegou agora! Mas eu tenho pra te dizer o seguinte! É que a gente não manda no coração e eu já estou gostando de outra pessoa, se sabe né!
            - Sei o palhaço! Wanessa ri e diz:
            - É justamente por causa deste palhaço que eu não posso aceitar esta camisa, como eu te disse não foi um bom momento! Fabiano fala:
            - Olha eu não sabia que ela tinha feito isso de exigir de você uma resposta positiva para que você pudesse ficar com a camiseta, eu não li a carta. A carta é dela eu respeitei o que ela escreveu foi pra você e não pra mim, eu só vi o desenho, e eu saí nas pressas e ela ainda nem tinha escrito! E você leu a minha carta? Wanessa responde:
            - Li sim muito bonito o que você escreveu Fabiano, mas eu não posso sair com você e mostrar a nossa cidade... Fabiano se vê surpreso com a resposta e diz:
            - Não Nessin foi isso que eu quis dizer, o que eu queria era que você, por exemplo, se você fosse sair ou até mesmo no seu aniversário e eu tivesse junto com você ao me apresentar pro seus amigos e eles perguntassem quem é esse cara você podia dizer assim – ahh ele veio só pra ser meu príncipe temporário- , foi só pra ser uma brincadeira, assim pra descontrair e deixar mais leve a situação! Por que eu embora já tenha feito loucura de fazer isso de vim aqui sem avisar sem você nem se quer saber, eu não sou tão doido assim pra deixar você constrangida perante seus amigos, então eu bolei isso pra ser assim uma brincadeira! Ela responde:
            - Sim sei, entendi! Fabiano diz:
            - E você falou que esta gostando deste palhaço ai! Que a gente não manda no coração! Bem eu sei que eu não to aqui pra obrigar você a gostar de mim e como eu te disse ontem à noite, independente do que você venha a sentir por mim eu só quero que você me ouça e deixa as coisas acontecerem é só isso que eu quero, por isso é que eu queria o seu tempo livre pra gente conversar e como eu ti falei que eu tenho idéia de musicas de livros filmes programas e ai o que tiver que acontecer vai acontecer... O pai de Wanessa fala:
            - É que nada é por acaso! Fabiano diz:
            - isso exatamente! E olha eu fico me perguntando por que eu tenho essas coisas dentro de mim? Poxa eu não sou ator eu não sei dançar, cantar e você é tudo isso! E então eu fiquei pensando, puxa eu tenho as idéias e ela tem o talento, porque não a gente se conhecer e quem sabe um pode ajudar o outro! Wanessa esta constrangida e o seu Levi olha pra filha, ela olha pro pai e Fabiano observa os dois e diz:
            - Você já assistiu o Nemo? Wanessa responde:
            - Sim já assisti! Fabiano diz:
            - Então você lembra que ele promete pro filho que nada vai acontecer e a Dóris fala pra ele – Que coisa estranha de se prometer, se nada acontecer na vida dele então nada acontece! Então é por isso que eu to aqui, pra que algo aconteça não importa o que seja algo tem que acontecer, não é possível que eu tenha ficado vivo e por acaso tudo isso que eu tenho dentro de mim vai pra onde? Seu Levi fala:
            - Se nada é por acaso então deve ter um motivo pra você não ter morrido naquele dia! Fabiano diz:
            - Pois não é! Se eu to vivo, se eu desci a montanha decidido a lutar pelos meus sonhos eu to aqui então! Wanessa sorri sem saber o que dizer olha para o pai e depois para Fabiano volta olha para o pai e olha pra Fabiano e diz:
            - E seu eu disser não! O que você vai fazer? Fabiano diz:
            - Eu pego minha mala e vou embora lutar pelos meus sonhos, olha tem uma coisa estranha que eu vou dizer agora, mais eu vou falar que é o seguinte: Eu sinto um amor enorme dentro de mim e eu não sei por que e nem por quem quando e antes mesmo de te ver na internet eu já tinha pensado nisso que é assim, eu sei que eu sou um ninguém uma nada até meu nome é Fabiano que quer dizer um plantador de favas, de pouco valor assim um insignificante! Mas se um dia eu me tornar alguém, se eu realizar um décimo dos meus sonhos vai ter um monte de mulher dizendo que me quer que sempre sonhou com um homem como eu e trá La La! Olha eu não quero isso! Por que o Fabiano que esta aqui na sua casa hoje é o mesmo que vai existir daqui um ano dois três e porque só agora esta mulher surgiu!
            - Eu não vou conseguir me dar bem com isso! Wanessa diz:
            - Olha eu não posso te responder agora mais fica aqui na nossa cidade, vai conhecer a praia os lugares aproveita que já esta aqui! Fabiano fala:
            - Não porque eu me conheço e eu não tenho outro objetivo, não tem propósito de estar aqui a não ser este! De você me ouvir e acreditar nos sonhos e por falar em sonhos me lembrei de uma coisa, eu tenho aqui o DVD do Segredo que eu comprei exatamente pra te dar (Ele tira o DVD da bolsa) Este DVD me ajudou muito e por acreditar nisso eu to aqui eu queria assistir com vocês mais já ta tarde. O seu Levi diz:
            - O nosso aparelho tá quebrado, não vai dar pra gente assistir! Fabiano diz:
            - Ahh é! Que pena bom mais fica ai com vocês e assistam que é muito bom, se não funcionar comigo, que sabe com você! Wanessa diz:
            - Quando der pra mim assistir eu vou ver sim! Fabiano diz:
            - Então amanhã eu tenho que entregar o carro e você pensa direitinho, eu vim aqui pra te mostrar o meu caráter e espero ter conseguido um pouco disso!  Wanessa então diz:
            - Não se mostra o caráter só com palavras! Fabiano diz:
            - Exatamente por isso que eu queria te ver todos os dias nesses 10 dias, já foram dois e pra isto eu tenho que estar aqui! Eles se levantam e se cumprimentam e seu Levi lhe diz:
            - É Fabiano vem ai amanhã pra gente conversar direito eu gostei da sua coragem tu é o cara mesmo de sai assim e vim até aqui pra conhecer Wanessa. Fabiano diz:
            - Eu que agradeço a paciência e a sua atenção e eu sei que eu sou um estranho pra vocês, mais eu tenho minha vida e meu coração aberto pra vocês e espero ter me expressado direito. Amanha eu apareço!
            No outro dia de manhã Fabiano sai da porta de frente da pousada e encontra o Roberto dono da Pousada em frente à entrada e diz:
            - Bom Dia! Seu Roberto!
            - Bom dia! Como é que esta a aventura? Roberto pergunta, Fabiano diz:
            - É hoje eu vou ter uma resposta e talvez eu vá embora ou fique eu vou entregar o carro hoje e vou entregar o quarto se nada tiver que acontecer eu vou agora se eu ficar nem imagino o que pode acontecer! Roberto Diz:
            - Espero que dê tudo certo! Fabiano:
            - Eu também! Ahh o meu café da manhã é só um copo de leite achocolatado e um pãozinho com manteiga, você pode servir um café assim pra mim? Roberto responde:
            - Pode!
            Depois do seu café da manhã ele entrega o quarto pega sua bagagem vai à casa da Wanessa, bate palmas e aguarda. Seu Levi sai pra fora e cumprimenta Fabiano e diz:
            - Olha eu sinto muito, mas Wanessa pediu pra te entregar a camiseta da sua filha e ela agradece mas não pode aceitar este presente! Eu espero que você faça uma boa viagem e que você consiga realizar seus sonhos só que a Wanessa tá muito chateada neste momento, você sabe por causa do palhaço... Fabiano enquanto pega a camiseta o interrompe dizendo:
            - Seu Levi, eu já disse e volto a dizer que se eu puder ajudar de alguma forma eu vou lutar pra isso independente do que ela vem a sentir eu só quero o melhor pra ela e me desculpe ter assim me intrometido na vida de vocês, mas como eu já disse a gente tem que fazer as coisas acontecerem em nossas vidas e se ninguém fizer nada, nada vai acontecer. Eu posso não ser a pessoa certa pra isso, mas também não posso pedir pra alguém fazer isto por mim! Seu Levi diz:
            - Não, eu entendi você perfeitamente, mas vamos ver o que Deus prepara na vida da gente e quem sabe um dia tudo dá certo de um jeito ou de outro! Fabiano o cumprimenta e diz:
            - Amém seu Levi, obrigado e desculpe qualquer coisa! Levi diz:
            - Amém e vai com Deus meu querido.
            Fabiano agora sai entristecido vai até o porta malas do carro e coloca a camiseta na mala,ele vai até a localiza e entrega o carro, agradece a atendente e pede uma carona até o aeroporto, chega no balcão da empresa Avianca e fala com a atendente:
            - Oi boa tarde! Será que daria pra remarcar minha viagem pra São Paulo pra hoje? Ela diz:
            - Só um minutinho! Olha tem um vôo pra São Paulo que sai hoje as 15:30 pode ser este? Fabiano diz:
            - Sim pode! São 940 reais a diferença! Fabiano diz:
            - Ohh quê!
            Ela vai até o caixa eletrônico Bradesco e não tem saldo nenhum! Liga para sua mãe e fala:
            - mãe a senhora falou com o povo ai que tá me devendo?
            Como! Nem atende a ligação! E a mulher lá do consultório?
            Só vai pagar quando terminar! Mais ela falou que não tinha pressa que eu podia viajar tranqüilo até pediu o numero da minha conta pra depositar e eu to olhando aqui e não tem nada na minha conta!
Eu ia voltar hoje só que sem dinheiro e... Não é que eu to chateado acho que foi loucura demais isso! Só que pra voltar tem que pagar a diferença da passagem! Tomei um fora agora! Nem sabia disso! Éhh era pra ter pelo menos mil e duzentos reais na minha conta e não tem nada! Caramba! Ahh vou voltar pra pousada e vejo se e até lá eu faço alguma coisa por aqui mesmo! Bem se for pensar bem sai mais barato eu ficar até o dia 30 do que se eu pagar esta diferença! Tá bom mãe, não se preocupa não que eu me viro. Vê se fala pelo menos com a mulher La do consultório que dela é quatrocentos reais! Do outro lá pisão é oitocentos. Tá bom mãe e minha filha como ela tá? Pelo jeito lá vai eu pedir dinheiro emprestado pra filha! Tá mãe é pode ser! Tá um beijo!
            Sem ter como ir embora o jeito é retornar a pousada de ônibus com sua mala. Dentro do ônibus um casal de Colombianos lhe pergunta onde fica a Pousada Pirata e ele diz:
            - Eu to indo pra lá!
            Ao chegar na pousada Fabiano apresenta o casal para o Roberto:
            - Olha só! A volta dos que não foram! E ainda trouxe mais dois comigo. Estes são Paulo e Olivia que vieram visitar o Nordeste do Brasil! Depois dos cumprimentos Fabiano diz: Eu errei o ponto de descer e a gente veio conversando no caminho!
            Já no quarto ao abrir sua mala, ele encontra um daqueles corações de abajur pega na mão e fica pensativo!Ele decide então retornar a casa da Wanessa de bermuda e camiseta sem manga chinelo do Guga, com seu chapéu de pescador e com a bolsa do curso do lado direito em seu ombro andando a pé> Antes de chegar ele almoça em uma lanchonete na mesma avenida que estava andando. No quintal da casa da Wanessa ele bate palmas e o seu Levi vem atendê-lo e diz:
            Ohh meu amigo o que aconteceu? Fabiano diz:
            Na verdade não é o que aconteceu é o que não aconteceu! Bem não deu porque as pessoas que me devem não me pagaram ainda e como eu comprei a passagem de promoção eu só posso ir no dia marcado (enquanto Fabiano fala Wanessa aparece e eles se cumprimentam) Oi Tudo bem! Não deu certo você ir? Fabiano responde:
            - Éhh não deu! E eu queria saber de você se eu posso continuar vindo aqui só pra te ver se eu posso vim no seu aniversário? Wanessa responde:
            - Ahh meu aniversário nem sei como te falar, mais este ano eu não quero fazer festa! Fabiano diz:
            - Não! Por quê? O pai de Wanessa diz:
            - É Wanessa ainda tá chateada com a perda do palhaço! Fabiano diz:
            - Bom isto é outro assunto e hoje já que você não tá interessada em falar comigo e tudo eu sei que estou sendo xereta,já expliquei e tudo mais eu quero hoje é falar com dona Aurélia, até agora eu não vi a sua mãe e hoje eu quero dar um presente pra ela! É simples mais é de coração mesmo! Wanessa diz: - Vou chamar! Enquanto isso seu Levi pede pra Fabiano se sentar e seu Levi começa a falar:
            - Então como foi tu chegou no aeroporto e não sabia que tinha que pagar a diferença? Fabiano diz:
            - Éhh! Tomei um fora! Seu Levi:
            - Quando você falou que tinha comprado a passagem de promoção eu já sabia, mas não falei nada que eu pensei que você tivesse dinheiro pra pagar... (Dona Aurélia e Wanessa estão chegando e os quatro estão agora no lado de fora da casa na varandinha da entrada do prédio, Fabiano levanta para cumprimentar a mãe de Wanessa e então seu Levi fala:
            - Senta aqui Aurélia que hoje o assunto é com você! Os dois sentam Wanessa permanece ao lado do pai em pé e Fabiano começa a falar:
            - Bom dona Aurélia eu já estou vindo aqui pela quarta vez e ainda não falei com a senhora, eu contei parte da minha vida para os dois, mas a senhora não estava presente, bem é o seguinte eu vou fazer um resumo da minha vida pra senhora bem mais curto do que eu falei para os dois, mas é o seguinte: Eu sei que a sua filha é uma pessoa muito especial e de certa forma apesar de não parecer eu sei o que é sentir isso! De ser especial, tanto é que eu fui para a montanha tentar suicídio porque eu não sei o que fazer com isso! Com este sentimento e eu sou um tanto meticuloso e antes de ir eu planejei certas coisas e uma delas eu enquanto ainda tinha dinheiro, eu sai pra comprar estes corações e quando eu cheguei em casa eu falei pra minha mãe,- ahh eu esqueci de comprar pilha então amanhã eu vou lá comprar a pilha, mas na verdade era só uma desculpa que eu imaginei para poder sair com uma mochila de camping que eu tenho. Então dessa desculpa que eu usei pra sair pra morrer acabou virando o inicio da minha vida e das 10 duzias que eu comprei sobraram seis peças e esta aqui é uma delas! Que eu estou dando pra senhora é simples mais é de coração e de coração mesmo! Aurélia diz:
            - Ahh que bonitinho! Eu já tinha visto mais achei muito caro, dez reais! Fabiano diz:
            - Pois é eu vendia por cinco e vendia bem, e a minha satisfação era ver as pessoas comprando e saindo com um sorriso, felizes, puxa isto me ajudou muito! Às vezes algo tão simples e tão tolo pode significar muito na vida da gente e é isso que eu estou tentando passar pra senhora! Por isso eu sei que eu não tenho quase nada! Dizer não tenho nada acho um exagero que as pessoas dizem, mas a senhora vê só o fato de eu viver em São Paulo! Eu já posso ajudar vocês se precisarem um dia ir pra lá eu quero dizer que da mesma forma que eu estou contando da minha vida pra vocês, confiando em vocês eu só preciso que confiem em mim e quem sabe o que pode acontecer, não é verdade? Aurélia responde:
            - É realmente! Seu Levi diz:
            - Todo mundo ganha presente menos eu! Fabiano diz:
            - vou dar um jeito nisso! Agora eu falei muito to com sede e antes de ir embora será que eu posso usar o banheiro?
            No banheiro ele repara que têm alguns baldes de água olha para o chuveiro e fica sem entender! No momento de dar a descarga seu Levi diz: - não dá a descarga não que o vazo tá quebrado! Fabiano molha o tênis e diz: - Tarde demais, já foi!
            A noite vem e ele passa por uma barraca de lanche montada na calçada a margem da avenida por onde já passou varias vezes e ali mesmo ele janta. No outro dia depois de caminhar a beira da praia ele decide sair um pouco ir ao shopping... O ônibus passa em frente a uma loja de material de construção e lá ele vê um cartaz dizendo vaso Sanitário R$ 59,90. Ele ainda esta no ônibus quando o cobrador anuncia em voz alta:
            - Shopping Guararapes próximo ponto!
            Fabiano desce e vai até o Shopping chegando lá se dirige até um caixa Bradesco e faz uma consulta de saldo. Nada foi depositado! Ele então faz um empréstimo no caixa eletrônico. E saca 400 reais, liga pra sua mãe e diz:
            - É eu tive que fazer um empréstimo por que o dinheiro que eu tinha já acabou! Conseguiu falar com a mulher do consultório? Dela eu ainda acho que recebo agora do cara lá acho que vai me dar os canos! É eu tenho que comer né e eu vi aqui que só dá pra usar um cartão de credito o outro já estourou o limite! E a minha filha tá ai? Deixa eu falar com ela! Oi nenê tudo bem...
            Depois de falar ao telefone ele passeia no shopping pensativo em tudo que esta vivendo de lá ele então decide ira casa da Wanessa desta vez ele quer presentear o pai dela comum livro depois de se cumprimentarem eles sentam ali fora e Fabiano começa a falar
            - Hoje eu quero é falar com o senhor mesmo! Já que todo mundo ganha presente e o senhor não é o seguinte, acho que o seu presente é o melhor de todos! Que é o conhecimento! Você gosta de ler? Ele responde:
            - Não sou muito fã, mas de vez em quando eu leio um pouquinho! Fabiano diz:
            - Bom! Ontem eu disse que às vezes a gente sente algo especial e existem muitas pessoas assim e que fazem a diferença neste mundo (Fabiano tira o livro da bolsa) este livro fala de um filosofo que foi escravo, mas ele era tão inteligente que acabaram libertando ele e até fundou uma escola! Ele fala uma coisa muito interessante que é que: muitas vezes as coisas estão sobre nosso controle e outras vezes não, e a gente se culpa muito por coisas que na realidade não estão sobre nosso controle e a gente só pode ser responsável por aquilo que esta sob o nosso controle e eu sou um exemplo disso, eu na realidade não devia nem estar aqui, mas enquanto eu posso controlar, eu estou aonde eu quero estar e estamos aqui agora acho que como você disse naquele dia que nada é por acaso, então eu não sei por que eu estou aqui, mas algum propósito deve haver nisso tudo e eu estou aqui até onde cabe o meu controle. Levi diz:
            - É bacana tudo isso que você me falou! A Wanessa saiu com a mãe, foram ao shopping. Fabiano diz:
            - Eu acabei de vim de lá!
            Eles conversam mais um pouco e até que Fabiano decide ir embora, seu Levi diz:
            - Não quer esperar elas chegarem? Fabiano responde:
            - Não amanha é véspera do aniversário da Wanessa e ai eu venho que eu quero perguntar pra ela se eu posso vim no dia do aniversário.
            Fabiano esta agora indo embora a pé. Novamente ele vai até a barraca onde jantou no dia anterior, lá ele houve alguém dizendo que o circo esta indo embora. No ouro dia logo d manhã ele vai  em uma lan House e vê o clipe do Frejat que Wanessa coloca em sua pagina ele volta para pousada. No quarto pega duas camisas brancas e colocando na bolsa do curso, a garrafa de água cheia, um livro e um pen drive. Sai da pousada e esta andando a pé com seu chapéu. O dia esta quente ele vai a uma gráfica que imprime camiseta, ao abrir a imagem que esta no Pen Drive o atendente pergunta:
            - Quem é essa da foto? Fabiano responde:
            - É Wanessa Mattos, ela mora aqui perto! O atendente diz:
            - Você conhece ela? Fabiano responde:
            - To começando achar que não!
            Depois de imprimida a camiseta ele vai à casa da Wanessa, mas não tem ninguém, o carro dela não esta lá ele então senta e começa a ler um livro pequeno de Aristóteles. O tempo esta passando e ele vai almoçar ali perto mesmo, volta senta lá e coloca uma das camisetas que acabou de mandar estampar a foto da Wanessa,continua lendo. Dorme um pouco no banco! Levanta e sai um pouco via à venda e compra um par de chinelos volta para o banco e tira o tênis e coloca o chinelo. No lado de fora em frente a casa dela tem uma mesa de madeira onde alguns rapazes passam o dia lavando carros ali mesmo ele vai até esta mesma e senta. O dia já esta escurecendo! Um travesti passa e fica olhando para Fabiano, ele volta e Fabiano esta olhando para o alto, quando ele abaixa a cabeça o travesti esta bem a sua frente olha para Fabiano e fala:
            - Ai posso te conhecer? Fabiano responde:
            - pode! O travesti vem o cumprimenta e lhe beija no rosto e diz:
            - Prazer Priscila e você? Ele Responde:
            - Fabiano! O travesti diz:
            - Você é cabeleireiro?
            - Não! Diz Fabiano
            - Éhh artista?
            - Não! Diz Fabiano
            - É roqueiro?
            - Não sou. Diz Fabiano
            - Tá esperando alguém?
            - Sim estou! Diz Fabiano
            - Ahh então tá, felicidades!
            - Obrigado! Diz Fabiano, e o travesti parte! Fabiano acha engraçado e começa a rir. Já é noite agora e o carro da Wanessa chega, Fabiano vai abrir o portão, ela estaciona o pai e a mãe dela também estão no carro, eles descem do carro e Wanessa diz:
            - A gente Estava no hospital, mainha passou mal e teve que tomar soro! Fabiano diz:
            - Nossa mais o que foi? Wanessa diz:
            - A gente não sabe ainda, mas foi um susto!
             Fabiano cumprimenta dona Aurélia e depois seu Levi, eles vão até o portão do prédio e Fabiano mostra a camisa para Wanessa:
            - Olha! Conhece esta foto? Wanessa olha e diz:
            - É minha foto! Fabiano diz:
            - É a sua foto que eu mais gosto! Eu quero sempre te ver assim sorrindo mesmo numa situação como essa! Wanessa sorri enquanto isso dona Aurélia entra! Fabiano diz a Wanessa:
            - Eu só vim aqui hoje pra saber se eu posso vim no seu aniversario? Ela diz:
            - Olha me desculpa, mas eu até já avisei até meus amigos... Seu Levi interrompe e diz:
            - Vamos entrar Fabiano? Fabiano diz:
            - Não eu já vou, eu só quero pedir um favor antes de ir que eu queria encher minha garrafinha de água! Levi entra e Wanessa chama Fabiano pra sentar ali fora, e diz:
            - Senta aqui! O que é isso no seu rosto?  Fabiano responde:
            - O que é que tem no meu rosto? Wanessa fala:
            - É que tá vermelho! Fabiano diz:
            - Ahh nem te conto eu tava sentado La fora e um travesti veio e falou – posso te conhecer - e ai me beijou no rosto, só que a barba dele tava grossa! Deve ser alergia a homem!
            Eles riem e o pai da Wanessa chega com a água. Fabiano agradece e Wanessa continua a dizer:
            - então como eu ia te dizendo eu já avisei meus amigos que eu não quero receber ninguém amanhã eu quero ficar sozinha, não quero nem ouvir musica nada! (O Pai de Wanessa volta com a garrafa de água entrega pra ele e permanece o tempo todo presente) Fabiano fala:
            - Mas nem eu Nessin eu vim de tão longe e queria estar com você neste dia, eu queria poder te mostrar o meu livro, que na realidade era pra ser uma peça de teatro e acabou que eu transformei num livro por que ficou grande, eu nem imprimi ainda, eu vou mandar imprimir e eu te trago! Wanessa diz:
            - Ahh bom ai você já esta querendo me fazer mudar meus planos! Fabiano fala:
            - Em falar em planos eu vi o clipe do Frejat! Wanessa fala:
            - Então eu coloquei lá porque eu admiro a sua coragem de ter feito isso... Enquanto ela fala. ele nota um fio de cabelo que se desprende de Wanessa e ele tenta pegar e ela não deixa:
            - Olha só pelo menos um pedacinho seu eu consegui! Ao mesmo tempo Wanessa consegue evitar que ele pegue e diz: - Não me dá aqui! Fabiano Fala:
            - Olha como ela é mal seu Levi nem um fio de cabelo solto eu posso ter dela! Eles riem com a brincadeira e Wanessa diz:
            - Ai meu Deus porque eu não consigo te dizer... Fabiano diz:
            - Vai ver porque não é assim que tem que ser. Eles se olham e então Fabiano diz:
            - Bom, deixa eu ir embora e amanhã eu venho... Fabiano levanta e Wanessa diz:
            - Mas eu to querendo te dizer que não vou receber ninguém amanhã! Enquanto eles caminham em direção ao portão Fabiano diz:
            - Ohh você não precisa me receber eu só vou imprimir umas coisas que eu quero te mostrar e eu vou vim trazer, nem precisa olha na minha cara, você só abre a janela um tantinho assim e eu passo pra você ta bom! Wanessa diz:
            - Tudo bem então! Pode vim!
            Eles se despedem e Fabiano se despede do pai dela e por ultimo diz:
            - Estimo melhoras pra sua mãe, Tchau até amanhã!
            No dia seguinte ele vai até uma copiadora e imprime seu livro e ao sair da gráfica ele passa em frente à casa de material de construção e vê novamente o cartaz de vaso sanitário em promoção, ele olha o cartaz e fica pensativo, abaixa a cabeça e diz:
            - Em meio a tanta loucura que eu já fiz, por que não mais essa!
            Ele volta para pousada toma um banho e coloca a camisa do encontro face a face com Deus e o coração. Por volta de umas cinco horas da tarde, ele sai levando seu livro impresso e algumas músicas que ele ainda não terminou, mas em seu coração há o desejo de fazer estas musicas e queria saber a opinião dela sobre a forma dele escrever. Ao chegar na casa da Wanessa vê a porta aberta e ouve música tocando ao olhar para dentro ele vê dois amigos de Wanessa um rapaz calvo e uma menina morena, o rapaz ao ver Fabiano na porta já diz:
            - É esse ai o coroa?
            Seu Levi vem abrir o portão para Fabiano entrar. Ao Chegar à sala Wanessa Apresenta o seu amigo a Fabiano:
            - Fabiano este é meu amigo Hudson, Hudson este é Fabiano!
            O Hudson esta incomodado com a presença de Fabiano e Wanessa agora o apresenta para sua amiga, depois dos cumprimentos Hudson que não tira o olhar de Fabiano diz:
            - Vem cá! Que palhaçada é essa de você dizer que vem lá de São Paulo só pra ver Wanessa? Fabiano percebe a tensão com que o rapaz diz e tenta amenizar a situação:
            - Não eu não sou palhaço não! Palhaço é o russo que óhhh! Já foi embora!
            Wanessa esta sentada na cadeira no mesmo local do dia em que Fabiano foi conversar com ela e seu pai, ela esta com um vestido longo bem simples que tem estampado no fim do vestido umas zebras ela esta sentada com os dois pés em cima da cadeira e diz:
            - Como você sabe que ele já foi embora? Fabiano responde:
            - É na verdade eu ouvi alguém dizendo!
            Hudson repara no colar de coração que Fabiano esta usando e diz:
            - E este coração ai em seu pescoço tu comprou a onde? Fabiano responde:
            - Eu não comprei não! Eu ganhei em um encontro chamado Face a face com Deus! Em meio à conversa Hudson pede para ver a jóia e Fabiano a tira ele pega não mão e diz:
            - Bonita Jóia, pensei que fosse de cristal! Fabiano diz:
            - Não é de plástico mesmo! É só um símbolo, ele representa que você agora é um novo homem com o coração novo, renovado em cristo! Enquanto ele fala Wanessa pede para ver e Hudson passa pra ela e ela diz: - É bonita mesmo! Hudson pergunta para Fabiano:
            - Você é roqueiro de cristo? Fabiano responde:
            - Não é só o visual! Hudson pergunta:
            - E esse encontro que você falou fica aonde? Você é de alguma igreja? Enquanto falam Wanessa esta com a jóia na mão olhando para os dois e olhando para o coração, Fabiano responde a Hudson:
            - Não eu não sou de nenhuma igreja não! Este encontro é numa fazenda bem afastada, é pago só que uma amiga minha me deu de presente! Fabiano olha pra Wanessa e ela vai e entrega o coração para Fabiano eles se olham nos olhos e Fabiano diz:
            - Bom, eu não sabia que ia ter festa, presente, convidados, eu não trouxe nenhum presente então você quer meu coração? Wanessa sorri olhando para ele e diz:
            - Não eu não quero não! Ele significa muito pra você! Fabiano diz:
            - Não eu confio em você pra guardar meu coração! Não tem valor, só valor emocional, ele fica mais seguro com você! (enquanto fala ele coloca a jóia no pescoço de Wanessa) Você sabe que eu já tentei feri-lo uma vez, estando com você vai ficar bem mais seguro! Enquanto ele fala Wanessa abaixa a cabeça e ri, ela diz bem baixinho: - ai meu Deus o que eu faço! Ela ergue a cabeça e diz: - obrigada! Fabiano olha para mesa e não vê nada. À noite esta muito quente e ainda semi iluminada pelo Sol. Fabiano fala olhando para Hudson:
            - Nossa mais hoje esta quente né meu amigo? Hudson responde com certa hostilidade:
            - Eu não sou seu amigo, eu vim aqui pra falar com Wanessa e você não vai atrapalhar não! Fabiano responde:
            - não você pode falar com ela o que quiser que eu não estou impedindo nada! Mais tá calor né Hudson? Hudson responde:
             - Já é a segunda fez que tu diz isto! Se tá incomodado por que não vai embora? Fabiano responde:
            - To incomodado com o calor não com o ambiente! E assim como você eu também vim falar com Wanessa! Hudson responde:
            - Era só esse coração que você veio mostrar pra ela pronto já mostrou, já falou que tú ganhou lá na igreja então agora tu não quer ir se embora? Fabiano responde:
            - Não quero é beber algo refrescante? Você tem um refrigerante ai Wanessa? Ela responde:
            - Não, não tenho nada pra beber em casa eu nem queria receber ninguém! Ainda to muito chateada que meu amigo que  foi embora e eu nem pude me despedir dele! Fabiano responde:
            - É pra você ver que o cara é um palhaço mesmo! Nem pra vim aqui no seu aniversário! Hudson responde:
            - E o que tu tem haver com isso? Fabiano diz:
            - Eu nada! Só acho que se um homem gosta de uma mulher ele tem que saber mostrar isso, principalmente nos momentos mais importantes da vida desta mulher! Fabiano olha pra Wanessa que parece encantada com ele, porém não diz nada pra reter o Hudson, que novamente age com hostilidade:
            - E é por isso que você quis tá aqui hoje? Fabiano diz:
            - Bem por ai! Hudson responde:
            - E tu achas que Wanessa é burra de cair na sua conversa? Cara Wanessa já conheceu muitos homens e não é qualquer um que vem aqui cheio de lábia pra ela e vai pensando que vai sair assim dizendo pra todo mundo que pegou a musa do Brasileirão só pra se exibir, da uma de macho! Fabiano fala:
            - Agora tá mais quente ainda né Hudson, vamos comprar um refrigerante? Hudson responde:
            - É bom mesmo só assim a gente conversa lá fora!
            Já na calçada andando rumo à padaria mais próxima Hudson e Fabiano começam a discutir, Fabiano começa:
            - Cara o que há em você? Hudson nem deixa Fabiano prosseguir e diz:
            - Isso sou eu que tenho que perguntar, qual é a tua cara? Como é que você chega assim todo boy, um coroa metido que pensa que é adolescente ainda vem lá não sei de onde pra se intrometer na vida de Wanessa, qual é a tua cara, o que você tá pensando que é?
            - Eu sou só um homem que viu uma pessoa na internet e quis conhecê-la, e você já tá muito enganado a meu respeito... Hudson corta a conversa novamente e diz:
            - Quem tá enganado é tu cara! Volta lá pra tua casa pra tua filha e vai viver tua vida longe de mim e de Wanessa... Agora é Fabiano que o interrompe:
            - Hudson fica tranqüilo que no dia 30 agora eu to indo embora! Agora porque você tá agindo assim comigo e – Hudson vai falar e Fabiano o freia- perai deixa eu falar depois você diz o que você quiser, cara eu disse isto pra Wanessa e vou dizer pra você também, ninguém é obrigado a gostar de ninguém – Hudson diz: - exatamente- Fabiano continua: - então por que você tá agindo assim comigo, por que eu sou uma ameaça assim pra você?
            - Quem ameaça, você pra mim não é nada, nem ninguém, só acho você metido demais e vem se intrometer na vida dos outros assim sem mais nem menos, quem você tá pensando que é? Fabiano responde:
            - Eu sou exatamente isso que você tá falando, um nada! Só não estou entendendo por que você tem medo do nada! Hudson responde:
            - Eu medo de você, sai fora cara! Você não me ameaça não, eu sou muito mais eu que você, você é um metido enxerido que vem entrando na vida dos outros! Você se coloca em meu lugar pra ver se eu to errado em agir assim com você, eu sou amigo de Wanessa já faz 3 anos e ela nem te conhece.. Fabiano o interrompe e diz: Agora perai, olha só o que você disse e eu to me colocando em seu lugar! Hudson Tudo tem um começo e eu to aqui começando uma amizade com ela, com você – Hudson diz: Vai te cata rapaz que eu não sou seu amigo Fabiano diz: - não! Hudson faz favor Olha pra mim! Cara aonde é que você ta vendo o mal em minha pessoa me diz? Aonde é que tem algo de ruim em mim, você me diz agora e eu tiro isso de mim só pra ser seu amigo! É só você falar! Hudson responde:
            - Tá vendo como você é medito se Tu se achas bom demais rapaz... Fabiano o interrompe e diz: Eu não me acho não por que eu nem preciso me procurar, eu sei onde estou!Eu Hudson procuro sempre ser bom, e não pensa que é fácil não é a coisa mais difícil no mundo ser bom sabe por quê? Hudson diz:
            - Não, num é difícil não se tá enganado! Fabiano o interrompe e diz:
            - Não eu não, quem ta enganado e se enganando comigo é você, sabe por que é difícil ser bom? Hudson responde:
            - Fala ai que essa eu quero ouvir! Fabiano responde:
            - Por que muitas pessoas assim com você duvidam que pessoas como eu são capazes de existir, e todo dia cara eu tenho que lutar com isso por que acima de tudo eu tenho Deus em meu coração enquanto as pessoas dizem isso, mas não faz a menor idéia de como é duro ter Deus no coração e ter que enfrentar um mundo que tem medo da própria vontade de Deus que é ter seus filhos bons neste mundo e ai todos dizem que Deus é bom, que é filho de Deus mas ninguém cara quer ser tão bom como um verdadeiro filho de Deus! Hudson se vira começa a achar graça e diz:
            - Tá bom cara, agora você é o que pastor de igreja, bispo, padre? Fabiano se vira põe a mão no ombro de Hudson e diz:
            - Não cara! Eu sou só um cara intrometido que quer ser bom até pra você!
            Os dois sorriem neste momento e eles continuam andando! Na padaria Fabiano compra dois refrigerantes e uma torta vermelha eles pegam aquelas vela palito que ascende e apaga. Ao voltarem Fabiano esta com a torta na mão e Hudson esta com os refrigerantes enquanto caminha Hudson esta falando ao celular e logo desliga o aparelho, e Fabiano começa a falar:
            - oh que tal a gente fazer uma surpresa pra ela, você entra com os refrigerantes fala que eu fiquei pra trás ai você vai até a cozinha e abre à porta dos fundos eu entro e a gente deixa o bolo lá! Ai eu dou a volta e a gente não fala nada, depois a gente põe o bolo na mesa e quando ela virar a gente fala surpresa! Não é legal! Hudson diz:
            - Ai depois tu faz um favor, tu vai-te embora que eu quero falar com ela! Fabiano diz:
            - Tá Hudson eu vou embora dia 30 e ai você vai ter a Wanessa todinha só pra você, só vamos deixar essas diferenças de lado e vamos fazer ela feliz hoje tá certo! Hudson diz:
            - E que felicidade tu tem pra dar pra ela? Fabiano responde:
            - Tá Hudson, eu dei meu coração mais você mesmo viu, pegou na mão, aquilo não vale nada pra você e pelo jeito nem pra ela, mas é só o que eu tenho por enquanto! Hudson diz:
            - Tu acha que vai ganhar Wanessa com essa palhaçada que tu falou pra ela! Fabiano diz:
            - Hudson e tu achas que vai agradar ela me agredindo o tempo todo! Hudson diz:
            - Aonde é que eu te agredi me diz? Me diz? Fabiano leva a mão no peito e diz:
            - Aqui cara! Você já me agrediu muito pra alguém que até agora não te deu nenhum motivo pra isto! Hudson responde:
            - E nem ouse me dar um motivo se quer que você nem imagina o que eu sou capaz de fazer! Fabiano diz:
            - Tá Hudson, agora deixa de imaginar e vamos pelo menos tentar fazer ela feliz hoje, juntos a gente é capaz, sozinho todo mundo é como eu! Hudson diz:
            - Ahh tá, tu vai me dizer que sozinho tu é melhor que eu pra ela? Fabiano responde:
            - Não só estou concordando com você, sozinho eu sou mesmo um nada!  
Eles chegam ao portão e Fabiano diz para Hudson:
            - Vamos fazer o combinado! Eles entram e Fabiano da à volta para entrar pela outra porta enquanto Hudson entra pela frente. Fabiano fica aguardando, mas Hudson não faz o combinado, Fabiano procura um lugar pra deixar a torta ele encontra um cantinho e vai pela frente, na varanda ele olha para dentro da casa e Hudson esta segurando Wanessa pela cintura, Fabiano vê a sena e Wanessa vê Fabiano no portão ela diz pra Hudson que Fabiano esta ali ele vira a cabeça e fala:
            - Tu não disse que ia embora sua praga! Fabiano fica sem jeito na hora, mas rapidamente tenta sorrir e diz:
            - ahh desculpa! Mudei de idéia! Você não disse que ia deixar a porta aberta Hudson, por que trancou o portão! Hudson responde:
            - Eu não falei nada disso não! Você que falou que ia embora! Fabiano diz:
            - E como é que eu ia embora e deixar minha bolsa ai! Hudson então pega a bolsa de Fabiano vem até o portão chega bem perto de Fabiano e diz:
            - Você vai-te embora cara se não eu vou quebrar essa sua cara falsa! Fabiano diz:
            - É e ai eu como o bolo sozinho! Tem graça isso! Abre lá a porta da cozinha e deixa eu dar o bolo pra ela! Hudson fala:
            - Eu vou abrir pra pegar o bolo mais depois tu vais embora cara! Fabiano esta arrasado em passar por esta situação ele olha pra dentro e vê que Wanessa não faz nada ele não pega a bolsa da mão de Hudson e dá à volta, Hudson deixa a bolsa na cadeira da área e vai abrir a porta da cozinha, na cena seguinte eles estão no portão da entrada da cozinha e Hudson abre o portão e pega a torta e diz pra Fabiano:
            - Agora vai - ti embora seu praga! Fabiano o interrompe e diz:
            - Mas o que eu fiz pra você agir assim comigo? Hudson responde:
            - Eu quero que tu suma daqui de vez seu praga! Fabiano fica sem saber o que fazer. Ele fica sem saber como agir vai até o portão muito entristecido e seus olhos saem lagrimas e esta para sair lembra-se da bolsa, enxuga as lagrimas e volta, pega a bolsa e Hudson volta a agredi-lo, Fabiano então vai até o portão novamente abre e diz:
            - Não eu não vou deixar isso acontecer! Volta até a varanda e Hudson diz:
            - Você é loco cara, fala que vai embora e não sai daí! Fabiano diz:
            - Eu não falei que vou embora, você que tá falando pra eu ir embora, mas eu quero saber da Wanessa, você quer que eu vá embora? Ela olha para o pai dela e diz:
            - Vai lá abrir o portão pra ele pai!
            Fabiano entra, mas perdeu totalmente a vontade de estar ali! Outro amigo chega elas conversam, cantam parabéns,mas Fabiano não se sente bem em estar ali, ao final se despedem e ele vai para pousada. Na manhã seguinte ele sai de sunga pra tomar um banho de mar, ao se aproximar das pedras olhando para o horizonte, ele se lembra da musica e começa a cantar:
            - Se vou subir nas pedras sei que faço isso pra esquecer eu deixo a onda me acertar e o vento vai levando tudo embora, agora esta tão longe vê que a linha do horizonte me distrai, dos nossos planos é que tenho mais saudades... Ele para de cantar e começa a chorar!!! Depois de almoçar ele esta muito triste, era pra ser um dia feliz ele só queria estar ali, imaginou que poderia ser um bom momento em sua vida algo para recordar, mas foi só mácula que ele conseguiu. Mais tarde na frente da pousada ele esta encostado em uma mesa de cabeça baixa braços e pernas cruzados e o Roberto dono da pousada se aproxima, diz:
            - As coisas parecem que não saíram como você esperava! Fabiano responde:
            - Eu nem esperava muito, só que pelo menos houvesse respeito! Roberto diz:
            - Olha! Posso te dizer uma coisa? Responde Fabiano: - pode claro! Roberto diz: - Às vezes a gente é tão bom pras pessoas que elas se assustam e deixam o que é bom, e se isso não acontece elas se afastam! Fabiano diz:
            - E se a gente insistir em ser bom o que acontece? Roberto Diz:
            - A gente vai continuar assustando as pessoas, até que um dia elas vão ver que só perderam tempo sentindo medo! Fabiano diz:
            - Será que a gente ta fazendo errado se intrometendo na vida de uma pessoa com uma bondade que ela não quer? Roberto responde:
            - Quem não quer o que é bom é por que não sabe o que quer!
            Fabiano vai até a praia novamente, passa a mão no rosto, ergue os braços com as duas mãos juntas e diz: - ohh meu Deus o que é que eu faço!!!  
            No dia seguinte ele decide ir novamente a até a casa dela, o carro dela não esta na garagem. Ele passa o tempo lendo até que um caminhão chega e alguém desce para entregar, Fabiano fecha o livro e diz:
            - Não acredito que fizeram isto!
            Vai até o entregador e já estão tirando o vaso sanitário e alguns assessórios para fora pela porta lateral do caminhão! Fabiano se aproxima e diz:
            - Cara! Eu falei pro gerente que era pra entregar só segunda-feira, por que tão trazendo isto agora? O entregador responde:
            - O gerente falou pra te pedir desculpas, mas é que bateram a frente do caminhão e vai pra oficina e não sabe quando é que o caminhão volta! Quer receber agora?
            - Claro que não! O entregador diz:
            - mais ele tá pedindo desculpa! Fabiano responde:
            - É claro! Sim vai me entrega!
            Ele não sabe o que fazer pois sua intenção era que entregassem o vazo depois dele partir! Dar um vazo sanitário de presente é algo muito estranho e por isso ele não queria que fosse entregue enquanto estivesse na cidade, pouco tempo depois ele vê o carro chegando ele abre o portão e Wanessa coloca o carro na garagem, Fabiano fecha o portão e se dirige do lado do motorista, Wanessa  desse do Carro e diz:
            - Oi tudo bom! Por que você não veio ontem? Fabiano responde:
            - É que eu fiquei muito – oi seu Levi, dona Aurélia! Então eu fiquei chateado com seu amigo... Wanessa o interrompe e diz:
            - Então eu até queria te pedir desculpas e agradecer pela torta! Fabiano diz:
            - Torta! Não era bolo?
            Wanessa: - Não era torta! Então aquele meu amigo ele é meio problemático e era meu aniversario então eu não quis entrar em discussão pra não gerar mais confusão, minha vida tá assim.. como posso dizer... oh só pra você ter uma idéia a gente foi visitar uma amiga nossa no hospital e eu to assim muito abatida com tudo isso como eu te falei, infelizmente tá tendo muita confusão na minha vida agora! Fabiano diz:
            - E eu vim fazer mais uma né!
            Wanessa: - Não você não fez confusão nenhuma...
            Fabiano: - fim sim!
            O pai de Wanessa vem e diz: - Fabiano de quem é aquela peça de louça de Banheiro na minha porta, quem deixou ali?
            Fabiano ainda de frente pra Wanessa responde; - Não falei! Agora ele se vira e diz: - foi eu seu Levi é que eu comprei só que era pra entregar segunda feira, mais ai teve um acidente com o caminhão e tiveram que entregar agora!
             Levi: - Termina ai de conversar com Wanessa que eu quero falar com você!
             Fabiano diz: - Então! Eu queria saber se você já viu o DVD do segredo e eu só queria antes de ir embora...
             Wanessa: Ahh quero te pedir desculpas novamente é que domingo os meus amigos vão vim aqui e eu vou ter que ir ao estádio com eles e lá onde eu vou ficar é área vip e eu não posso convidar mais ninguém por que os lugares já estão todos marcados...
            Fabiano: - E sábado o que é que você vai fazer?
            Wanessa: - Eu vou receber uns amigos na parte da manhã e o Hudson você sabe né!
            Fabiano: entendi!
            Wanessa: - Vem a tarde, eu até queria ver este vídeo com você, já que insisti tanto!
            Fabiano: - E se eu der um jeito?
            Wanessa: - como assim?
            Fabiano: Ahh eu me viro! Peço um aparelho de DVD emprestado lá na pousada...  
            Wanessa: -É difícil alguém emprestar assim!
            O pai de Wanessa esta atrás dos dois e esta um tanto impaciente querendo falar com Fabiano. Wanessa olha para o pai dela e diz:
            -Acho que eu vou ver o que é que você comprou enquanto painho fala com você!
            Ela entra no prédio e seu Levi e Fabiano sentão no banco do lado de fora e seu Levi começa a falar:
            - Olha eu quero agradecer a sua boa vontade, mas você não devia ter feito isso!
             Fabiano: - Eu sei seu Levi to sendo xereta até demais, só que era pra entregar na segunda feira depois que eu fosse embora...
            Levi: - Não é esse o problema!
            Wanessa volta até o portão e esta rindo olha para os dois e acena e volta pra dentro enquanto ambos estão olhando para ela e Levi continua:
            - É que você tá gastando muito com tudo isso...
            Fabiano diz: - Seu Levi a gente trabalha é pra ser feliz e eu to fazendo isso é pra eu me sentir feliz também, eu quero ajudar de alguma forma...
            Levi o interrompe e diz:- Olha perai que eu vou te explicar! A gente não tá numa situação muito boa e o vaso tá daquele jeito porque vai mudar todo encanamento do prédio e não vai ser mais daquele sistema de válvula, vai ser daquele sistema de Caixinha e é por isso que eu to deixando assim por que se eu arrumar agora daqui uns dois meses eu vou ter que mudar de novo e vai ser outro gasto, se tá entendendo?
            Fabiano:- Ahh sei! Entendi! Mas a gente vai amanhã à loja e troca então!
            Levi: -Não olha fica tranqüilo que eu não quero que você gaste mais nada, Foi bacana você ter ido lá comprar a torta pra Wanessa, mas você precisa usar seu dinheiro pra você e sua filha, pra cuidar da sua vida...
            Fabiano: - Seu Levi eu to me intrometendo demais na vida de vocês, mas eu só quero fazer o que o meu coração ta pedindo pra fazer! Puxa não é possível que dentro de mim eu esteja me enganando assim! Eu sei que eu sou um ninguém um pé rapado como dizem lá no interior, mas a sua filha e vocês merecem ser felizes, poxa quantas vezes a gente fala assim: - ai meu Deus me ajuda, faz isso por mim Poe um anjo do senhor no meu caminho e ai quem que você espera que apareça? -Um duende, um gnomo, uma fada! Não! Não acontece nada disso por que essas coisas não existem! Então Deus toca no coração da gente pra que você faça! E quando você obedece é isso que acontece!
            Levi: - eu não to dizendo que você não esta sendo bom, e que eu não quero, mas você tem é que cuidar da sua vida!!!
            Fabiano: - eu não sei pensar só em mim seu Levi por que quando eu faço isso, a minha vontade é de morrer, eu quero alguém no meu coração e me perdoa dizer, mas quem tá ocupando esta vaga agora é sua filha e eu to aqui pra que alguma coisa aconteça...
            Levi tenta interrompe-lo, mas Fabiano diz: - deixa eu só explicar mais uma coisa seu Levi, eu já salvei a vida de cinco pessoas assim, sabe eu senti que devia fazer algo abaixei a cabeça e obedeci e eu salvei a vida de cinco pessoas dessa maneira, mas olha só o que eu fiz, eu salvei a vida dos outros e pouco me importo com a minha porque aqui dentro mesmo morando na terceira maior cidade do mundo mesmo tendo minha filha, eu me sinto a pessoa mais sozinha no mundo, poxa será que eu não posso escolher alguém pra eu amar?
            - pouco importa se ela vai gostar de mim como homem, como amigo, o que eu quero é fazer isto eu quero mesmo é me importar sim com tudo e com todos eu cansei de ter medo disso de querer morrer pra fugir disso! Agora eu quero é enfrentar o mundo e seja quem for pra ser quem eu sou, e eu sou assim, se o mundo nunca viu alguém assim, se ninguém consegue me entender, azar deles porque eu desisto de ser igual a qualquer um, tem Sete bilhões de pessoas neste mundo e eu não vou fingir que não me importo e seguir a multidão eu me importo sim eu quero ser assim e azar é de quem não me entender por que eu sou diferente e sei que sua filha é uma pessoa especial e eu não tenho ninguém neste mundo que eu posso confiar, se eu sinto que alguém tem que fazer alguma coisa por ela este alguém tem de ser eu mesmo! Como eu já disse: - duende, fada gnomo não existem, mas se Deus pode me fazer anjo eu aceito e to aqui! Eu até voei pra chegar aqui!
            Seu Levi ri levemente e fala:- Tá certo Fabiano!
            Fabiano:- Então amanhã eu passo aqui pra gente ir trocar?
            Levi: - Pode ser!
            Depois dessa conversa Fabiano se sente melhor e ao sair de lá ele vai até o Shopping, em uma loja ele vê um DVD com karaokê! Depois de comprar o aparelho ele vai até a papelaria e lá dentro tem um tubo com papeis de presentes enrolados, Fabiano olha os papeis e todos que estão ali são de figuras infantis, desenhos até que ele encontra um papel de embrulho escrito Love- Love-Love... ele decide comprar este papel e ali mesmo faz o embrulho. Na manhã seguinte ele vai a casa dela com a sacola do DVD e a sua bolsa, o chapéu, ele bate na janela do quarto de Wanessa ela então grita:
            - Para com essa onda painho!
            Fabiano age como quem achou graça, mas fez um arte. Ele senta ali fora e aguarda eles se levantarem até que o Hudson aparece no portão e ao ver Fabiano já diz:
            - O que é que tu ta fazendo ai? Vai-te embora seu praga!
            Ele entra nervoso como quem vai agredir Fabiano e começa dizendo:
            - Olha aqui Wanessa marcou de falar comigo e eu não quero nem ver sua cara vai-te embora agora faz favor se não eu vou te arrebentar sua cara!
            Fabiano: - pode deixar que eu não vou atrapalhar você não!
            Hudson: - não quero saber e não fala comigo vai-te embora suma daqui, vai cara agora!
            Fabiano: - Poxa pra que isso! Eu só vou resolver um problema com o pai dela!
            Hudson: - Problema aqui tá bem na minha frente! Vai-te embora faz favor e você não tem que falar nada com ninguém!
            Fabiano: - Olha aqui! A Wanessa não é propriedade sua aqui não é sua casa e não é você que tem que vai me expulsar daqui!
            Hudson: - Não vou é! Ele pega o telefone e diz: eu vou chamar meu irmão e ele vai te arrebentar sua cara! Você não quer ir então agora fique ai! Alo...
             Enquanto ele fala ao telefone Levi grita La de dentro:
            - Vai embora você Hudson que o rapaz não te fez nada!
            A mãe de Wanessa também grita dizendo:
            - Deixa ele ai Hudson e te acalma meu filho!
            Hudson desliga o telefone e diz:
            - ahh é assim vocês preferem ele do que eu!
            Fabiano olha pra Hudson e diz:
            - Hudson! Por favor! Eu não fiz nada contra você!
            Hudson: - Cala a boca!
            Fabiano: - Ohh Deixa só falar uma coisa pra você e ai eu vou embora, por favor, se acalma senta aqui e só ouve isto que eu vou embora!
Hudson senta ao lado de Fabiano e Fabiano começa a dizer:
            - amanhã é o meu ultimo dia aqui e eu não quero ir embora sendo inimigo de ninguém...
            Hudson: - mas quem te falou que eu quero ser seu amigo, que Wanessa quer sua amizade!         Fabiano: - você tá certo! Ninguém falou nada...
            Enquanto fala a mãe de Wanessa grita La de dentro:
            - Hudson eu já falei pra sua mãe e ela pediu pra você ir pra casa!
             Hudson levanta e começa a gritar com Fabiano:
            - Tá vendo o que você fez! Ele se levanta e sai andando: Eu vou chamar meu irmão e você vai ver só – ao sair no portão ele diz: - seu babaca!
            Fabiano recebe uma mensagem no telefone! Ele pega o aparelho e olha, é uma mensagem da Wanessa dizendo – Não era pra você estar aqui! Ele se entristece, as lagrimas correm no rosto ele então pega uma caneta e um caderno e escreve: - isto é para você treinar! Arranca o pedaço da folha que escreveu coloca no pacote do DVD e coloca na cadeira da varandinha e vai embora!Ao passar em frente a uma lanchonete um grupo de jovens estão tomando cerveja e conversando ao lado do carro e o som do carro esta ligado e tocando alto a musica metal contra as nuvens e enquanto Fabiano passa por eles o trecho da musica que toca é:

Quase acreditei na sua promessa
E o que vejo é fome e destruição
Perdi a minha sela e a minha espada
Perdi o meu castelo e minha princesa.
Quase acreditei, quase acreditei
E, por honra, se existir verdade
Existem os tolos e existe o ladrão
E há quem se alimente do que é roubo
Mas vou guardar o meu tesouro
Caso você esteja mentindo.
Olha o sopro do dragão...

É a verdade o que assombra
O descaso que condena,
A estupidez, o que destrói
Eu vejo tudo que se foi
E o que não existe mais
Tenho os sentidos já dormentes,
O corpo quer, a alma entende.
Esta é a terra-de-ninguém
Sei que devo resistir
Eu quero a espada em minhas mãos.
Eu sou metal, raio, relâmpago e trovão
Eu sou metal, eu sou o ouro em seu brasão
Eu sou metal, me sabe o sopro do dragão.
Em sua mente ele continua ouvindo o restante da musica
Não me entrego sem lutar
Tenho, ainda, coração
Não aprendi a me render
Que caia o inimigo então.
Tudo passa, tudo passará...
E nossa história não estará pelo avesso
Assim, sem final feliz.
Teremos coisas bonitas pra contar.
E até lá, vamos viver
Temos muito ainda por fazer
Não olhe pra trás
Apenas começamos.
O mundo começa agora
Apenas começamos.

            No dia seguinte Fabiano sai com a mala entra na outra porta da pousada, o bar ao lado da pousada esta tocando a musica Será de Legião urbana! Fabiano entrega as chaves acerta a sua conta e se despede do Roberto. Pela ultima vez ele vai a casa dela e não bate palmas espera ver se alguém aparece, fica sentado lendo o seu livro e o pai de Wanessa aparece com um porte de arroz doce, cumprimenta Fabiano e senta ao seu lado e diz:
            - Você chegou tarde ela já foi assistir ao jogo!
            Fabiano: - Eu sei! Eu só vim mesmo é me despedir! Eu gostei muito de te conhecer e quero pedir desculpas por tudo isso que eu aprontei...
            Levi: - Você não fez nada de errado o Hudson é que foi...
            Fabiano o interrompe e diz:- Não olha ele não tem nada há ver, ele tá até certo a Wanessa nunca quis me conhecer eu é que to errado de ter feito tudo isso, eu fui querer ser bom e acabei sendo mesmo é um bobão! Meu vôo sai amanha cedo e eu vou passar a noite na praia acampado, eu vou aproveitar pra pensar em tudo que aconteceu e o pior é que eu vim cheio de esperança que algo de bom acontecesse tanto pra mim quanto pra vocês e por fim nada aconteceu!
            Levi diz: - Acho que você tá enganado!
            Fabiano: - Acho que eu é que sou um grande engano do Universo! Não era nem pra eu existir!
            Levi: - Quando você parar de falar isso ai você vai começar a ter tudo que merece!
            Eles se falam mais um pouco até que Fabiano se despede de Levi no portão. Ele vai até a praia e escolhe um lugar gramado para montar sua barraca. Depois de montada e ele vai caminhar um pouco, já esta anoitecendo e um grupo de pessoas acampa ao seu lado tocando violão. Na manhã seguinte ele começa a desmontar a barraca. Já no aeroporto embarca pela empresa Avianca! Chegando em São Paulo é recebido por sua mãe e sua filha. Ao chegar em casa já no seu quarto ele liga seu computador  entra no FaceBook e vê o recado de Wanessa ela esta on line e os dois começam a falar primeiro ela escreve:
W- Oi obrigado pelo DVD por essa eu não esperava
F- Você gostou?
W- gostei, mas você não devia ter vindo de manhã eu te avisei que o Hudson viria aqui e você viu como ele é!
F- Caramba! Eu nem lembrei disso! Foi por isso que você disse que eu não devia ter ido ai?
W- sim eu falei pra você que eu tinha combinado com meus amigos que ia ter um encontro entre nós e que o Hudson ia estar aqui lembra?
F- Sinceramente não lembrei desse detalhe!
W- então você se enganou!
F- Quando eu vi a mensagem entendi que você queria que eu fosse embora!
W- Não foi isso! Mas sim que você não devia ter vindo aquela hora!
F- Puxa que trapalhada!
W- Foi mesmo!
F- Mas você vai continuar tendo contato comigo!
W- Olha como eu te falei quem escolhe é o coração, e eu não tenho este sentimento que você tem por mim
F - bom eu não fui ai pra voltar casado com você, mas eu queria só o direito de ter sua atenção!
W- olha eu to muito chateada com um monte de coisas que vem acontecendo em minha vida e eu não vou poder te dar a atenção!
F- se eu conseguir mostrar ser o portador da sua felicidade será que consigo sua atenção?
W- Para de sonhar. Eu vou viver a realidade!
F- e eu só quero realizar os sonhos!
W- olha eu tenho de sair depois a gente se fala
F -Ok tchau
W- Tchau beijos!

            Dias depois ele vai ao consultório do seu analista e relata:
            - E esta foi a ultima vez que falei com ela! Isto já tem uma semana. Ela nunca me ligou! As pessoas que me prometeram serviço arrumaram outras pessoas e eu to cheio de dividas, não me pagaram ainda... Fabiano fica em silêncio e o doutor Alam diz:
            - E o que você espera de tudo isso que te aconteceu? Fabiano responde:
            - Nada!
           
            São Paulo
            25 de maio de 2012
           
            Fabiano esta dormindo em seu quarto quando o telefone toca, ele atende:
            - Alô! Poxa até que enfim!
            Ele se arruma com a camiseta da foto da Wanessa e pronto pra sair, na sala e sua filha o abraça, ele fala pra sua mãe que esta na maquina de costura:
            - To indo receber do cara de pau lá!
            Sua mãe diz: - Foi ele que ligou!Ele vai pagar tudo?
            Fabiano responde:  - Não disse que só vai pagar 440 e em cheque pra piorar!

            Depois de receber o cheque Fabiano vai no banco Bradesco pra depositá-lo, ao sair recebe uma ligação e fala com sua mãe:
            - Oi mãe! Não eu já depositei o cheque é mais seguro! Não tudo bem segunda feira eu pago isso! Melhor! É eu sei! Tá mãe! Tá tchau!
            Ele caminha de cabeça baixa quando duas motos param pouco a frente três caras descem da moto e sem tirar o capacete um deles armado anuncia:
            - Perdeu, perdeu, passa a carteira!
            Fabiano nem se da conta e diz:
            - Que sai da minha frente! Ao ver a arma Fabiano com a mão esquerda segura a arma no peito do bandido e com a direita ele segura no capacete e joga o cara em direção a rua o segundo tenta puxar a carteira do bolso de Fabiano e o terceiro tenta lhe dar uma gravata vindo por trás, mas ao ver a reação de Fabiano e seu punho fechado ele desiste da ação enquanto Fabiano acerta o que esta tentando lhe tirar a carteira no estomago e o seu segundo soco acerta o pescoço do bandido, os três correm para as motos e o que esta armado aponta para Fabiano então Fabiano grita:
            - Atira vagabundo, atira logo miserável! O Bandido atira!!! O som de tiro faz todos correrem e Fabiano tenta encontrar a bala no corpo enquanto eles fogem sem levar nada! Fabiano se da conta que não levou tiro nenhum, só sua camiseta ficou rasgada no ombro rente a costura e seu punho e o braço direito esta dolorido! Ele repara que o povo da rua todos se esconderam e sai andando, arruma o cabelo e pega o celular e liga para sua mãe:
            - Mãe tá tudo bem comigo tá! Nada não tentaram me roubar! Não, não levaram só um susto que eu dei neles e acho que machuquei o meu braço! Não mãe eu não reagi não é que um deles escorregou e caiu com o estomago bem no meu braço! É mãe já viu bandido roubar sem arma! Não mais acho que era de brinquedo! Como eu sei! Éhh que não saiu bala! Wé não saiu! É mãe pra sair tem que atirar, mas não saiu! Tá mãe depois eu falo é que eu acho que vou ao médico ver meu braço e não se preocupa não tá! Tchau beijo! Qualquer coisa eu ligo!
            Fabiano vai à farmácia e compra aquelas ataduras e já sai com uma no punho!
            Em casa e ao chegar a sua mãe o recebe com um abraço e pergunta aonde ele o machucou então mostra o braço direito. Ao ir dormir ele coloca uma cinta para epicondilite em seu braço direito e outro de outra no punho deita em sua cama.

            Sexta feira 08 de junho de 2012
           
             As 11:45 Fabiano esta na cama ainda e sua irmã helena bate na porta e ele diz: - pode entrar! Ela entra, ele ainda esta com as ataduras, com a barba por fazer e sua irmã começa a falar:
            - Você não vai trabalhar não é?
            Fabiano: - Não helena! To esperando cair do céu!
            Helena: - Você precisa é criar vergonha na cara! Fica ai dando uma de coitadinho que machucou o braço e queria levar um tiro, Você só sabe dormir...
            Fabiano grita com ela: - Sai daqui e me deixa em paz vai!
             Ela responde: - Eu não vou sair não que eu e a mãe não vamos ficar olhando você se acabar por causa daquela mulher que não ta nem ai pra você! sai da cama, não tá nem ai pra vida... Eu to falando da mãe da sua filha!
            Fabiano grita: - Para de falar pela amor de Deus para! Sai daqui sai daqui, sai sai...
            Ela continua falando com ele:
            - Você sabe que eu passei por isso também!
            - Eu sei como é você precisa reagir! Se não reagir ninguém vai poder te ajudar!
             Fabiano entra no quarto e começa a chorar ele se tranca lá e fica chorando! Depois de um tempo ele pega a balestra que esta pendurada na parede com sua mão direita e abre a gaveta e pega uma flecha com a mão esquerda, enquanto esta executando a ação ele grita: - Chega! Chega, agora chegaaaa! Ao puxar com a mão esquerda a alavanca por seu punho direito estar machucado ele acaba entortando a alavanca e não consegue armar ele coloca a alavanca de prender em seu pé e não consegue armar ele fica olhando para a arma em estado de desespero tentando imaginar o que fazer quando sua filha bate na porta e diz: - Pai deixa eu entrar!
            Fabiano responde chorando: - espera um pouco filha!
            Ele tenta desamassar e não consegue sua filha fala: - Pai!
            Ele diz: - o que é!
            Ela fala chorando: Deixa eu ficar com você pai!
            Ele coloca a balestra embaixo da cama e diz: - pode entrar!
            Ela entra e abraça o pai, eles se emocionam muito e Fabiano senta, ela senta em suas pernas e ele diz: - Ouviu o que sua tia disse?
            Ela responde: - ouvi!
            Ele diz: O pior que ela tem razão!
            Ela responde: - ela só quer ter razão igual à mãe!
            Fabiano responde: - E eu sou mesmo um fracassado como as duas falam!
            Mariane fala: - pai lembra do segredo?
            Fabiano: - O que é que tem o segredo?
            Mariane responde: - Pensando que pode ou que não pode você sempre tem razão!
            Fabiano se vê surpreso e Mariane continua: - é a razão delas e não a sua!... Esquece elas! Eu te amo muito pai!
            Ele diz: Também amo muito você bebê!
            Mariane diz: - E você me leva até a van!
            Fabiano responde: - Tá eu levo!
            Ela da um abraço nele o beija no rosto e diz:
            - Ti amo muito e você é meu pai – Ela levanta e antes de sair do quarto diz: - E eu ainda quero outra mãe e quero o meu irmãozinho! E sai do quarto.
            Fabiano permanece de cabeça baixa fecha a porta do quarto, volta sentar e pega a balestra e fica olhando pra ela.
            Alguns dias depois Fabiano esta no sofá com sua filha vendo TV quando sua mãe e sua irmã chegam, a sua irmã vai para o quarto dela e sua mãe vêm direto falar com ele e diz:
            - Filho! Você nem imagina o que aconteceu! Fabiano só olha para ela, mas não diz nada!
            - No inicio do culto o ancião Recebeu um papel e anunciou que quem quisesse trabalhar de eletricista pra falar com ele no final do culto.
            Fabiano vai ao endereço que sua mãe conseguiu no Shopping Aricanduva na entrada de serviço das lojas Renner ele se encontra com o rapaz que fez o pedido na igreja:
            - bom dia! Prazer eu sou Marcos e você Fabiano, você é o filho da irmãzinha Elizabete?
            Fabiano responde:- Sim sou eu!
            Marcos: - Você é batizado na graça também ou só sua mãe?
            Fabiano: - Não só ela.
            Marcos: - Bem vem aqui que eu vou te mostrar como é o serviço e quero ver se você tem experiência mesmo...
            Naquele mesmo dia ele começa a trabalhar Marcos o apresenta aos outros funcionários, mostra o serviço que é realizado.
              No dia 20 de junho de 2012 eles já estão em outro ponto da loja e Fabiano ainda esta com o curativo no punho. Um funcionário novo entra, eles são apresentados, Ao ir almoçar o funcionário que entrou agora senta junto com Fabiano em um bar que eles costumam a freqüentar e quando ele esta tirando a empunhadeira e o funcionário novo pergunta para Fabiano:
            - Machucou o punho no trampo?
            Fabiano: - Não foi numa tentativa de assalto.
            Outro funcionário diz: - Este bicho é tão doido que o cara atirou nele e quando a bala viu voltou pro cano!
            Eles dão risada e o rapaz continua: Até a bala tem medo dele!
            Riem mais um pouco agora de leve e o funcionário novo fala.
            - Verdade isso? Fabiano acena com a cabeça. O funcionário novo fala então:
            - Você acredita em Deus! Fabiano acena com a cabeça e o rapaz continua:
            - Então Deus tem um propósito na sua vida. Você já viu falar aquela frase: - Quem salva uma vida salva um mundo inteiro!
            Fabiano diz: - É do filme a lista de Schindler.
            O rapaz novo continua:
            - Então Deus te deu uma vida pra que você tenha um mundo inteiro pela frente. Deus entra no coração da gente e fala com a gente sabia disso?
Fabiano: - Você falou ai de salva, vida, Deus fala no coração e tudo mais! Eu já salvei cinco vidas em diferentes momentos da minha vida! E é bem loco quando isso acontece!
            Outro rapaz comenta no meio da conversa:
            - Lá vai cabelo contar que salvou a vida da menininha na multidão!
            Outro rapaz diz:
            - Conta ai cabelo que eu gosto da parte da porra!
            Todos riem um pouco e depois o silêncio ai eles param de comer e ficam olhando para Fabiano, então Fabiano termina de mastigar, alguém diz: - conta ai- e ele começa a contar:
            - Eu trabalhava de vendedor no centro de são Paulo há muitos anos atrás e ia ter um show de inauguração do vale do Anhangabaú, as lojas fecharam e o pessoal da loja me chamou pra ir... ia ser uma dessas cantoras de ochent miusic, eu não gosto e então fui para o ponto de ônibus pra ir pra casa, só que eu senti uma tristeza tão grande o peito que eu comecei a falar pra mim que alguma coisa tava errada, era pra mim tá fazendo outra coisa e não entrando no ônibus a fila começou a andar e eu tava quase chorando de tanta tristeza, na hora que eu coloquei o primeiro pé no ônibus eu desisti e sai da fila e então eu falei pra mim mesmo: Vai coração me mostra aonde é que eu tenho que ficar ai eu fui até o show e comecei a entrar no meio da multidão pra ver o show e era um tumulto enorme, as pessoas se empurrando e eu comecei a pensar que eu não ia achar ninguém dos meu amigos da loja ai no meio da multidão lá no canto esquerdo do palco apareceu um bando de panks e o povo se assustou e começou o empurra-empurra e eu falava assim calma gente não é nada, calma gente, e alguém começou a gritar tiro – ohh o tiro e o pânico pegou geral, eu olhei pra trás e tinha uma senhora com uma menininha de uns 4 ou cinco anos e no que eu olhei eu vi certinho a multidão derrubando a criança e passando em cima dela na hora que eu vi aquilo eu gritei: - TEM CRIANÇA AQUI  PORRAAA!
            Alguém então comenta: - esta parte que eu gosto!
            Fabiano continua: - no que eu falei isso parece que todo mundo acordou do transe e ai abriu uma clareira no meio do tumulto e ficou só eu a mulher e a criança ali, ai eu gritava com o povo pra sair da frente e ficou um corredor assim na minha frente e eu tirei a mulher e a criança de lá. Então quando elas estavam fora de perigo à mulher falou assim pra mim: - o moço fica calmo que o sangue de Jesus tem poder- eu olhei pra mulher e quase que eu falei pra ela: - Senhora a senhora não acha que foi Jesus que colocou no meu coração pra fazer isso! Mas eu olhei pra menina e os olhos dela cheio de lagrimas falaram comigo e eu vi a gratidão da criança e fiquei quieto! Então é isso!
            Os outros amigos já haviam ouvido esta história de Fabiano, mas este fucionario novo depois do almoço comenta com ele:
            - Você devia escrever estas histórias suas!
            Fabiano diz: - Eu tenho um livro escrito! Só não tenho é dinheiro para publicar, tenho musicas, tenho idéias de filmes, e to aqui tendo que buscar o pão de cada dia! E eu não faço a menor idéia do que fazer com tudo isso dentro de mim!
            O rapaz fala então: - Se você tem sonhos e fica em conflito entre os sonhos ou a realidade mergulha nos sonhos de vez ou esquece e vive a realidade!
            Fabiano ao voltar para casa fica pensando em tudo que falou! Já no seu quarto ele e liga o computador, olha o FaceBook e vê a foto da Wanessa entre seus amigos decide entrar na pagina dela e vê uma foto de um prato de comida e Wanessa diz na foto – Este prato foi eu mesma que fiz o arroz o frango... Alguém comenta: - Nossa você já pode casar. Ela então diz: - Casar eu não eu sou muito nova pra isso tenho mais que aproveitar a vida!
            Fabiano se vê inconformado com o que ela fala e decide enviar um recado pra Wanessa:
            - Eu não entendo você! Afinal de contas o que você quer na sua vida, você quer isso... Ele começa procurar no youtube e acha aquela musica: Ti amo pra sempre do Kid abelha e coloca – Depois ele escreve ou isso- E coloca o filme em Algum lugar do passado! Neste momento Fabiano se toca que viveu com ela algumas cenas do filme. Ele fica triste neste momento e se deita. Seus últimos pensamentos antes de dormir o faz voar na imaginação... Ele começa pensando: - O que pode acontecer... o que eu faço pra te ter... como isto pode dar certo... será que eu consigo... se eu fizer uma musica... encontrar com ela, e tudo acontecer de repente, do nada será mesmo possível, como, como...
Então Fabiano começa a imaginar que ele poderia já estar tocando sua guitarra, brincando com sua filha, e  escrevendo uma musica contando sua história, ele sai à rua encontra um rapaz distribuindo CDs, e conversam alguns dias depois liga para o rapaz  imprimi a musica, encontra o rapaz e mostra pra ele a musica que fez, começa a mostrar como ele quer o som da bateria e então alguém esta gravando a imagem dele com a banda sua filha esta presente vendo o pai e ele começa a cantar a musica e em sua imaginação a musica é assim:
Quando Nada Acontece

Oh meu coração tantas dores eu já te fiz sentir
Agüenta coração mais uma vez vou te ferir
Mas eu prometo vou tentar só por uma vez
Eu sei que dói oh coração
Mais eu cansei de tanta ilusão
Agora agüenta coração
Porque desta vez vai se livrar de mim...

Hí Travô!

            Quando nada acontece
            Ficam os sonhos e a ilusão
            Do que ainda pode acontecer           
            Afinal eu não desisti
            De ter um amor de verdade
            E alguém no coração
            Que preencha o meu existir...

E voltando para casa
Confessei os meus pecados
E do fim que planejei pra mim
E que agora a decisão é de lutar para viver
E nova vida vou ter que fazer
Quando nada acontece
De repente vem a inspiração
E de tão iluminado eu sai para vender o abajur de coração
O tempo então ia passando e o meu canto eu fui criando mais o vazio ainda esta aqui
Inspirado em um livro, comecei acreditar que neste mundo eu tenho alguém pra amar


Quando nada acontece
A gente tem é que procurar...

E olhando na internet
Eis que me entra em cena
Encontrei minha Elise Mckenna
E como Richard Collier
Eu também fiquei intrigado
E comecei a ver o seu passado
E em seus depoimentos e vendo todos os fatos
O coração só me dizendo: Wanessa Mattos
E vivendo o mesmo tempo, apenas longe do espaço
Eu não conseguia entrar em contato
E como Richard Collier que viajou para o passado
Decidi estar ao seu lado
Viajando pelo alto em sua cidade me encontrei
Mas como saber aonde te encontrar
Assim como Collier que andava sem direção
Eu rodava sem informação
E passando varias vezes, rodando no mesmo lugar
E sem nenhuma pista sem te achar


            Quando nada acontece
            Ficam os sonhos e a ilusão
            Do que ainda pode acontecer           
            Afinal eu não desisti
            De ter um amor de verdade
            E alguém no coração
            Que preencha o meu existir...

E rodando sem rumo surge mais uma coincidência
Um personagem estrangeiro é quem me indica a residência
E lá vou eu em direção sem saber como agir
Mais eu sei, eu vou conseguir

E chegando lá tão perto só faltou reconhecer
Mais não foi nada eu pude compreender
Mas amanha a gente conversa pra você me entender
Tudo que fiz por sentir você

E sem querer e nem perceber revivemos a mesma cena
Eu falando e você sorrindo como a Elise Mckenna
            Mais como nada acontece
            E nem tudo pode acontecer

Você em outro pensamento
E eu só pensando em você

E se desfez minha ilusão pro meu lugar eu fui voltar
Mais o destino não planejou assim
E de forma inconseqüente eu tive mesmo que ficar
Mesmo sem ouvir algum sim
Então eu fui me aventurar em ficar mesmo por ali
E quem sabe o que iria vir
Mais de novo aconteceu mais um personagem apareceu
Era o Robinson que não me queria ali
E toda vez a me encontrar só queria me expulsar
Com se fosse dono de você e dali!

            Quando nada acontece
            Ficam os sonhos e a ilusão
            Do que ainda pode acontecer
            Afinal ainda estou aqui

Tantas coisas acontecendo e o sentimento aumentando
E mesmo assim fiquei sem entender
O que esta ao meu alcance e o tempo ia passando
E eu só queria estar perto de você

Mas as coisas que ocorreram se perdeu do meu encanto
E eu tendo que voltar pra aqui

Quando nada acontece
Ficam os sonhos e a ilusão
Do que ainda pode acontecer
Afinal ainda estou aqui
E agora vem a verdade
Que faltou a realidade
Quem sabe um dia a gente pode sair

Nós podemos ir ao teatro ou num museu de arte
Ou simplesmente andar no parque
Quem sabe até sair de barco ou até sair de carro
Mas de charrete é coisa do passado
Conversar lá no Coreto ou até ir ao estádio
E tudo isto depende de você
Quando nada acontece
Ficam os sonhos a e ilusão
Do que ainda pode acontecer
Afinal ainda estou aqui
Sonhos ou realidade
Do que importa a confusão
Eu tentei um dia ser feliz
Mas se nada acontece
Pode ser tudo uma ilusão
A realidade acontece
Quando alguém lhe dá a mão...

agora é esperar que se movam céus e terra...
E quem sabe em algum lugar
sonhos e realidade vão ter de se encontrar
e te fazer viver tudo de bom enfim
tudo que podemos fazer e mostrar pro mundo como é viver e lutar pra ser feliz...

Quando nada acontece
A gente tem é de lutar
A verdade fortalece
Quando tem nosso acreditar

Fabiano o imagina agora ele e a banda terminando de cantar a musica dentro de um programa de TV e a apresentadora, diz:
- você ainda pensa nela?
Fabiano responde: - Sim eu penso!
A apresentadora diz: - Qual seria sua reação se você encontra-se com ela hoje, agora, aqui mesmo neste palco (Enquanto ela fala Wanessa entra no palco e se aproxima por trás de Fabiano enquanto ele diz) – Ahh não sei, eu queria saber o que ela fez com o meu coração, se ela aceitaria... Eles se encontram e se abraçam a musica toca ao fundo e Wanessa esta usando o coração dele e ela pega o bilhete do buque que e começa a falar:
            - Eu to muito feliz por você, pelo sucesso e pela homenagem e principalmente por sua coragem de ter passado por tudo isso e não ter desistido de mim, eu quero dizer que eu quero sim passar estes 10 dias com você por que eu quero muito te conhecer e eu aceito e já até assinei este contrato... Os dois se abraçam e Fabiano diz:
            - Sabe o que você acabou de fazer?
            Wanessa responde: - Sei!
            Fabiano diz:- Não você não sabe você acabou de me dar o direito de Pedir a Deus pra não acabar com este mundo, por que o verdadeiro amor ainda existe e a gente precisa de um mundo pra realizar este amor, você é meu sonho, meu tudo, minha vida, meu mundo!
            Eles se beijam todos se emocionam e Fabiano começa a pensar - eu ti amo, eu ti amo
            Ele finalmente pega no sono!

            São Paulo, quarta-feira 26 de dezembro de 2012
           
           
            Mas o tempo passou sonhos não se realizaram, a realidade continua a mesma, a obra na loja acabou, ele não aprendeu a tocar a guitarra, sua filha viajou pra passar as férias com a mãe, trabalhou em outros lugares, mas o trabalho lá também acabou e o mundo continua a girar do mesmo jeito! Céus e terra ainda se movem na mesma direção e ele ainda se sente mal dirigido por si mesmo, desta vez não vai para montanha, vai ser ali mesmo, também não deixou a arma travada. Antes de se deitar decide deixar uma carta para sua filha:    
Mariane
O pai ama muito você eu fui muito feliz de ter você como filha.
Eu não suporto mais ser tão derrotado pela vida.
Você ainda pode vencer filha.
Seja firme.
A vida que tive quando nós éramos três foi à vida mais linda que um homem pode ter
Te amo muito
            Ele forra a cama com um plástico de capa de chuva, pega uma camisa e deixa ali perto para que o sangue não possa escorrer para longe, se deita e com a arma destravada segura com o polegar da mão esquerda o gatilho aponta para o coração e começa a pensar:
            Novamente meu coração bate forte. Por quê? Por que eu sinto tanta força de vida dentro de mim e fora de mim não tem nada! Eu sou um nada! Um infeliz qualquer! Por que eu tenho que passar por isso por que mesmo sem comer a três dias me sinto tão forte. Não tem ninguém no meu coração que me faça querer viver, eu até me proibi de pensar em você Wanessa, você é linda demais pra querer um inútil como eu, eu me proibi, eu quero morrer, por que eu vivo me proibindo de ser eu mesmo eu sou o que sou nada mais que isso eu sou o que sou, se eu deixar de me proibir o que pode acontecer, porque eu não tenho forças pra puxar o gatilho...
            Fabiano adormece e acorda com o braço dormente de ficar segurando o gatilho o dia já esta claro e ele pensa: - o tempo vai passar e eu vou morrer mesmo, um dia, é só esperar! Ele pega o telefone, liga e fala; - Oi Wanessa...
            Sem saber o que falar ele fica perdido em pensamentos e desejos, só queria mesmo é ouvir a voz dela... Depois de algumas horas uma cliente que ele conheceu há pouco tempo e se tornou sua amiga liga para ele:
            - Oi Fabi! Tudo bem!
            Ele responde: - Éhh to respirando ainda né!
            Ela diz ao telefone: - Vem aqui pra gente conversar um pouco!
Fabiano esta na casa de sua amiga Andressa ela mora a menos de 200 metros de sua casa e ela esta com outra amiga então a amiga pergunta:
            - Nossa você chegou tão rápido!
            Andressa responde: - É que ele mora aqui perto!
            A amiga diz: - É que você falou que ele é eletricista!
            Fabiano: - Na verdade o apartamento não é da gente ainda, é uma herança que minha mãe recebeu da patroa que faleceu!
             Andressa diz: - Você já sabe como vai passar o ano novo?
            Fabiano: - Ainda não!
            Andressa: - Eu vou receber um amigo meu que fez uma loucura do mesmo jeito que você fez de ir atrás da pernambucana lá
            Fabiano: - E eu inventei de ligar pra ela hoje!
            Andressa: - E o que ela falou pra você?
            Fabiano:- Ahh eu que nem sabia o que falar com ela, só que eu percebi que a minha tristeza é me proibir de pensar nela.
            Andressa: - O que você tá precisando é fazer novas amizades.  Vem aqui pra eu te apresentar ele.

            31 de dezembro de 2012
            20:45

            Fabiano esta novamente na casa de Andressa e o seu amigo Adilson esta falando com Fabiano:
            - Mas o que você faz?
            Fabiano: -Eu faço o que for preciso, pintura, elétrica...
            Andressa: - Ele gosta de escrever!
            Adilson: - Você escreve o que?
            Fabiano: - Ahh, musica, livro, filosofia, pensamentos!
            Adilson: - Mas você tem curso superior, qual sua área de atuação mesmo?
            Fabiano: - Sou formado pela vida e atuo neste universo mesmo!
            Andressa: - Fala pra ele da sua loucura de ir atrás da sua musa!
            Fabiano responde: - É o seguinte, eu tenho estas coisas dentro de mim, filmes, musica, livros, e eu vivi 16 anos com uma pessoa...
            Adilson: Mulher você quer dizer?
            Fabiano: - éh e vivia muito bem, então eu tava tranqüilo até que tomei um pé na bunda...
            Andressa: Foi se suicidar!!!
            Adilson: - Eh mesmo! E ai...
            Fabiano: - Ai eu decidi que já que não posso viver pra realidade e morrer eu não consegui por que a arma tinha uma trava e nem me dei conta...
            Adilson: - Ahh você chegou a atirar com uma arma?
            Fabiano: - Na verdade não é bem uma arma de fogo é uma arma de flecha...
            Adilson: - Cara se tá brincando com isso!
            Fabiano: - Não to não!
            Andressa: - isso ai tem história pra contar que se nem imagina, fala pra ele que você ficou três dias sem comer, adivinha por que Adilson?
            Adilson pergunta para Fabiano: - Por que você focou sem comer?
             Fabiano: - É por que se eu vou morrer eu não quero morrer com fezes dentro do corpo!
            Adilson olha pra Andressa e eles riem levemente, Adilson diz:
            - Bicho! Vamos subindo pra Paulista e vai me contando esses detalhes ai que eu to tendo uma idéia pra você...
            Eles sobem pela nove de Julho e Fabiano não para de contar sua história, Adilson carrega uma garrafa de Vinho e Fabiano esta com os copos descartáveis, eles chegam na Alameda Santos e Fabiano ainda fala:
            - O mais louco disso tudo é que eu me dei conta que eu estava tentando viver as mesmas coisas do filme: Em algum lugar do passado, eu até fiz uma musica contando um pouco do que eu passei...
            Adilson diz:
            - Cara eu vou pedir uma coisa pra você, me escreve tudo isso que você tá me falando, do suicídio lá na montanha, que você levou o bronzeador escreve esta história ai que você foi pra Pernambuco atrás de um sonho, escreve tudo isso ai que eu tenho um produtor e quem sabe a gente não faz um filme de tudo isto que te ocorreu.
            Fabiano: - Cara é sério mesmo!
            Eles Sobem a Augusta e ficam bem na esquina do outro lado do conjunto Nacional, assistem a queima de fogos e depois de se cumprimentarem eles observam as pessoas por ali e depois de beberem o vinho Fabiano começa a dizer:
            - E dia 27 agora eu tentei de novo, mas ai eu fiquei pensando, ohh Deus porque eu não sinto vontade de viver e tenho saúde enquanto tem gente que não tem saúde e faz de tudo pra viver (uma cadeirante passa em frente deles e Fabiano aponta) Adilson começa a Falar: - Tá vendo Fabiano isto tudo aqui meu amigo é Deus, Deus quer você aqui vivo com a gente, isto tudo cara pode ter certeza não é por acaso, eu to aqui falando com você Deus tem um propósito com você, você tá vivo, cara, tudo pode acontecer, se não aconteceu antes era porque a gente tinha que tá aqui agora falando isso, você Fabiano pode ter certeza, você tem muita vitória pela frente tem muito ainda, estas coisas que tá ai dentro de você cara é maravilhoso isso, Deus tá te dando a chance de por tudo isso pra fora, ohh eu tenho que encontrar uma pessoa agora, eu combinei com ela, Bicho, faz o que eu to pedindo pra você, põe tudo isso no papel, escreve, que eu vou ver o que eu posso fazer por você e ohh você tem uma vida linda, você tem sua filha e você tem muito amor ainda, você vai encontrar seu amor e Deus tá contigo na sua vitória cara, vai lá E eu to te esperando!
            Eles se despedem e Fabiano esta dois balões na mão e sai batendo ao ritmo da musica, em seus pensamentos Fabiano diz: - será que é isso mesmo! Será que é agora que tudo isso vai começar! Éhh meu amor você venceu, seja você quem for, o que for Deus, vida, Universo... eu ti amo!

Quando nada acontece
Ficam os sonhos e a ilusão
Do que ainda pode acontecer
Afinal ainda estou aqui
E agora vem a verdade
Vamos lá realidade
E faz de tudo pra acontecer...


A vida e seus mistérios!!
Tem uma palavra que eu gosto muito:

A duas formas de ver a vida:

Uma é achar que milagres não existem
A outra é acreditar que tudo que existe é um milagre!
Albert Einstein.

A cada dia espero viver mais um milagre!
Fim.

Comente com o Facebook: