quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Os desígnios da Igualdade

O que precisa existir naquele que existe, para que aquele que existe continue existindo?
O que precisa viver naquele que vive, para que aquele que vive continue vivendo?
O que precisa impulsionar aquele que pulsa, para que aquele que pulsa continue a pulsar?
O que precisa existir em mim ou em você?
...

            Em 2006 eu conheci o falecido Orkut, pra mim foi algo incrível, acreditei piamente que as pessoas se unindo, discutindo idéias, criando tópicos e debatendo todo e qualquer tipo de assunto era como se fosse à recriação da Eclésia em um mundo moderno... Eu como ser humano me sentia no dever de estar ali e tentar de alguma forma lançar idéias que pudessem colaborar com a humanidade e trazer aos poucos um mundo muito mais humano e fraterno para todos.
            Só que os meus sonhos foram em vão!
            O que acontecia ali era o real retrato da humanidade:

            Xingamentos, brigas, disputas e tentativas malucas de Universalizar idéias que no fundo só desumanizavam a humanidade!

            E eu pensando em encontrar alguém ou até mesmo várias pessoas ali que realmente pudessem dar ouvidos a idéias simples e a partir destas viessem construir fatos e direções novas para a ciência e para o mundo. Naquele tempo eu já tentava lançar mão do Princípio da Redundância, mas só via chacotas e tentativas de vexação, eu mesmo sentia que era ciência demais para mim e ao mesmo tempo me perguntava: Por quê?

            Por que justo eu, um homem que só tinha o ensino primário, que errava constantemente na escrita, que às vezes não sabia nem usar certas palavras sentia arder no peito essa chama que ainda não entendo por que arde tanto isso em mim!

            O que eu poderia fazer para mudar algo neste mundo, com uma ciência que não usa: força, poder, “energia”, nada disso é real, mas como eu iria dizer isso?

            Tentei diversas vezes falar com garotos, realmente muitíssimos inteligentes, mas eles só estavam ali como zombadores Rei! Era sempre uma tentativa de se engrandecer e até de humilhar pessoas com suas perguntas, muitas vezes se notava realmente a falta de bom senso e lógica na elaboração de frases e idéias, mas às vezes saiam coisas muito boas... Por diversas vezes me zuaram dizendo que eu estava em busca de ganhar um prêmio Nobel e pra falar a verdade na época nem sabia o que era isso.

            Já em 2009 eu tive a idéia de fazer O Reflexão e já comecei com as pessoa dizendo que até o nome do meu blog estava errado, só que eu dizia que a intenção era de que um homem só está pensando para a humanidade, sobre a humanidade e com certeza buscando ser um ser Humano, por isso seria uma pergunta: Há Humanidade? E se há e como eu posso encontrar e saber se é verdadeira e sendo eu humano só haveria um jeito de encontrar: Em mim mesmo. Como não posso perguntar pra mim sem exclamar por mim mesmo virou Há Humanidade!

            O Orkut faleceu como era de se esperar, mas salvei dali alguns bons trabalhos, meu primeiro artigo: A Vil Violência! Foi o primeiro de todos e ainda muito atual.

            O Reflexão ganhou vida própria, virou quase que um TCC de elaborações lógicas criadas a partir de muitas e muitas pesquisas cientificas, embora não seja eu o pesquisador direto, empiricamente me tornei o pesquisador de pesquisas e eu mesmo não me sinto no direito de romper toda a beleza que se encontra aqui com artigos mais simples e sem buscar tanta imparcialidade, acredito que a minha humanidade própria ganhou o direito de ter uma cara menos imparcial e mais contundente com essa chama que ainda arde aqui.

            Por isso criei o meu segundo blog: Os Desígnios da Igualdade é um blog onde deixo correr mais solto os assuntos, não me findo em horas e dias de pesquisas somente pra escrever um texto, também divulgo trabalhos de outros autores e artigos soltos nas redes e assim quero convidar vocês a fazerem uma visita lá, já está com 42 artigos... Bem, é que mesmo sem postar nada aqui eu vinha postando no Facebook e decidi salvar este trabalho do Face em um Grupo: Reflexão a humanidade. Era só pra deixar alguns pensamentos lá, registrados em uma memória digital, sem saber o que fazer com isso Os Desígnios surgiu como um outro resíduo digital dessa rede social.
            Quanto a série O Universo Passo a Passo eu já tenho algumas boas idéias a serem lançadas, mas ainda quero me dedicar um pouco mais para poder trazer a vocês um fechamento total de todas as forças, acredito que consegui, desta vez explico de vez a gravidade, rsrs, só que não estou com tempo disponível para investir em mais essa empreitada, talvez no fim ou no começo do ano possa sair, mas a descoberta já está feita!

Quanto à pergunta lá no começo:


E principalmente, aquilo que precisa existir para que se continue existindo é algo que existe e pode ser encontrado no mundo, na vida e para toda eternidade já está ai, em você!
Em mim!

É o eterno ir e vir de tudo que existe,
Existe porque em tudo estamos
E nada pode negar que onde estamos
Estamos, e basta um segundo para que tudo que é eterno seja terno enquanto tudo!

Como já dizia o Coelho:
- Às vezes um segundo!

A maior de todas as verdades está contida em uma simples frase:

O Todo Cai Sobre 1.

Próximo artigo.